{b

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Sinais...


O que há entre nós

explode aos olhos do mundo
Há tanta luz em nosso sentir
que mesmo separados
expande-se
atravessa as paredes
e cegam olhos
Olhos que se turvam,
corações que se enegrecem
destilando seus ódios
e seus venenos
numa louca tentativa
de nos apagar.
O que há entre nós
dobra-se à força dos vendavais
mas ergue-se nas alturas
Sobrevive a cataclismas
e carnavais
E ainda que a morte nos açoite
no imenso breu da noite
do que há entre nós;
restarão os sinais...

81 Comments:

FERNANDA & POEMAS said...

Olá minha querida Verónica, lindo poema... Belíssimo... Adorei!!!
Beijinhos do coração,
Fernandinha

LOURO said...

Menina do Rio,que lindos os teus blogs, e este teu poema, lindo adorei!!!
Elumine sempre com a sua luz ,corações necessitados das sementes de PAZ e AMOR.
Obrigado pela sua visita ao meu cantinho
e seu comerntário.
Um beijinho de carinho do lado de cá do Atlântico

Lourenço

Noslen ed azuos said...

olá, passando em blogs amigos cheguei aqui, suas palavras são sentimentais e sinceras, bjs.

NS

Mário Margaride said...

Querida amiga,

Quando amamos alguém, transparece através do nosso olhar.


Belo poema!

Beijinho doce

Mário

Dias said...

Miuda tu estás numa fase particularmente feliz nesta tua arte.
Gosto bastante, parabéns.

Invejo-os, não os quero apagar. Como invejo a riqueza do teu escrever e nunca me passaria pela cabeça apagar-te :)

Beijos grandes, cheios de salmoura

Jorge P.G said...

Parabéns, menina, um poema forte e talhado a direito.

Um abraço para ti, Verónica.

Jorge P.G.

benechaves said...

Oi, amiga: bonitos versos realçando 'o que há entre nós'. Grato pela simpática visita.

Um beijo entre nós...

Agulheta said...

Verónica
Lindo o poema,forte de grande magia...adorei.
beijinho Lisa

amordemadrugada said...

Olá Veronica!
Tenho andado afastada, mas não esquecida!
Bgda por teres mandado o mail pra mim, ainda não pude ver,mas vou fazer por isso...
Bgda pelo trabalhão linda!
Vamos ver se sou capaz, desta vez! ;)
Recebe um beijo na tua alma
bjito

Sol da meia noite said...

Minha querida, o poder e a força destas palavras, tudo derrubam...
Palavras que falam dum amor que resiste a tudo e a todos.
Amor que sabe vencer!

Um beijinho *

Beatriz said...

O verdadeiro amor quando se assenta entre dois seres possui realmente esta força incontrolável, este poder incomensurável, que faz com todas as barreiras sejam vencidas. Um belo poema, uma linda imagem!

Esta música de fundo é belíssima e nos toca o coração de uma forma tão doce!

Ficam sorrisos e estrelas enfeitando a tua noite, amiga, e beijos e flores para te acompanhar nas horas dos teus dias.

elvira carvalho said...

Não é novidade que sou uma apaixonada pela sua poesia. É mais um belo poema.
Um abraço e bom fim de semana

Pena said...

Linda Amiga:
Um poema muito sensível à pureza e beleza do seu lindo Ser.
Tem uma forma poética majestosa de ternura que adoro.
Admirável e linda. Muito linda e pura.
Sabe, já lhe disseram que é um Ser Humano repleto de brio e encanto. Um Ser Humano fantástico que tudo entende.
Tam uma Alma que dança ternamente ao ritmo incrível de talento do fluir da vida bela e de maravilhar.
Adorei! Sempre atento ao que escreve com encanto e carinho de verdadeira princesinha.
Beijinhos amigos de pureza


pena

Xinha said...

Olá !!

Lindo poema... mais uma vez !!

