{b

sexta-feira, 25 de maio de 2007

Noite

O silêncio no ar é minha prece
E minh’alma se entristece
chorando sem qualquer pudor
sofrendo baixo para esconder
este amor que deixo escorrer
em meu rosto brotando da dor

Este amor guardado em segredo
desejado feito um brinquedo
o qual jamais possuí
um abismo transparente
que com meu coração carente
me soltei e amando...caí

Tenho meus olhos tristonhos
Em meu peito pulsam os sonhos
que nunca tiveram fim
amando vou colhendo no chão
as sementes de minha ilusão
que parece esquecer-se de mim

Voei longe, distante e senti
que nunca saí daqui
e por mais que tente encontrar
estradas que me façam querer
um lugar pra tentar te esquecer
e a tua lembrança apagar

E ainda arde uma chama
tão forte, tão quente que inflama
meu peito rasgado em paixão
E a noite não pode calar
meus tristes olhos a chorar
os sonhos jogados ao chão...

108 Comments:

Luis Carlos said...

Voei longe, distante e senti
que nunca saí daqui
e por mais que tente encontrar
estradas que me façam querer
um lugar pra tentar te esquecer
e a tua lembrança apagar

Tb voei longe e tive as asas quebradas por um sonho vão....

jinhos

Miosotis said...

Minha querida "menina do rio",
não sabia que conhecias as lendas acerca da flor de miosotis!Pois é, de facto o outro nome dos miosótis é realmente "Não te esqueças de mim"
Fiquei agradavelmente surpresa com o lindo conto que me deixaste no meu cantinho, pois pouca gente conhece a flor, e muito menos as histórias que estão por trás dela.
É deliciosa!!!
E vc também!!!
Com os mimos que vc me dá e com estes belíssimos postes com que vc nos presenteia.
Um beijo gostoso em vc e te desejo um excelente fim de semana.

papagueno said...

Que lindo poema, uma linda noite para começar bem a manhã. Beijinho

zeze said...

Olá
Que Lindo poema que nos dás hoje, Paixão, Ternura,Carinho e Amor...

Lindo

Beijoka

Jose said...

Está um poema divinal, muito melancolico mas também com muita sensibilidade.

Parabéns menina..

Um beijo terno



Jose

Marco said...

"E a noite não pode calar
meus tristes olhos a chorar
os sonhos jogados ao chão..."

Versos tristes, porém de intensa beleza... Bela escolha!!!

Bom fim de semana...
Beijos

O Sibarita said...

Oi Menina! É... só coração, é só paixão! Suas palavras brotam do fundo do coração...

bjs
O Sibarita

Miosotis said...

--- __O
--_ \|-_
-(_)/ (_) 15Km...

------- __O
------_ \|-_
-----(_)/ (_) 30Km...

---------- __O
---------_ \|-_
--------(_)/ (_) 40Km...
Melhor eu pegar uma boleia né!?!
-------------------------------- ....()""()
-------------------------------- .("( 'o' )
-------------------------------- ,-(____)|'--.
-------------------------------- "=(o)==(o)=' 150Km...
Eiiiiita!!!
Demorei mas consegui!!!
Vim correndo p/ desejar um fim de semana maravilhoso......' <>..<>
.......' (=';'=)
.... (te adoro)
....... (")...(") ... MUITOS BEIJOS ..

A.S. said...

Sob as tuas pálpebras sonolentas
ainda existem sonhos lindos,
Prazeres inconfessáveis nunca ditos,
um mar de desejos infinitos...

É assim que te vejo!
Um rio aceso de claridade
em torrentes de desejo!...


Um terno beijOOO...

margusta said...

Menina do Rio,
...Um belíssimo poema, onde se sente a dor que esse amor lhe deixou, em cada palavra que brota do mais profundo do seu ser...

Um beijo amigo!

Alice said...

Oi, Menina!
Mais uma vez... o amor e a dor... mão na mão... como se de verdadeira paixão se tratasse...

Acho que sim... eles se amam (amor e dor)e contra tal facto... não temos qualquer argumento!

Estava brincando...
Amei o teu poema... A noite e o silêncio são verdadeiras testemunhas de lágrimas incontáveis de quem sofre por amor...

Mesmo assim... vale a pena amar...

Beijo grande e bom fim de semana...

suruka said...

