{b

domingo, 10 de maio de 2009

O canto da sereia


Havia uma vez, um pescador de canção e sua musa.
Viviam distantes e entre eles havia o oceano imenso!
Ele pescava lindas canções e depositava mentalmente
do outro lado do mar e ela as colhia como se fossem
pérolas. Existia um canal imaginário entre eles onde
as canções tocavam melodicamente como uma orquestra
sinfônica regida a quatro mãos, guiadas pelo maestro
cujo nome era Amor. Havia... Até que um dia , eis que
surge uma sereia (?) novinha de longa cabeleira preta,
cantando um funk sem noção e...O pescador encantou-se
e do ponto onde estava ergueu uma bandeira e bradou:
- Yo soy un hombre libre!!!!!!!
O maestro assustou-se, perdeu o tom e a orquestra
desafinou... A musa que assistia tudo da outra margem,
ficou entristecida, sem entender se o encanto da sereia
estava canto ou nos longos cabelos negros...

( texto meramente ficticío)
by Menina do Rio


89 Comments:

JC said...

O amor é lindo. É algo que nos fascina, mas quando não está bem cimentado, quando não tem alicerces fortes, por vezes pode ceder e desmoronar-se.
Lindo este teu texto. Bela mensagem para reflectir.
Beijinhos

Antonio saramago said...

Pois também tu és uma SEREIA!!!

Edimar Suely said...

Oi linda,

Passando para desejar uma feliz semaninha e sucesso com seu livro.

Paz!

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.bf

O Árabe said...

Meramente fictício, talvez... mas tão real, não é? Boa semana, Menina!

Maria said...

Lindo!
Em tempos fez-se um filme lá na Ilha, que se chamou de "Ilha", e este teu texto enquadra-se completamente no filme ... no final a sereia aparece e o pescador não resiste e mergulha. Nunca mais ninguém o viu...

Um beijo, V.

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Bom dia, Verônica:
Achei lindo o seu poema em prosa "O canto da sereia". Muito inspirado, e, pelo que vejo, você adentrou em outra forma poética com maestria. Meus parabéns!
Querida:
Publiquei no Galeria sobre o filme "Angel". O post está diferente dos demais. Ofereço os meus selos personalizados e rosas, vá e os pegue.
Um abraço,
Renata
PS: Posso pedir-lhe que vá ao Galeria primeiro e se depois quiser que vá ao Feminina?

A.S. said...

O canto de uma sereia,
cabelos de noite sem lua... fantasia que virou realidade
na tua alma, bela e nua!...


Beijos...

UMA PAGINA PARA DOIS said...

Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?
(Oswaldo Montenegro)

Desejo uma semana com muito amor, carinho e saúde
Um grande abraço do amigo
Eduardo Poisl

Papoila said...

Querida Menina:
Gostei tanto da alegoria!
É há muita sereia e pescadores de canções que caiem no seu canto gritando incaurtos...-Yo soy un hombre libre!!!!!!!
Beijos

"Sofi@" said...

Seu texto maravilhoso, me fez passear por ele, como que no meio do oceano eu lá estivesse num pequeno barco, mas de um momento para o outro, uma pequena onda veio e o barco virou, abri os olhos, e acabei de ler este seu texto:]]

Beijo do tamanho do mundo e obrigado por todo o apoio dado.

Agulheta said...

Sempre nos encantaram sonhos de sereia e pescadores? Este poema é belíssimo que muito diz.
Beijinho bs,tens um prémio no blog

manuel marques said...

As sereias, porém, possuem uma arma ainda mais terrível do que seu canto: seu silêncio.

Beijos querida amiga.

Pena said...

Um "Canto da Sereia" de fascinio.
"...Havia uma vez, um pescador de canção e sua musa.
Viviam distantes e entre eles havia o oceano imenso!
Ele pescava lindas canções e depositava mentalmente
do outro lado do mar e ela as colhia como se fossem
pérolas. Existia um canal imaginário entre eles onde
as canções tocavam melodicamente como uma orquestra
sinfônica regida a quatro mãos, guiadas pelo maestro
cujo nome era Amor. Havia..."

Tão lindos: uma sereia de sonho e um princípe encantado...
Perfeito.
Um poema sublime. Lindo.
Significativo.
Beijinhos amigos de imenso respeito.
Excelente. Adorei!
Sempre a admirá-la

pena

elvira carvalho said...