É sempre bom cá voltar !

Xi-coração e bom fim de semana!

Serenidade said...

Que a noite, mesmo presente não feche teu coração...
...que a força do Amor irradie todos os seguntos do actos e do coração do Homem para todos os seres que habitam este planeta maravilhoso.

Serenos sorrisos

Papoila said...

Querida Menina:
O Amor tem esta luz que nada opacifica.
O Amor a tudo resiste!
Forte e belo poema.
Beijo

Loba, a Keila said...

Essa musica, essa letra, esses sentimentos, esse coração... esses indicadores dizem que você é uma pessoa muito especial, Minha Menina do Rio. Essa veia poética tem lhe feito enorme bem, podes crer.

BeijUivoooooooooossssss da Loba

Farinho said...

O importante é ter o companheirismo e o amor, da pessoa que amamos.

Gostei mt das suas palavras.

beijinho grande.

Suave Toque said...

Querida Veronica, por que será que me senti dentro do seu poema? Será por viver um amor onde nada poderá vir a impedir que se realize? É a força do amor. Adorei.

"Viver é sentir que nem tudo está perdido.
É olhar dentro de si e descobrir algo que se chama coragem.
Coragem para fazer de um simples detalhe uma imensa razão de viver."

Passando para desejar um feliz final de semana

Beijos

Duarte said...

É justo,
para que ocultá-lo?
certos sentimentos são vivos,
deve permanecer acordados,
e incentivados.
Faz que cresçam, sempre!

Muito bonito o que expressas.

Demorei um pouco em aparecer, pelo que já te disse noutra ocasião. O blog que realmente visito diariamente é o de "Amigos de Portugal", nos demais sou um simples colaborador, só os visito esporadicamente.

Um Momento said...

E sinais de felicidade emanas nesse teu belo sentir onde o poder do amor reside sem que jamais se deixe destruir

Lindo minha Querida Menina Simpatia!
Deixo um beijo abraçado á mais bela flor que o teu coração possa imaginar:)))))))))))

(*)

Lyra said...

Peço desculpa pela minha ausência...mas às vezes a vida dá voltas inesperadas e o chão parece que nos foge... Torna-se necessário “recolhermo-nos” um pouco, fugir do mundo e fazer uma introspecção profunda. É isso que tenho feito e por isso não te tenho vindo visitar...

A verdade é que me sinto no meio das trevas, onde sorrio à vida, como se conhecesse a fórmula mágica que transforma o mal e a tristeza em claridade e em felicidade. Então, procuro uma razão para esta alegria, não a acho e não posso deixar de rir de mim mesma. Creio que a própria vida é o único segredo...

Quando estiver mais...animada...voltarei aqui...

Beijinhos e desculpa

su said...

Resta de nós a força como sinal de uma luta e como promessa de ourra vitória desde que se olhe em frente, sempre em frente...excelente poema! :))

Desnuda said...

Maravilhoso! Verônica você desvenda almas em suas poesias amiga e descreve sentimentos tão humanos que nos faz aproximarmos de nós mesmos em reflexão. O que parece longe é percebido de perto, quando a lemos. E o que parece perto está dentro de nós, na verdade. Sua sensibilidade combinada com o seu dom de escrever é rara.


Beijo grande.

pin gente said...

que pena o amor ter adversidades para vencer... ódios, venenos...

se eu ter amar
que seja para sempre
se tu me amares também.
que o nosso amor siga mais além
do amor comum de tanta gente.
se eu te amar
e tu me amares também
que o nosso olhar brilhe a cada instante
o nosso coração se entregue tanto
pois tudo à nossa volta é o menos importante


abraço
luísa

Beatriz said...

Minha linda, passando para te desejar um fim de semana inundado de alegrias, de música e poesia, acompanhada dos teus familiares queridos. Um beijo no coração!

mundo azul said...