Menina do rio

sinto muita tristeza aí no teu poema.
Nao quero ver seus olhos tristonhos.
Mas é linda a forma como escreves.

Um beijo meu
bom f. de semana

MARTA said...

O amor chega e parte...deixa lágrimas e sonhos no chão...
Mas é bom viver esse amor...sempre...
Obrigada pela visita e por estares presente na minha festa..
Beijos e abraços
Marta

MARIA VALADAS said...

Amor e dor de braço dado!
Será que não existe amor sem dor?

Tive uma linda história de amor...que acabou em dor...

Como compreendo todos os seus poemas minha querida!!

Bom Domingo

Beijinhos da

Maria

Freyja said...

querida amiga
siempre tus versos son muy bellos
la noche a veces es trsiteza y otras es alegria, es como la vida
solo que el silencio de la noche siempre logra melodias que llegan al alma
que estes muy bien, que sea un lindo dia mañana
besitos y cuidate



besos y sueños

Chama Violeta said...

O que seria da vida sem o amor?

Bom final de semana,beijinhos de luz para ti!

Gosto de te ler!

Escorpiana Explosiva said...

passei só pra deixa um oi.

Drews said...

Acredite!
Você precisa ter sonhos,
para que possa se levantar, todas as vezes que cair.

Acreditar que a toda hora,
acontecerá coisas boas e mudar o rumo da sua vida.

Você precisa ter sonhos grandes e pequenos,
os pequenos, são as felicidades mais rápidas, os grandes, lhe darão força
para suportar o fracasso dos sonhos pequenos.

Você tem que regar os teus sonhos todos os dias, assim como se rega uma planta para que cresça...

Você precisa dizer sempre a você mesmo:
-Vou conseguir! -vou superar! -vou chegar no meu sonho!

Fazendo isso, você estará cultivando sua luz, a luz de sempre ter esperanças,
que nunca poderá se apagar,
pois ela é a imagem que você pode passar
para as outras pessoas,
e através dessa luz que todos vão lhe admirar, acreditar em você e te seguir.

Mire na Lua, pois se você não puder atingi-la,
com certeza irá conhecer grandes estrelas...
ou quem sabe, poder ser uma delas!

asantos365 said...

Não vieste

Não viestes
Espontaneamente
Eu chamei por ti
Viestes meiga... sorrindo delicada
Ainda permaneces aqui
Ficastes nos meus braços
Na tua alma agasalhei-me...
Acolhestes a minha carência
No teu mundo entrei...
Nos sonhos na poesia
No enternecer das melodias
Como filho da lua
É o mundo em que sempre orbitei
E como entrei no teu
Para o meu te chamei...
Nas confidências trocadas
Entre queixas e risadas
Descobrimos tantas coisas em comum
Que fazem de nós almas gémeas
Andando por estradas separadas…

Um doce beijo

collybry said...

Se a noite vem e o som agride…
Refugia-te no silêncio.
Mas…
Se a noite vem e o som adoça…
Grita no prazer do sentir.


Meu doce beijo

Moura ao Luar said...

Mas porquê em segredo? Se é amor porque não revelá-lo, limpar as lágrimas e ir à luta?

PEDRO said...

Oláaaaa!
Vc escreve coisas tão lindas!
Beijinhos menina no seu coração!!!

PEDRO said...

Com o calor do rio :-)

thesarcasticway said...

Passei para deixar um olá!

efeneto said...

Olá amiga. Venho poe este meio agradecer a sua visita ao "Diário do Nétinho..., convidua a visitar o meu blog pessoal...http://efeneto.blogs.sapo.pt/
e um blog onde escrevo com vários amigos...http://efeneto.blogspot.com/. Fica a minha promesa de uma visita mais demorada e com a atenção que voçê merece...beijo amigo...efeneto

perola&granito said...

Passei só para deixar uma beijoca :)

Freyja said...

querida amiga
gracias por tu compañia, te dejo muchos cariños y que sea una semana linda
besitos y cuidate



besos y sueños

**MARCILENE** said...

Oi linda vim te pedi um favor um voto no Condominio Flor de Luz tem um link no meu blog desde já agradeço e te ofereço presente Esmeralda beijossssss!!!!!!!!!

Jac C. said...

Olá,
Te vi no blog do Marco (a fonte...) e vim te conhecer.
Mas vc é profissional, hein!
Seu blog é lindo!
Percebo que visitamos alguns blogs em comum.
Uma boa semana pra vc!

hilda said...

