{b

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Vida, porque tenho-te em mim...

As vezes me pego questionando se existe algo mais
complexo que "ser" humano. E toda essa humanidade
"desumana" que prega a PAZ e fomenta a GUERRA,
numa ânsia louca de viver; o fanatismo exacerbado
dos que ceifam vidas, desviam condutas, corrompem
almas, aniquilam sonhos...
Eu nasci errada.
Sim, porque já nasci questionando "O QUE É QUE
EU ESTOU FAZENDO AQUI"? E desde então, tenho
vivido como contorcionista num tunel sinuoso
porque não consigo achar o caminho de volta pra
dentro do últero de onde vim.

Vida, por que tenho-te em mim?

Não tenho raça, nem credo, nem cor
Entrego minh'alma à poesia, porque sou amor
E as vezes não sei quem sou
Pois se o amor me adere a pele
corta, feito lâmina fria e fere
deflora-me a flor

E a voz que a noite grita-me na boca
sai da garganta rouca,como um rugido de fera
Calam-se os céus nesse grito
expande-se a dor no infinito
clarões e raios sobre a terra

Mas desperta-me outra vez pela manhã
meio louca e quase sã
E no acorde estridente da fanfarra
entre surdos, foles e guitarras
junto-me à orquestra
e vou tocando o que me resta...

104 Comments:

Tomáz said...

Fanatismo é fruto de ignorância e esta não é prerrogativa apenas de pessoas menos favorecidas, muito pelo contrário. Devemos viver e deixar viver, é nisso que acredito. Beijos.

daniel said...

Menina do Rio

Será complicado o mundo, o próprio universo, mas Deus pôs-nos cá, dando poder para o ir tentando aplainar. É essa a sublime missão que nos cabe. Se a encararmos com optimismo, seremos ajudados e recompensados!
Beijos
Daniel

tempoparaamar said...

Voltado aos poucos,e agradecedo seu carinho e suas palavras de conforto, obrigada.Também eu vendo o que vai por ai me pergunto,o que fazemos aqui.Beijo e bom fim de semana.
Salomé

david santos said...

Sim, minha querida amiga.

Viemos sem conduta nem condão.

Somos filhos do tempo, quer queiramos quer não.

Não podemos conduzir a nossa própria condução.

Obrigaram-nos a enfrentar tudo, mesmo a maldita maldição.

Ah, se tu pudesses, eu pudesse, todos pudessem, não estariam aqui muitos, não!

Abraços.

David Santos

DE-PROPOSITO said...

que prega a paz e fomenta a guerra.
-------------------

Algo idêntico a quem prega a moralidade e pratica a imoralidade.
Fica bem.
E a felicidade por aí.
Manuel

Xinha said...

" Nós nascemos a aprender e morremos sem saber" .. A vida é uma incognita...
Cada dia é um novo mistério.
Muito sentido e proundo, este seu post !!

Beijinhos para quem ... é amor !!


Xi-Coração

Alice Matos said...

"Junto-me à orquestra e vou tocando o que me resta..."

Oi, linda... É mesmo... quase um "não sou daqui, mas se aqui estou..."

Lindo!
Beijo grande...

RESSACA said...

Aqui nasceu o Espaço que irá agitar as águas da Passividade Portuguesa...

carla granja said...

olá min ha amiga ! me deixas-te a pensar em tudo o que acabei de ler
te desejo um bom fim de semana e passa por cá ´
bjo
carla granja

Agulheta said...

Menina do Rio. Pois como andamos aqui,temos todos uma missão logo que saímos do útero da mãe,e a vida o amor e tudo que nos rodeia.
Beijinho de amizade bfs Lisa

Antonio saramago said...

Tambem penso muitas vezes o que ando cá a fazer , mas acabo por reconsiderar que afinal até é bom viver!

mundo azul said...

...bem, o que somos?
Todas as respostas são científicas e realmente, não nos satisfazem...
Procuremos então nos sol, nas estrelas, na terra, no mar, a resposta que realmente vai nos satisfazer...


Beijos de luz e o meu carinho!