O amor é lindo. Pena que existam sereias e que alguns homens troquem o amor pelo encanto e novidade das sereias.
Um abraço e boa semana

lilás said...

Uma semana linda, com histórias de sereias mas...com final feliz.
Bjs

Um Poema said...

....

Fictício ou não, o teu texto está optimo.

Um abraço

Duarte said...

Como a mesma sereia, mitológico...
Sempre o AMOR!

Beijinhos e um sorriso

Ana said...

Acho que essa sereia existe e é a minha Princesinha do Rio.
Adorei este texto maravilhoso que essa sereia linda escreveu para nós.
Um grande beijinho,
Ana Paula

sofialisboa said...

tens o mesmo nome que a minha irmã. invulgar e bonito. bjs e boa sorte para o lançamento do teu livro. sofia

O Sibarita said...

Foi né? Tá bom! Esse Pescador é sabido, né não? kkkkkkk

Trocou a sereia pela novinha, aiaiaiaiaia... kkkkkkkkkkk

A sereia deveria bater em retirada e navegar por outros mares, oi que bom! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eita moça retada!

bjs
O Sibarita

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ said...

Sarava!

Sempre gostei das sereias...personagens mágicas.

beijinhos

Nilson Barcelli said...

Há sereias perigosas... rs...
Querida amiga, gostei imenso da tua história.
Boa semana, beijo.

Xana said...

Muito bonita esta história, as sereias sempre foram seres de grande fantasia para os homens do mar :)


Uma boa semana

Meg said...

Menina,

E se não fosse "meramente fictício"?

Se vivemos num mundo onde esse maestro é tantas vezes interrompido!
Muito bonito esta alegoria

Um beijo

Maria Anjos Varanda said...

Adorei o texto...
Seja poesia ou prosa ´´e sempre um prazer ler o que escreves....

Beijos

Ana Martins said...

ficticío mas lindo, muito lindo!!!

Beijinhos,
Ana Martins

Lucinha said...

Olá menininha!! parabéns pelo lindo post...

Tem um selo pra vc em meu blog, lado direito dele, abaixo de meu award...

beijinhos e uma noite linda...

Maria Dias said...

As vezes a carencia pela distancia faz com q alguns se percam nos cantos das sereias...

Vc gosta de flores? Se gosta venha me visitar!

Beijinho

Maria Dias

Carla said...

um canto cheio de romantismo e magia
beijos

Delfim Peixoto said...

Sempre bom ler seus textos tão inspiradoras

Secreta said...

Muito bonito o teu texto. O Amor e os seus encantos :)
Beijito.

Duarte said...

Estou ansioso, quero ver esse livro! Como vai tudo?

Desejo-te os maiores êxitos

Beijinhos, meus

zezinho said...

Talvez estivesse,no faro perigo e homem adora isso uma bebida a mais uma esticada e por tao pouco a vida se perde e a volta nao ha somente revira...voltas!Um beijo meu anjo!!!Fique com Deus.

Claudia Perotti said...

Gostei imenso do canto da sereia!
Beijinhossssssss

Fernando Santos (Chana) said...

Olá amiga, bela história...Espectacular....
Beijos

poetaeusou . . . said...

*
Yo soy un hombre libre!!!!!!!
gritei,
a sereia, repuxando
o seu cabelo dourado,
sentenciou,
Entonces compre un libro la muchacha del Río,
,
é o que vou fazer !!!
,
conchinhas nocturnas,
,
*

Izinha said...

Oi amiga,

um texto fictício, mas q mostra a realidade de muitos amores...

bjos prá ti!

Mar Arável said...

Bonito

Sol da meia noite said...

É assim o amor...
Um dia surge de mansinho, gerando um misto de sentires e emoções.

Amiga, muito lindo este post :-)


Um beijinho *

MENSAGENS AO VENTO said...

________________________________


...um tanto triste, minha amiga...

Infelizmente, nada dura para sempre...Devemos estar sempre preparados para essa realidade...Triste, mas, verdadeira.


Bonito o seu texto!


Beijos no coração!


Zélia (Mundo Azul)

______________________________

Maria Clarinda said...

Sereia...adorei este teu conto!!!
Jinhos mil

Zeze said...

Olá Amiga

Passei para ver as novidades e te desejar uma bom fim de semana!