O amor é rosa e como rosa, tem espinhos...

Não podemos esquecer disso e teu poema nos relembra o fato.

Beijocas e boa semana.

Navi Leinad said...

Menina do Rio, que pelo menos nesta noite teus sonhos não sejam jogados no chão.
Uma ótima semana!

_+*A. Elite in Paris*+_ said...

Nao deixe ninguém acabar com os seus sonhos, que desabe o seu céu.

Beijo meu...

A Elite

PS: elton john?? :)))))))))

Phiwuipa said...

Desde já agradeço a visita e as palavras pelo meu blog :), Obrigada!

Quanto ao post... Belo poema :)!

*Beijinhos*

António Melenas said...

Lindo e pungente este teu poema
"Será que não existe amor sem dor?"
Pergunta a Maria Valadas. E eu atrevo-me a responder: raramente. E quando acontece, não é AQUELE amor. È assim. è o preço que tem de se pagar. mas quase sempre compensa.
Um grande beijo para ti, Menina do Rio

António Melenas said...

Lindo e pungente este teu poema
"Será que não existe amor sem dor?"
Pergunta a Maria Valadas. E eu atrevo-me a responder: raramente. E quando acontece, não é AQUELE amor. È assim. è o preço que tem de se pagar. mas quase sempre compensa.
Um grande beijo para ti, Menina do Rio

DE-PROPOSITO said...

'Os sonhos jogados ao chão'
..............
Acontece, os sonhos caírem. E caem porque foram ilusão, ilusão própria de uma determinada época da vida, em que se acredita em tudo, até nos sonhos.
Fica bem.
Felicidades.
Um beijinho para ti.
Manuel

Isabel said...

Passei para agradecer a visita e deixar um grande beijinho.
Muita paz.

Bjt

Thunder said...

Estes amores que doem, são os que nos marcam mais. Mas sem eles, acho que não se conseguiria escrever poemas de amor tão belos quanto este.
Beijos.

antónio paiva said...

...............

belo sem dúvida!


grato pelo teu apoio!

.....................

Beijinhos e boa semana

Menina do Rio said...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anonima said...

Eu percebir que é vc quem escreve como asantos365, pq se fosse o Antonio aparecia o blog dele como aparecem os outros que escrevem aqui.

Anônimo said...

Idiota!!!!!!!!!!!!!!

SAM said...

Boa noite, querida

" Este amor guardado em segredo
desejado feito um brinquedo..."


Lindo, lindo!


Um grande beijo!


Obrigada pelo carinho!

Miosotis said...

Você escreve com alma, como se estivesse vivendo esse amor.
Como uma música esse seu tom.
Delicada como uma flor!
Nada é mais prazeiroso do vir aqui para ler você.
Beijos

Mário Margaride said...

Olá,

Lindo poema minha amiga!

Gostei muito deste último verso onde dizes:

"E ainda arde uma chama
tão forte, tão quente que inflama
meu peito rasgado em paixão
E a noite não pode calar
meus tristes olhos a chorar
os sonhos jogados ao chão..."

Quando a chama do amor, arde dentro de nós. Nada a poderá apagar. Arderá eternamente...

Beijinhos

Nilza said...

Vc onservou bem..eu cvomecei querendo que fose livro e terminei fazendo as múaicas e não mudei o título..obrigada pela chamada.
Gosto sempre do que vc escreve sabia?

Beijos

Helena Nunes said...

Confesso que faço primeiro o luto para depois começar uma nova caminhada.
Desculpa a ausência
Bjos e força

Luís Galego said...

já leu Florbela Espanca????? o seu poema é muito florbeliano, muito doloroso, muito bonito....

Brisa do Mar said...

Obrigado Menina, os teus comentários são sempre bem vindos na minha "casa". O corpo e a alma precisam de sonhar, nunca desistas dos teus sonhos e enfrenta os desafios. Bj e Fica Bem!

Maria Clarinda said...

Que poema maravilhoso, Amiga!
Jinhos mil

sofialisboa said...

Olá menina do rio a vida é mesmo assim, uns dias estamos apaixonadas outras estamos de luto, mas é bom viver mesmo e sobretudo ter boas memorias. deixa o tempo passar, vais ver que ficas bem bjs sofialisboa

ALF O Extasiado said...

É, misterio da noite que nos suga pra um universo totalmente novo.