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Belíssimo poema! Você fala o que muita gente, inclusive eu, gostaria de falar, mas poeticamente. E é aí que reside o seu mérito. Parabéns, tenho orgulho de ser sua amiga, ainda que virtual. Mudando de assunto, fiz uma resenha sobre um filme inédito no Brasil, que tive a oportunidade de assistir. Tenho certeza de que gostará desse filme, Menina do Rio, porque é ação o tempo todo, Há também um "elogio aos amantes", você vai gostar.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Sol da meia noite said...

É verdade, minha amiga... quando nos demos conta, já cá estavamos neste mundo de loucos, do qual não podemos fugir...
Muito nos questionamos, sem que isso sirva para grande coisa; se calhar para nos angustiarmos mais e mais...

Bela postagem!

Fica bem.
Beijinho *
:-)

Anônimo said...

OLá minha Jovem,

Muito lindo seu poema. Parabéns. Aproveito para
Convidá-la para participar de um novo site que além de ter espaço para publicarmos nossos textos, também paga por eles(até que enfim criaram algo assim. rsrs), basta acessar:

www.jornallivre.com.br/?p=6900

inserir o texto de sua autoria e começar a receber por ele, não é muito mas, de grão em grão a galinha vai enchendo o papo.

Grande abraço deste eterno aprendiz de escritor.

ABC

Hugh said...

Expande-se a dor no infinito
clarões e raios sobre a terra
pq a dor grita no peito!

Vc consegue colocar pra fora aquilo que muitos pensam e vc faz de um modo poético. Isso é lindo.

Fica na boa Menina

C Valente said...

Vida vivida, amada, sofrida
Vida alegria e sons
Gostei
Saudações amigas

Olhos de mel said...

Oie linda! Que maravilha ler sua poesia! Incertezas que permeiam nossas vidas. Dúvidas que nos pegamos de vez em quando. É o ser tentando entender o ter no comportamento humano... Enfim a vida complexa que nos assusta...
Acreditar e confiar, duas coisas que ainda podemos fazer.
Bom fim de semana! Beijos

instantes e momentos said...

Sempre muito bom. Tenha um belissimo final de semana.
Aproveite uma praia, está muito calor.
Maurizio

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Aqui é a Renata Cordeiro. Uma tal de Maria Júlia Braga diz que segunda-feira estará pronto o Blog em que ela vai mostrar quem sou eu de verdade. Já avisei a vocês que estava sendo difamada. Ela diz ter fotos recentes minhas. Só se for montagem, pois não saio de casa, e quando o faço, é de carro. Quarta passada, ligou alguém do sexo feminino para a minha casa perguntando se eu tinha médico no dia seguinte, que por coincidência eu tinha, e seu tinha feito exame de sangue, o que também tinha feito. E que estava ligando para confirmar a minha consulta às 8:30 da manhã. Quando minha mãe me deu o recado, eu disse que a consulta era às 16: 40 e liguei para consultório, de onde me disseram que nminguém de lá havia ligado para mim. Se ela fotografou alguém às 8: 30 da manhã, com certeza não sou eu. Descobriu todos os meus e-mails e interceptou todas as conversas e todos os comments que ponho nos blogs dos amigos. Vocês decidem: ou dêem crédito a ela ou a mim, que vcs conhecem.
Obrigada,
Renata Cordeiro

São said...

Pois já somos duas erradas!
O poema é muito sentido e eu gostei.
Que estamos fazendo aqui? Caminhando para a perfeição.
Parabéns pelo prémio Camões atribuído a João Ubaldo Ribeiro.
Feliz domingo, zogia.

Fátima said...

Amiga,

Muito realista este poema. LINDO!
Revejo-me nele.

:-) Bom fim-de-semana

Agulheta said...

Menina do Rio. Pois muitos de nós se questionam! o porquê de tudo isto,e cada vez mais. Agradeço a visita e palavras,e passa no maripossa)Beijinho boa semana Lisa

Gerlane said...

Ainda bem que reages com sensatez ao apelo do instinto de sobrevivência. Por vezes, sinto-me assim, como te sentes, diante deste mundo paradoxal, mas vou me agarrando ao que ainda resta de bom e sobrevivendo.

Uma boa semana pra ti!

Beijos!

elvira carvalho said...

Depois da cirurgia, estou voltando aos poucos a visitar os amigos.
Como sempre o poema é muito bonito.
Um abraço e uma boa semana

impulsos said...