...sim! Se foi tão intenso, os sinais não se apagam nunca... Bonito!
Beijos de luz e um domingo muito feliz...

C Valente said...

Que lindos sinais
Saudações amigas

tulipa said...

"Há sempre uma saída
Seja na morte ou na vida
Tens de decidir
O caminho para onde ir "

A isto se resume esta Vida!!!

Bom domingo.
Abraços.

Menina do Rio said...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo said...

E ninguém consegue apagar esse brilho!
bjs
Izalu

impulsos said...

Restarão sempre os sinais...
Mesmo que o vento mude de direcção
Mesmo que as marés vazem e não encham mais
Mesmo que o tempo apague o rasto dos vendavais
Restarão sempre os sinais...

Beijo

Jac C. said...

Belo texto!
Há coisa mais legal que uma inspiração que gere isso?
Bjs

Sunshine said...

"...E ainda que a morte nos açoite
no imenso breu da noite
do que há entre nós
restarão os sinais ..."


Intenso e belo ... e é uma certeza nas incertezas da vida.

Obrigado pela tua visita. Estive vendo seus blogues e me detive neste pela intensidade de sentimentos nele contida.
Voltarei sempre, está-se bem aqui ...

Beijinhos e uma boa semana para ti Menina do Rio

Chama Violeta said...

Beijinhos de boa semana!
Amiga, o que há "Além do Arco-Íris"?

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

É lindo, me fez feliz, o que é difícil. Estava perto do seu cantinho e entrrei. Nunca havia entrado. É aconchegante. Na situação em que eu estou... E vou pedir para vc ir ao meu blog, pois estou lá publicando resenhas de filmes, que a editora da USP vai publicar. Para tanto, preciso dos comentários dos leitores. Você faria isso por mim? Morro de vergonha de pedir-lhe, não pediria em situação normal, mas será o meu ganha-pão, pois estou doente, incapacitada de trabalhar.
Conto com vc:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Faça um comentário na resenha do filme Fanny e Alexandre.
Mil beijos,
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO

Secreta said...

Do que há entre vós , ficam sempre os sinais, o aroma dos sentires!
Boa semana.
Beijito.

Sei que existes said...

E esse é o amor verdadeiro e extraordinariamente belo.
Beijocas grandes

Oliver Pickwick said...

Amor quase eterno. Num futuro ainda muito longínquo - pelo menos eu espero, os sinais serão o último aspecto da aventura do homem no Planeta Terra.
Um beijo!

Beto said...

Meu coração da cor dos rubros vinhos
Rasga a mortalha do meu peito brando
E vai fugindo, e tonto vai andando
A perder-se nas brumas dos caminhos.

Meu coração o místico profeta,
O paladino audaz da desventura,
Que sonha ser um santo e um poeta,
Vai procurar o Paço da Ventura…

Meu coração não chega lá decerto…
Não conhece o caminho nem o trilho,
Nem há memória desse sítio incerto…

Eu tecerei uns sonhos irreais…
Como essa mãe que viu partir o filho,
Como esse filho que não voltou mais!

Florbela Espanca

\\ beijo do gordo//

Beto said...

Hoje eu vou te encher de poesias como quem te cobre de flores

Sonhos
Ter um sonho, um sonho lindo,
Noite branda de luar,
Que se sonhasse a sorrir…
Que se sonhasse a chorar…

Ter um sonho, que nos fosse
A vida, a luz, o alento,
Que a sonhar beijasse doce
A nossa boca… um lamento…

Ser pra nós o guia, o norte,
Na vida o único trilho;
E depois ver vir a morte

Despedaçar esses laços!…
…É pior que ter um filho
Que nos morresse nos braços!

Florbela Espanca

*Carol Porne* said...

Amei este poema!

A intensidade do que se passa dentro de nós muitas vezes é maior do que qualquer ação exterior... lindas palavras!