A noite é encantadora...

beijos

Noite said...

A Noite pode ser, triste, escura, fria, mas guardará com ela todos os nossos sonhos...

Miosotis said...

Bi...BiBi...Bi...BiBi...Bi...BiBi...Bi...BIIIIIIIIIIIIIIIII....
CHEGUEI "EU" COM MINHAS ARTES...
RS..RS..RS..RS..RS..
bibibibi.......
SAI DA FREEEEEEEEEENTEEEEEEEEE, SAI DA FRENTE!!!
QUE HOJE ESTOU COM PRESSA, E AINDA TENHO QUE PASSAR, POR MUITOS BLOG'S...
Bi! Bi! Bi!Biiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!
Não quero atropelar ninguém,SAI SAI SAI DA FRENTEEEEEEEE!!!

--- ______
---/__] . \____
--/…._.|….|…._.o
-=’(@)------(@)-´
*****************************************

ESTOU PASSANDO BEM RAPIDINHO COM MEU POSSANTE CARRINHO, SÓ P/ DEIXAR UM OLÁ...
FICA COM DEUS
Beijos doces ao anoitecer
°¤(¯`° ♥ MIOSOTIS ♥ °´¯)¤°

Farinho said...

Este poema é muito bonito, um pouco triste, mas muito bonito.


Beijocas

DELÍRIOS said...

Repensar a vida consiste em rever valores.
Receber o inevitável serenamente,
Depositar ao leito do regato antigos pudores,
Aceitar o que a vida nos reserva inteiramente.
É existir sem temor de ser feliz.
É padecer e abrigar a angústia da alma
Tendo ciência que somos meros aprendizes.
Intentar não perecer, mantendo a calma.
Rebuscando meu baú encontrei registros
Induziram-me a repensar quantos atos impensados.
De que adiantou tanta vigilância? Tudo era sinistro.
Não tive muitas opções, aceitei meus fardos.
O temor... a dor foi inevitável.
Girei entre a loucura e a sanidade,
Gritei por paz, por amor inesgotável.
Repensando a vida... grito por serenidade
BEIJOS...Repensar a vida consiste em rever valores.
Receber o inevitável serenamente,
Depositar ao leito do regato antigos pudores,
Aceitar o que a vida nos reserva inteiramente.
É existir sem temor de ser feliz.
É padecer e abrigar a angústia da alma
Tendo ciência que somos meros aprendizes.
Intentar não perecer, mantendo a calma.
Rebuscando meu baú encontrei registros
Induziram-me a repensar quantos atos impensados.
De que adiantou tanta vigilância? Tudo era sinistro.
Não tive muitas opções, aceitei meus fardos.
O temor... a dor foi inevitável.
Girei entre a loucura e a sanidade,
Gritei por paz, por amor inesgotável.
Repensando a vida... grito por serenidade
BEIJOS...

Escorpiana Explosiva said...

depentento dos sonhos sempre tem alguém q consegui estragar,mas se tem força de vontade de lutar a pessoa jamais deixa esse sonho morrer.embora o meu não tem mais volta.

Skin on Skin said...

Belo poema dedicado aos sonhos jogados ao chão...triste, como algumas noites, mas belo nos sentimentos.

Beijokas on skin

O Sibarita said...

Bom sua Menina, você não entendeu nada do baianês não é mesmo?

Ô meu deu!(OH MEU DEUS!) Ontem, eu saí cedinho de casa prá um falapau(DANÇAR AGARRADINHO, COXAS ENTRE AS COXAS DA MULHER, E ELA SENTE... KKK)na casa de meu primo carnal, que morava no bairro da Muriçoca, lá no fim de linha do Pau Miúdo. Tava o maior auê(CONFUSÃO) no ponto de ônibus. Gente como a porra,(MUITA GENTE) uma renca(MUITOS) de menino oferecendo geladinho,(SUCO QUE É GELO PURO) um esmolé,(PEDINTE) cheio do pau,(BÊBADO) abusando todo mundo, um vendedor de rolete de cana gritando feito a porra e os garotos vendendo menorzinho(CAFEZINHO) no quente-frio colorido.