Pois é, minha amiga...
O que fazemos nós aqui?
Neste mundo tão cruel e impiedoso, onde cada vez o fosso é maior, entre pobres e ricos...
Onde as guerras são cada vez mais inúteis e fúteis...
Onde a indiferença pelos que sofrem, é cada vez mais notória...

Eu, se pudesse, também voltava para o sítio de onde vim.

Mais um grande poema que deveria ser lido por muitos dos grandes deste planeta, talvez lhes despertasse algo de bom.


Beijo

Mario Rodrigues said...

Revoltada com o mundo, amiguinha. Nao vale a pena. Nao vale a pena lutar. Somos incapazes de mudar a cegueira do Homem.

“Quem tem um amigo,
tem um tesouro"

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Em espaço de partilha:
http://toquedeestrela.blogspot.com
http://sensualidadeemletras.blogspot.com

Freyja said...

hola amiga
bellas letras como siempre
te dejo muchos cariños y que estes muy bien
disculpa por no venir antes a verte, pero he estado enferma
besitos y una linda semana

besos y sueños

*Carol Porne* said...

O poeta é considerado louco por muitos...porém creio que são os humanos mais próximos da razão, são os que sabem mais o que é ser humano...

Bjos e uma boa semana...! :)

Loba, a Keila said...

Bem sei o que você sente, Menina do Rio, mas saiba que não está sozinha. Penso na minha missão, no que tenho de mais importante a fazer e para aprender aqui, e a todo momento obtenho mais dúvidas do que respostas. De tudo o que sei, só sei que sei muito pouco, quase nada, e é sendo assim, incompleta e por se completar, que vivo.

BeijUivoooooooooooossssss da Loba

Liz / Falando de tudo! said...

é por isso que eu nao penso, eu vivo!!
Deus me deu a vida em forma de ser humano, sou humana no que me condiz...e nos somos asssim...os humanos...
Este teu post me fez refletir...
Abraço,Liz

O Árabe said...

... e assim seguimos, amiga, buscando construir um oásis de paz em meio ao deserto do mundo. Boa semana!

FERNANDA & POEMAS said...

Olá minha querida Verónica, falar sobre o que escreveste é um exercício mental de primeira grandeza... Lindo Amiga!
Voltamos a despertar todos os dias, e o mundo está cada vez mais arruínado.
De facto não é este o mundo que queremos, mas temos que nos juntarmo-nos á orquesta, como tu dizes!
Verónica, minha querida, belíssimo o que escreves-te... Uma palavra SUBLIME... Beijinhos de carinho e amizade,
Fernandinha

Secreta said...

Belo poema este , bela reflexão sobre ti mesma.
Beijito.

Golfinho said...

Lindo, gostei do blog

Cadinho RoCo said...

Que denúncia maravilhosa de sensibilidade tão bem afinada com o amor. Pois digo-lhe que defendo a tese de que estamos aqui exatamente para compor a resposta da pergunta que persegue o seu viver. E esta resposta está em cada instante vivido e devidamente traduzido pelo amor. Tenho uma frase que criei já nem sei quando e que diz assim: O amor ensina a vida a viver.
Cadinho RoCo

Carla said...

sim amiga...sábias as tuas palavras!
Até porque o que se respira nas tuas palavras é amor...sincero e puro de quem tem em si a beleza que tu tens!
beijos

Lena said...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lena said...

Parece-me tudo demasiado complicado...

Beijinho*

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Li e reli o seu poema umas 4 vezes. Isso porque já o conhecia. É muito lindo, amiga, vc é uma verdadeira poeta.
Postei sobre o filme "Caráter" e como sei que você tem bom caráter, apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

danisita said...

não existe nada mais complexo queo ser humano, pode crer (y)

amordemadrugada said...

Veronica!
Vim deixar-te um beijo salgado do meu mar, amiga minha!
E se estás por aqui, alguma missão terás que cumprir minha menina...ah, pois é!lol
Beijo em si

Deusa Odoyá said...

Oi minha linda e estimada amiga MENINA DO RIO:
A vida nos é bela, saiba apenas aparar certas arestas e vivÊ-las.
Estou de férias na terra do nosso querido Sibarita.
Beijos e obrigado por seus sempre belos comntários em meu cantinho.

beijos da amiga.