Saudades de te ler...andei meio sumida por causa da faculdade...mas toh de volta! rs

Bjos menina...boa semana!

Eärwen Tulcakelumë said...

Belo minha amiga! Que o sentimento continue forte.

Pérolas incandescentes de boas energias.

Eärwen

Multiolhares said...

sempre existem sinais, sempre ficam os nossos sinais
bj

Anônimo said...

Te deixo um sinal

elciorossi1@msn.com

beijinho

Pena said...

Linda Amiga:
Sim! Tudo sobrevive a vendavais e cataclismos com a força do sentimento, do acreditar, do sentir puro, lindo e sensível que faz maravilhar. O seu!
Beijinhos de amizade, estima e poderoso respeito.
Sempre a lê-la com encanto.

pena

AnaLua said...

Meu Deus, que poesia mais linda! me senti tão tocada por esses versos, pois vivo uma realidade-sonho assim, evidenciada pelos sinais...

Beijos enluarados!!!

Estrela do Sul said...

Lindo amiguinha. Adorei.

O melhor na Amizade...
é que podemos não concordar com tudo,
mas continuamos sempre amigos.

Uma optima semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

António Inglês said...

Bom dia querida amiga

Há sempre alguém que mesmo não estando... está presente...
Neste dia 10 de Junho, dia de Camões presto-lhe a minha homenagem pelos lindos poemas que nos oferece.
Um grande abraço
António

Frida said...

Un poema moi fermoso. Un saúdo.

**** said...

Vim deixar um beijo...

Boa semana!!

Vieira Calado said...

Bonita poema, forte e sem mácula!
Bjs

Anônimo said...

E depois não vai existir nem os seus sinais,,,,,,,,,
Axa mesmo que é possivel depois de tudo!!!!!!

Anônimo said...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo said...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
mauri said...

Menina do Rio que espaço mais lindo esse seu. Tá de parabéns viu?
jokinhas

A Flôr said...

Como vais doce Menina Verónica! :))

Obrigado pela tua presença lá no meu cantinho.

Mais um poema lindo... as palavras brotam de ti de forma tão bonita e poética... a imagem "fica bem" com a poesia....

Desculpa a minha ausência, mas tenho tido tão pouco tempo para a Net...

Que o resto da tua semana seja bem poética e bem quente... ih ih ih

Cá para mim, parece-me que a Menina do Rio está enamorada! Será? :)

Minha alma abraça a tua com carinho

Flor *****

flamenguista roxo said...

Verônica, belo poema...portador de grandes razões.
Beijo nos teus olhos.

flamenguista roxo said...

Verônica, belo poema...portador de grandes razões.
Beijo nos teus olhos.

Hugo said...

Sinais.......
sempre!

Hugo

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Já lhe disse que esse poema é lindo? Muito obrigada pela visita ao meu blog. Vim pedir ajuda de novo. Postei 2 coisas num post só. Vá lá, preciso dos seus comentários.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo,
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
RS: GOSTO DO SEU BLOG. QUANDO ESTIVER CANSADA, VIREI AQUI PARA RELAXAR!

Olhos de mel said...

Oie minha doce amiga! Doce e lindo poema! Aliás nenhuma novidade nisso em tudo que você escreve. Lindo!
Beijos

SAM said...

Querida deixo aqui um carinhoso beijo. É no silêncio da noite que sentimos mais intensamente os sinais dos fortes sentimentos.

BORGES said...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
adrianeites said...

bela poesia!

ines said...

menina do rio, finalmente encontrei o teu blog!!!
está lindo, como nao podia deixar de ser.

como tua fã que sou, vou já adiconar o link no meu!
beijinhos!

Beatriz said...

Passando pra desejar uma noite de lindos sonhos, amiga! Ficam estrelas e sorrisos enfeitando o teu caminhar! Adoro essa música de fundo!

Veneide said...