De junto de mim, um cabo verde(HOMEM DA COR DE ÍNDIO) todo infatiotado(TODO COLORIDO) passava a patapata na cabeça,(PENTE LARGO ACHATADO HEIO DE PONTAS) enquanto defronte a filha da baiana do acarajé, uma menina cheia de pano branco,(MANCHA BRANCA NO CORPO) mastigava um pão cacetinho.(PÃO FRANCÊS) Eu já tava ficando retado,(ZANGADO) porque já fazia uma hora de relógio que a zorra do buzu(MERDA DO ÔNIBUS) não passava. Aí a arabaca(ÔNIBUS MUITO VELHO) chegou, cheia como quê.(MUITO CHEIO) Tive que entrar a pulso,( NA RAÇA, NA BRABA) mas pra tomar uma,(BEBER CACHAÇA) eu faço qualquer coisa, e na paleta(A PÉ) é que eu não ia. Apurrinhado,(ZANGADO) fui me espremendo lá pra frente e consegui passar pela borboleta.(CATRACA DO ÔNIBUS) Num daqueles freios de arrumação,(FREIO VIOLENTO) fiquei de pau grande,(FICAR ALTERADO, TESÃO) fazendo terra(ENCOSTADO, COLADO NA MULHER) numa graxeira bem muderninha,(NUMA EMPREGADA DOMÉSTICA) toda empiriquitada,( mais enfeitada que jegue na Lavagem do Bonfim.(TODA CHEIA DE PINTURA NO ROSTO) Ela tinha uma inhaca,(ODOR NAS AXILAS) que misturada com o espanta nigrinha(PERFUME VAGABUNDO) que usava, me causava um certo entojo.(ENJÔO) Mas eu, que faço terra desde o tempo de dom corno,(TEMPO ANTIGO) não ia vacilar.(DAR BOBEIRA)

"É hoje que eu vou lavar a jega," ("É HOJE QUE VOU ME DAR BEM")pensei. E fiquei ali, mal sabendo o esparro(ARMADILHA) em que eu ia cair. É que daí a pouco o motorista deu outro freio de arrumação e eu me desapartei(SE DESCOLOU DO ENCOSTO) da tribufuzinha(MULHER CHEIA DE ONDA) e me encaixei(COLOU) num negão tipo segurança do Olodum.(NEGÃO ALTO E FORTE, MAROMBADO) Tá rebocado,(FORA SACANAGEM) eu pensei que ia bater a caçuleta.(IA MORRER) O negão virou e fez: "Qualé meu irmão?Tá procurando frete comigo,(PROCURANDO FLÊRTE) é? Eu lhe dei ozadia(OUZADIA) por acaso?" Resultado: levei um cachação(TAPA MUITO FORTE NO ROSTO) que doeu como corno,(DOEU MUITO) e fui parar lá na casa da porra.(FUI PARAR LONGE) Foi o maior mangue(ZONA, CONFUSÃO) dentro do buzu.(ÔNIBUS) Enquanto eu me lenhava,(APANHAVA) ouvia o povo dizer: "Pique a porra(RUME A MÃO) nesse chibungo,(CARA SACANANA, APROVEITADOR QUE GOSTA DE FAZER TERRA EM MULHER) ôôôôxe, tem mais é que estabocar(ESMURRAR) com este sacana mesmo."

No meio daquela zuada toda, resolvi tirar o corpo( IR EMBORA) e na primeira sinaleira(SEMÁFORO) que o buzu parou, eu me piquei.(SE MANDOU) Jurei que mais nunca entro em carro com enxame de gente.(CHEIO DE GENTE) Quanto às fubuias,(BEBIDAS) tive que infonar,(NÃO IR MAIS) mas de hoje a oito(DE HOJE A UMA SEMANA) possa ser que eu passe lá. Só que, na próxima vez, vou pedir a um taquiceiro(TAXICISTA) pra me levar, que eu não sou menino nem oreba,(MENINO OTÁRIO, BESTA0 pra ximbar(APANHAR) de novo.

O Sibarita

DEIA said...

OI AMIGA,
TUDO BEM QUERIDA? POXA ME DESCULPE POR NÃO PASSAR AQUI... E QUE A CORRERIA DO DIA A DIA ME DEIXA UM POUCO SEM TEMPO... MAIS ME DIZ E SUA MENINA JA FOI PARA PORTUGAL?
ESTA TUDO BEM COM ELA? ESPERO QUE SIM VIU...
MINHA QUERIDA ESPERO QUE TUDO ESTEJA BEM COM VC E COM SUA FILHINHA... QUE O SENHOR ABENçÕE VC'S SEMPRE....
QUE VC TENHA UMA MARAVILHOSA SEMANA....
BEIJINHUS
DÉIA

MentesSueltas said...