Regina Coeli.

Mário Margaride said...

Querida amiga,

O mundo está infestado de injustiças. De guerras, de fome, de miséria.

Talves um dia os homens, os senhores da guerra, acordem deste terrível pesadelo, que flagela o mundo em que vivemos.

Belo texto!

Beijinhos

Mário

Beatriz said...

Um poema que começa extravasando um grito de revolta, explora alguns questionamentos, e vai desaguar em versos que dão conta de uma alma que se atormenta e se apazigua na aceitação daquilo que (ainda) não sabe como mudar. Um belo, profundo e sentido poema, minha amiga!

Ficam flores, estrelas, sorrisos e beijos enfeitando o teu caminhar.

NAELA said...

Linda o mundo precisa de pessoas bondosas que proclamam o optimismo,que se inter-ajudam podendo construir um paraiso para aqueles que necessitam!
A vida é necessaria para que o caminho que percorremos seja ao encontro de nos mesmos!
Beijo doce cheio de luz

benechaves said...

Essa vida parece-me mais um 'faz de conta', feito as histórias da carochinha e seu lado fantasioso. Nem sei porque vim e nem sei pra onde vou... É uma vida de arremedos!

Um beijo sem 'fazer de conta'...

SAM said...

Ando pensando assim. E não são poucas as vezes, amiga. Mas nada é eternamente desalentador. Basta saber que temos inúmeros pares de pensamentos fraternos e situações que nos impele a viver e sorrir.
Cuida-te. És um grande ser humano e excelente poetisa.


* Ainda não pude te encontrar, minha sobrinha e meus netinhos estão aqui no Brasil. Veja no Desnuda ( 1 aninho da Ciça). Precisamos mesmo conversar.

Grande abraço querida amiga.

Carlos said...

Olá,

É bom ler-te, é suave aquilo que nos dás. São momentos de reflexão e de partilha.

Bj

Alice Matos said...

Que loucura boa nos toma, amiga... que louca consciência nos ensina a amar mais e melhor... a sentir mais... mais... A dor... é só complemento...

Beijinho grande para ti...

lua prateada said...

Oi linda , sabes que tens um problema igual ao meu? axo mesmo que também já nasc assim pois desde que me lembro de ser gente que me questiono "porque estou aqui?" ouço as pessoas e me pergunto "porque não penso como elas?" etc e tal como tu tenho a minha poesia que vive em mim e eu nela .E assim amiga vamos vivendo como Deus decidiu somos diferentes mas somos o que somos sem fazer mal a ninguem e isso é tão lindo.Quanto não haveria a falar sobre o assunto...
Beijinho prateado com carinho
SOL

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Quem faz um poema desse só pode ser linda! Adoro você, amiga!
Estou dando uma festa em comemoração às minhas melhoras.
Conto com a sua presença.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata
Há fogos de artifício, queijos da Provença, sucos e bolo, você vai gostar da minha festa virtual.

titofarpas said...

Já voltei de férias e o teu blog continua fantástico...
Bom fim de semana

Sol da meia noite said...

Minha querida, mais uma visitinha para te deixar um terno beijinho *
:-)))

Nilson Barcelli said...

"E no acorde estridente da fanfarra
entre surdos, foles e guitarras
junto-me à orquestra
e vou tocando o que me resta..."
Todo o poema é belíssimo, mas o final é apoteótico. Muito bem cara amiga.
Beijinhos.

Ana said...

Adorei o seu cantinho! Voltarei mais vezes!

Flor said...

Que estejas ausente aceito... mas quero sentir-Te bem querida Amiga! :D

A minha ausencia dos blogues deve-se a muito trabalho.

Já passaram dois anos desde que "inaugurei" o meu jardim....

Não tenho bolo para comemorar, apenas tenho uma imensa gratidão e muita alegria, porque foi atravês do meu canto que chegaste ao meu coração... OBRIGADO! :D

Gosto de TU muito muito :-)

Beijos floridos da Flor

Carla said...

bom fim de semana amiga
beijos

Rogerio Lima said...