Beijoka linda com as tuas palavras

Fragmentos Betty Martins said...

.________querida Veronica




regressei de férias!!!:=)

...

__________o canto e encanto da Sereia

.que dizem "enlouquecer"_______mas todos nós desejamos

_______ouvir.sentir____...





______________///







beijO____ternO
bFsemana

Amordemadrugada said...

bomm fim de semana amore
beijitos
e obrigada
;)

O Sibarita said...

Ai meu Deus do céu! kkkk E não que a criatura virou baiana mesmo? kkk

Só pode ser... Deve está agora numa rede olhando o mar, comendo um acarajé com bem pimenta, tomando uma cervejinha geladíssima que ninguém é de ferro e para esquentar uma umburosca que desce bem... kkkkkkkkkkkk

De tal forma que ela nem tá se lembrando mais de postar, oi que bom! kkkkkkkkkkkkkkkk

bjs
O Sibarita

Desnuda said...

Amiga um lindo texto poético. Mais que isso - nos direciona a reflexão.


Beijos minha querida! Te amo!

Linda semana.

Pico minha ilha said...

Um abraço com carinho.Estou com pouco tempo mas tudo voltará ao normal.Beijinhos

TristãoeIsolda said...

O amor tem mistérios que nem sempre se entendem.

Abraço

rouxinol de Bernardim said...

Parabéns. Sereias há muitas mas com esta sensibilidade há muito pouicas!

david santos said...

Brilhante, minha amiga!
Parabéns.

David Santos

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Gostei muito do seu "Canto da Sereia". Já está experimentando o poema em prosa?
Verônica:
Fiz postagem no Galeria sobre o filme A Mulher do Lado, baseado na lenda de Tristão e Isolda. Depois, falo da lenda e exibo a história desses amantes na pintura de um anônimo.
Conto com a sua presença,
Renata
PS; Depois, vá ao Feminina, mas ao Galeria antes, please!

Oliver Pickwick said...

Começou lírica e mergulhou na fina ironia. E de igual modo a todos nós, brasileiros, o pescador "embarcou" num canto de sereia.
Um beijo!

Emanuel Azevedo said...

Lindo trabalho que está aqui apresentado neste blog. Parabéns e um forte abraço de Angra do Heroísmo.

Duarte said...

Voltei, li, confirmo o antes dito... bonito...

Que tenhas uma boa semana

Beijinhos, meus.

FERNANDA & POEMAS said...

QUERIDA VERÓNICA, MARAVILHOSO TEXTO AMIGA... DESEJO-TE UMA BELA SEMANA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Nilson Barcelli said...

Como já li e comentei, deixo-te o desejo de uma excelente semana.
Beijo.

Daniel Costa said...

Menina do Rio

A peça, sendo ficção, o que é visivel e normal, contudo encerra uma inspiração interessante.
Beijinhos,
Daniel

Jaqueline Sales said...

Estou alguns dias sem acessar o blog, também sem deixar mensagens e saber como anda todo mundo. É que estive resolvendo uns problemas relativos ao inventário da família, faleceu uma paciente muito querida, também sofri uma agressão no transito, de forma que precisei de uns dias de reflexão para centrar as idéias e estar em paz. Mas estou de volta, e em campanha pelos desabrigados das enchentes.

BeijUivoooooooooooosssssssss da Loba

Pena said...

Amiguinha:
Sabe, o que me surpreende mais em si, apesar da distância enorme dos nossos respectivos lares...?
A TERNURA, A BELEZA e a PUREZA, quando escreve ou comenta.
FELICIDADES, para o seu delicioso Livro. Só pode ser maravilhoso.
Como o poderei ler...? Encantar-me-ia, de certeza!
Beijinhos de muito sucesso para ele e os meus sinceros parabéns.
Sempre a respeitá-la e a estimá-la.
Com admiração...SEMPRE!

pena

De si jorra só MARAVILHA!
Bem-Haja, amiga!

O Profeta said...

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço


Boa semana



Doce beijo

Nilson Barcelli said...

Como já comentei, deixo-te o desejo de uma semana boa para ti.
Beijo.

ANTONIO DELGADO said...

Olá Menina...Verónica!

que poema mais bonito e sentimental e com agua pelo meio.... Do outro lado do mar envio um beijo num barquinho de papel.
António

Duarte said...