A pesar del frío bajo cero de mi Buenos Aires, dejo un cálido abrazo.
MentesSueltas

Beijos.

Pedra da Lua said...

Olá menina!
Que poema mais triste... toca a animar um pouco, troquemos todas as lagrimas do mindo por sorrisos bonitos :)

Gorete said...

Olá menina!!
Andando pela net cheguei ate aqui, e fiquei lendo seus posts, gostei muito...
Querida gostaria muito de receber sua visita em meu cantinho, é que estou concorrendo no site da minha amiga Flor de luz a lugarzinho no seu condominio...acho que vc vai gostar da brincadeira..se gostar peço o seu voto o link do condomínio está no meu post...
bjuss e linda quarta-feira

maresia_mar said...

Olá,
a noite e os seus mistérios.. Deixo-te um beijo e milhões de sorrisos

Som Do Silêncio said...

Poema simplesmente maravilhoso.
É tão bom lêr tão belas palavras.
Um beijo em silencio

Reflexos da Alma said...

Perante este Poema , perante este choro que me emocionou ... só te posso desejar do fundo do meu coração, que voltes a ser Feliz !!!

Um Beijo

Helena Nunes said...

Passei para deixar um beijo e desejar força.
Bjos

DELÍRIOS said...

Amigos do recanto
amigos no recanto encontrei.
e com eles no fórum conversei.
pois com as suas amizades.
eles me trouxeram muitas felicidades.

com os seus belos textos
no recanto publicados
eu aprendi muito.
pois para mim ler
essas divinas obras
é um encanto.

eles são os meus amigos
de todo coração.
e por eles eu tenho
bastante admiração.

queria com eles se encontrar.
mas é até dificil .
mas nada é impossivel.
só me resta então sonhar.
e quem sabe este desejo
um dia realizar...
BJOS

Alvaro Gonçalves said...

Oi meu anjo,


Hoje me desculpa, mas estou mesmo de passagem pois com tudo aquilo que sabes e com algo mais que me surgiu, desta vez em mim, não consigo quase fazer nada, no entanto não podia deixar de aqui passar para te desejar um lindo fim de semana e uma semana cheia de luz.
Bjokas mil e xi - corações.

Antonio Vasconcelos said...

Eu sou o vento silencioso e terno
que te afaga os cabelos
pra beijar-te na alma
Doce alma serena
escorre pela face
da mulher amada
guardada em segredo
no meu coração
voei de muito longe
trouxe nas asas um sonho
recolhido
de pedaços pelo chão
E em cada pedaço de sonho
te dou meu coração

Menina musa
Conhecer-te foi tudo de bom
Bem vinda a minha vida
Bem vinda a mim!!!

Um beijo caloroso

Brain said...

Menina do Rio,

Com pouco tempo para comentar,
apenas para te deixar uma palavra de apreço pela tua visita e palavras deixadas no meu espaço.

Voltarei,

Beijo.

Angela said...

Um poema tiste, intenso, mas muito bem escrito o que torna a sua leitura um deleite!

Um beijinho grande.

Isabel said...

Para quando o regresso, amiga?!
Começo a ficar preocupada...

Bjt

sonia alves said...

oi linda do meu coracao

Voce encontrara amizade verdadeira.se for capaz de oferece-la a alguem...e construi-la juntos.
tem novo post la no meu cantinho venha ver ta ? uma optima quinta feira ,bjs

Entre linhas said...

Acredita em ti e conseguirás tudo o que é possível na vida...
Bom fim de semana
Bjs Zita

Pepe Luigi said...

É realmente um poema cheio de ternura, encanto, paixão e amor, escrito por mão não menos ternurenta, encantadora, apaixonada e amorosa!
Sublime. Gostei imenso.

Bjs do Pepe.

Antonio Vasconcelos said...

Hoje cá pude retornar com tempo e ler-te. És de uma sensibilidade tocante, cheia de alma e sentimentos e tens duas filhotas lindas!
Encantas-me!!

Um beijo terno e eterno!

Sukka said...

Nem a noite pode calar os meus olhas...

beijinho doce

Miosotis said...

Passei para deixar um beijo e o desejo de Boa Noite!
Até amanhã

MentesSueltas said...