Boa Tarde.
Muito bom este teu Blog.
Só achei uma coisa esquizita: A cor amarela dos titulos. No meu PC não consigo ver direito.

Bjus

Menina do Rio said...

Flor, eu não consigo entrar no teu "jardim"...
Obrigada pelo carinho e por estares em minha vida. Estou meio debilitada, mas me cuidando.

Cuide-se também

Um beijinho

Multiolhares said...

Por vezes só nos resta deixarmo-nos ir na corrente
beijinhos

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

É o que eu lhe disse, querida, não me canso de ler esse seu poema, é muito bonito.
Fiz um post sobre um filme que considero bastante feminino. Apareça aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Desnuda said...

Obrigada, querida.

Ótimo fim de semana.

Muitos beijos

Eärwen Tulcakelumë said...

Como entendo tuas palavras!
Agradeço sempre teu carinho com meu mundo. Retorno aos poucos com os poemas.

Pérolas incandescentes de belas palavras.

Eärwen

Alexandre said...

Não existe nada mais complexo que o ser humano, disso tenho a certeza! Quanto a cada um de nós, penso que há uma missão para cumprir por parte de cada pessoa... se bem que muitos nunca chegam a perceber isso...

Muitos beijinhos!!!

sofialisboa said...

sempre extraordinario.sofia

Sandra Daniela said...

É verdade... concordo contigo...Fica á esperança de que um dia, o respeito entre os Homens, seja bandeira hasteada em cada um de nós...


Beijinho

mundo azul said...

Espero que possa voltar logo...Que não seja nada grave a afastá-la daqui...

Beijos de luz, o meu carinho e um domingo muito feliz!!!

Freyja said...

te abrazo amiga y tus versos son bellos
mil gracias por tu cariño y amistad
te dejo muchos cariños y un abrazo grande
mil besitos y cuidate


besos y sueños

Freyja said...

AMIGA

EL BLOG LAGRIMAS DE FREYJA, TIENE UN REGALITO PARA TI, PARA QUE LO VAYAS A BUSCAR
BESITOS

charlie said...

Magnifico; coisinha mais linda!
Nós Humanidade, talvez sejamos um erro da Natureza.
Seja como for, gostei muito deste poema em especial entre tantos outros muito bons que apresentas.
Posso pegar nele, (obviamente indicando a autoria e o link para o blogue?)

Lena said...

=)

Vim deixar um beijo grande!
***

carla granja said...

Ola minha linda! passando para te ler e para te desejar um resto de um bom domingo
e te espero por cá
bjo
carla granja

Beatriz said...

Sem nova postagem para admirar, estou deixando sorrisos, flores e estrelas, tecendo alegrias no teu sonhar. Um beijo no coração e o desejo de uma linda e ensolarada semana de agradáveis surpresas.

Mário Margaride said...

Querida amiga,

Passo por aqui, para deixar-te um beijjo doce, e desejar-te uma excelente semana!

Beijocas...

Mário

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Este poema seu é lindo, divino, maravilhoso. Vc me permite copiá-lo? Pois só farei isso com a sua permissão.
Mas também fiz um post lindo, vc não vai prestigiá-lo?
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Um beijo,
Renata

Ana said...

Amei a mensagem! Boa semana, querida!

Olhos de Mel said...

Oie linda! Essas são perguntas que vez, ou outra, me faço; parece que não encontro respostas. Mas adiante Deus sempre, encontra um jeitinho de me mostrar os motivos.
Boa semana! Beijos

Hugh said...

Passei pra saber se tinha post novo mas vejo que aindas andas encolhidinha ai

Beijo

entreolhares said...

Menina, eu tava de férias e já voltei!!!!!!!!!
beijokinhas

mundo azul said...

Minha amiga, espero que logo tudo se normalize! Cuide-se, está bem?

Beijos de carinho e meus votos sinceros de saúde e alegria!!!

gotadevidro said...

Tens um forte poder de comunicação.Ler-te é sempre algo que gosto, que me acalenta a alma.

Regressei depois de umas férias.

Bjinho em ti

Zeze said...

Olá amiga
Passei para dar um grande Beijinho que Vc merece :)

Sunshine said...