Bom dia,querida! Fazia tempo q eu não visitava seu cantinho. Como ele esta bonito! Linda poesia! Somos todos errantes em busca de um algo a mais para preencher os espaços vazios deixados pela vida, não?
abr

benechaves said...

Oi, oi!
Passando aqui à cata de novidades e pra te desejar um ótimo final de semana. Tudo de bom!

Um beijo de paz...

Nilson Barcelli said...

Estava convencido que tinha comentado este teu belíssimo poema, mas não vejo nenhum comentário meu...

Gostei muito, principalmente deste trecho:
"O que há entre nós
dobra-se à força dos vendavais
mas ergue-se nas alturas
Sobrevive a cataclismas
e carnavais".

Beijinhos.

Farinho said...

Passo para lhe deixar um carinho, um aconchego em seu coração.


Beijocas lindas

amordemadrugada said...

olÁ! Olha estava a comentar no meu blog
que não estava a conseguir comentar no teu!
Ainda bem ke já consigo!
Amiguita, ainda n te agradeci o ensinamento, apesar de eu só ter conseguido fazer daquela maneira...n sou capaz de meter os blogs uns abaixo dos outros! N faz mal, fica assim...
Como estás Verónica?
Deixo-te um abracito apertadito
bgda

Menina do Rio said...

Nilson, não houve coment teu antes neste post e sim no outro blog. Os coments que apaguei eram agressões sem nexo, feitas por uns seres indesejaveis. Os meus amigos como tu e tantos que aqui tenho; tem entrada livre para comentar. Não apagaria nunca.

Um beijo pra ti

lua prateada said...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
lua prateada said...

Miga desculpa por descuido colei ai isso elimina o comentário...

Passei desejando um lindo fim de semana e dizer-te...aquilo que afinal bem sabes amiga...

Segue o teu destino,
Rega as tuas plantas
ama as tuas rosas...
O resto é a sombra
de árvores alheias...
Beijinho prateado com carinho

SOL

Suave Toque said...

Eu espero que você tenha um belo amanhecer,
e que, amanhecendo, você desperte sorrindo...
E que, sorrindo, você siga o seu caminho.
Que em sua jornada de trabalho,
você siga contagiando todos a sua volta...
Que seu anjo da guarda sempre lhe acompanhe,
Espero que ao final do dia
antes do seu repouso,
você ainda tenha
ânimo para ler toda essa mensagem de novo...
Porque eu lhe desejo
um Bom Dia, Hoje,
Amanhã, depois, e sempre !!!

Beijos e um ótimo final de semana.

Suave Toque

Ema Pires said...
Este comentário foi removido pelo autor.
ANTONIO DELGADO said...

Só hoje foi possivel, visitar-te elogo sou brindado com um poema de muita força revelador do amor que pode existir entre duas pessoas.

Só faltava para completar este belo poema aquilo que a regenta disse ao seu amante: " apesar da distancia o ceu une-nos todas as noites". A Regenta é titulo de um filme espanhol de amores impossiveis entre uma senhora da Alta sociedade que se apaixonou loucamente por um jovem e ele por ela, mas o amor foi condenado pela mentalidade da epoca (sec. XIX) e o rapaz teve de partir para muito longe devido ao escarnio social...muito interessante a história e o teu poema divino.

A imagen é muito sugestiva.

Um beijo
António Delgado

Mario Rodrigues said...

Ouvimos falar que amigos...
são resentes de Deus.
Eu não tenho a menor dúvida
dessa realidade.
Em alguns momentos de nossas
vidas uma mensagem de um amigo
cai como bálsamo em nossos corações.
Agradeço a Deus pela sua vida, que hoje
faz parte da minha vida.

Um lindo fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Cátia Amorim said...

ohh... k lindo! mesmo! sinais... sinais esses k nos marcam e k se acrescentam sobre uma nova experiencia .... uma amizade !

Te said...

Vim cá ter e ... Parabéns pelo blog! Um abraço