Dejo un cálido abrazo desde Buenos Aires.

MentesSueltas.

delusions said...

"sofrendo baixo para esconder
este amor que deixo escorrer
em meu rosto brotando da dor

Este amor guardado em segredo
desejado feito um brinquedo
o qual jamais possuí
um abismo transparente
que com meu coração carente
me soltei e amando...caí"

...

gostava que fosse doutra maneira...para todos...mas enquanto o mundo foi mundo e o amor for amor haverá sempre amores desencontrados...

gostei muito do poema...

bjinhos*bom fim-de-semana

Vida said...

Não existe amor sem dor, mas os sonhos desperdiçar não, nunca deixes de sonhar... lindo o teu poema.

Bom fim de semana.

Maria Clarinda said...

Tenho tantas saudades dos teus posts...
Mais uma vez poema lindo demais.
Jihs mil

José Alberto Mostardinha said...

Olá:

Vim desejar-lhe um óptimo fim de semana.
Você merece :-)

Beijos,

O meu diário said...

Olá minha querida amiga Verónica, amei o teu lindo poema, eu já te disse que a tua forma de escrever, contagia me bastante, pois tu tens o dom da escrita

mil jinhos e um bom fim de semana

Nilson Barcelli said...

Que belo poema.
Vem de dentro, é sentido e traduzido em palavras muito bem escolhidas.
Gostei.
Bom fim de semana, beijinhos.

António Vasconcelos said...

Tentei aceder-te ainda há pouco, pois sei que mesmo in off estás por ai, mas presumo que não hoje. Pena...Sei como te sentes e quisera estar bem junto a ti, pelo simples prazer da tua doce companhia. Pela manhã abres teu correio tão logo acorde e depois conta-me...

Meu doce e terno beijo de boa noite

Deusa do Amor said...

Querida Menina do Rio , lindo poema , aliás , são todos lindos ....Estou passando para te desejar um fds abençõado e com muito Amor....
Bjão em seu coração.

JMD said...

Obrigado pela visita. A poesia é para partilhar à mesa.
Bj
JMD

zeze said...

Oi Menina

Então só Copacabana e depois post novo não há tempo, né...

Beijoka

Adriano Bichano said...

Hoje tive um sonho que se tornou realidade. Três sexy gatas estiveram comigo no meu leito de amor. Qual delas foi a última a ir embora?

Responde-me no SEXO GRÁTIS

collybry said...

Vim deixar meu doce beijo, num terno olhar...

Cõllybry

mixtu said...

a noite... é amiga
adoro a noite...

abrazo

Thunder said...

Bom fim de semana.
Bjocas.

Thunder said...

Bom fim de semana.
Bjocas.

Lu@r said...

Bela imagem

:)

Betty Branco Martins said...

Querida M. Menina do Rio

_____às vezes os sonhos caem-rolam pelo chão_______mas na força do teu coração pulsar sempre um sonho_______com vontade de vencer:))

Beijinhos com muito carinho
BDomingo

Pedro António Vasconcelos said...

Boas noites princesa! Durma bem!
Um beijo terno!

Entre linhas said...

Passei por cá para te deixar um beijinho e desejar-te bom fim de semana
Bjs Zita

un dress said...

noite:

esconde-me...




*

Saramar said...

Quanta dor misturada na beleza desses versos de amor.
Quisera que existisse um lugar onde o amor não andasse com a dor, inseparáveis companheiros.
Lindo, lindo, apesar da tristeza.

beijos, bom domingo.

Alice said...

Olá, Menina...
Estou desejosa de mais um poema teu... que tal????

Jinhos...

suruka said...

O silencio das noites.
Mágicos momementos.

Bjs

Meninuh Kikuh said...

Passei para desejar bom feriado beijao

Meninuh Kikuh said...

OLa!! Claro que deixo pores ;)!

A escola esta muito boa só me falta levantar uma negativa!!

beijinho

Pepe Luigi said...

Belíssimo encadeamento de palavras que este precioso poema nos incute, demonstrando a sua dorida dor que um tal amor se lhe abandonou.

Um beijinho
do Pepe.

mixtu said...

um aperto de mão...

Osc@r Luiz said...

Nossa!
Quanta coisa bonita você conseguiu concentrar aqui.
Não é à toa que seus comentários chegam aos três dígitos!
Parabéns!
Beijo!