Gostei muito do seu grito!!!
Sinto-me equilibrista e, por vezes, pergunto-me se há corda debaixo dos meus pés.
Beijinhos com raios de Sol

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Vc melhorou, querida? Já copiei seu poema.
Tive que fazer outro post, pois aquele me trouxe um azar que vc nem imagina. Este é sobre um cult movie, dirigido pelo Nicolas Cage, com James Franco no papel principal. Passou despercebido no Brasil, talvez tenha feito sucesso na Europa, não sei. Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Um abraço,
Renata Cordeiro

Agulheta said...

Olá querida amiga.De regresso venho deixar um abraço e beijinho,para uma amiga muito querida Lisa

tulipa said...

AMIGA


De certeza que já sabes que para completar um look o mais importante são os acessórios, por isso neste Verão já sabes, tens muito por onde escolher, mas ESCOLHE BEM.

Beijinhos.

Beatriz said...

Passando, relendo, partindo... mas deixando flores, estrelas e sorrisos, aconchegados num beijo do meu para o teu coração.

Secreta said...

Olá,
Passei para deixar-te um beijito.
Vou ausentar-me por uns tempos.
Até breve.

tempoparaamar said...

Passado para reler e deixar beijinhos e melhoras.Beijooooo

"Sofi@" said...

Se a senhora nasceu, veio ao mundo foi por algum motivo, não acha?
Não devia permanecer nesse grande túnel escuro, tem que tentar sair, seguir sua vida e ser feliz.
Bj


"Sofi@"

Sol da meia noite said...

Minha querida, venho com carinho deixar o meu beijinho... também o meu desejo de que tudo volte à normalidade na tua vida.
:-)))

elvira carvalho said...

Que esses motivos particulares, não tenham a ver com a sua saúde, fisica ou emocional.
Um abraço amigo

maresia_mar said...

ola quiducha,
Vou de férias hoje finalmente, até setembro.
Não te esqueças de ser feliz
Beijos

amordemadrugada said...

Então menina! Já engordaste algum kilito?! lOl
Quando passas por cá, pra irmos ao nutricionista!?
Kero dizer, á praia! lol
Beijito em tu face amiga mia

benechaves said...

Oi, amiga: passando aqui à cata de novidades. E quando tiver um tempinho apareça e apanhe os seus sonhos.

Um beijo com carinho...

antónio paiva said...

...

uma excelente reflexão poética!

beijinho.

Desnuda said...

Querida amiga


Vim lhe desejar um ótimo fim de semana. E também, partilhar com você o Prêmio Dardos ( embora tenha todos, merecidamente). Minha felicidade é partilhar contigo, como partilhamos nossas alegrias e tristezas. Sentimento fraternal de irmã que nos une, onde com certeza queremos ver uma e outra sempre bem e disposta.

Grande beijo

C Valente said...

Saudações amigas

Maria said...

Com 99 comentários não resisti a desejar-te um bom fim de semana..
:)))
Beijinhos

Papoila said...

Querida Menina:
Sinto também que não sou de cá... enquanto cá estiver a vida chama-me e como tu junto-me à orquestra!
Magnífico poema!
Beijos

Oliver Pickwick said...

De fato, querida Sveronica, nada é mais complexo que o ser humano. Por outro lado, também nada é mais simples para quem sabe viver.
Um beijo!

Anônimo said...

Nessa telinha de sonhos,
por obra do acaso,
pessoas queridas
chegam de mansinho,
enchem o espaço de carinho
e, sem aviso prévio,
despertam a ternura
existente em nós.

Pessoas especiais
que aprendemos a amar
num jogo colorido de palavras
com todas as letras e tons
que possam caber
na saudade espaçosa
de uma distância.

Pessoas muito amadas
que procuramos reencontrar
nas esquinas da vida
em um rosto amigo
com braços de atleta,


coração de menino
sorriso de anjo-da-guarda
e guarda-costa
particular-pessoal-intransferível
perdido em algum dos quatro
cantos da terra....
Querida tem p/ vc o destaque (Blogueira do Amor) um abraço Deus abençõe vc sempre minha amiga ......www.fonteamor.com

benechaves said...

Passando pra saber das novidades e desejar-lhe um ótimo final de semana com muita paz e amor. E saúde principalmente.

Um beijo de carinho...