Verónica, PARABÉNS! Bonita apresentação. Do conteúdo nem falo, fui-o conhecendo a fogo lento, como as coisas boas da vida.
Quero um. Sabes quem faz a distribuição? Pode-se comprar fora de Portugal? Senão compro-o este verão quando for para lá, se não se esgota!
Desejo-te os maiores êxitos.

Um forte abraço, meu.

Emanuel Azevedo said...

muito sucesso para o teu livro.
Os meus parabéns! Recebe por favor um forte abraço das ilhas de bruma

RosaMaría said...

Una belleza de texto, el eterno triángulo que todo descompone. Besos dulces

Rafeiro Perfumado said...

Eu desconfio sempre das sereias, nem que não fosse por preferir carne a peixe!

Beijocas!

Carla said...

Passei para voltar a ouvir este teu canto da sereia edeixar-te um beijo

Mário Margaride said...

Querida amigos:

As saudades eram muitas, sentia a falta de escrever, de vos sentir, da vossa amizade. Mas era muito importante para mim este espaço de reflexão, esta paragem.

Muito obrigado, pelo apoio, pelo carinho e compreenção manisfestados, ao longo destes dias de ausência.

Bem hajam!

Beijos e abraços com muita amizade.

Mário

Ácido Cloridrix HCL said...

A sereia procura, procura, terra firme, e não encontra,,, o que não é decerto o teu caso!!! Beijos quimicos, HCL

elvira carvalho said...

Já lá está na sidebar do A mulher e a poesia.
Um abraço

poetaeusou . . . said...

*
nada de novo,
me vou . . .
,
conchinhas
,
*

utopia das palavras said...

Oi Verô

A capa do teu livro está linda! Desejo toda a sorte para ti!

Bonito o teu amor inventado! Será?

Beijinho

Cöllybry said...

O encanto e encantamento das sereias, belo...

Terno beijo


ölhår_Îñðîscrëtö...Å ¢µ®¡ö§¡dädë

Amordemadrugada said...

ola
gostei da capa do teu livro, amiguita
Ke td corra pelo melhor
beijito em tu

Mário Margaride said...

Um lindo texto querida amiga.
Nada é mais importante na vida do que o amor.

Tal como um planta, tem que ser regado continuamente, todos os dias, para se alimentar e crescer...

Tem um excelente fim de semana, com tudo de bom

Beijinhos de ternura e amizade

Mário

PS: estou tão ansioso quanto tu, para que o teu "filho" livro, nasça finalmente.

Muitas felicidades!!

Yussef said...

Pelo visto, a sereia-funkeira será um furacão na vida do pescador.
Ele terá o aprendizado dessa vivência acrescentada à sua própria vida.
Depois do furacão provavelmente ele voltará suas atenções à bela da outro lado do oceano.
Lindo texto.
Abraços

PS.: estive ausente, mas já voltei.

Fragmentos Betty Martins said...

._______minha querida amiga





o maior exito para o teu livro______de coração. muitas felicidades:=)






______________///








beijO______ternO
bFsemana

Ácido Cloridrix HCL said...

Olá!!! Qual a origem do teu “nick” e os mistérios que estão por trás dele??? Diz-nos tudo em http://sexohumorprazer.blogspot.com/ , por curiosidade ou simples “cusquice” gostaríamos de sabe-lo!!! Agradecido antecipadamente pela colaboração, HCL

Cleo said...

Fiquei a imaginar a tristeza da Musa.
Lindo, mágico.
Teu livro está lindo, capa maravilhosa, sucesso prá ti.
Beijos com carinho.
Cleo

poematar said...

Interessante esse dilema da sereia- duvidar dela própria,não saber quais os seus encantos... Bem pensado.

GarçaReal said...

Bela e encatadora esta canção de amor...Uma maneira envolvente de a expor.

Boa semana para ti

Bjgrande do Lago

O Árabe said...

Hoje, apenas para registrar que a capa ficou linda. Sucesso, Menina! Aguardo o novo post.

São said...

Gostei muito da capa de teu livro!
gostei imenso da sereia...

Estoy ocupadíssima, por isso tenho sido pouco assídua a visitar as pessoas que aprecio, mas isso não significa esquecimento, sabes?

Uma excelente semana, Verónica!

João said...

Olá Verónica, é o João.
Eu tive que sair e a empregada fechou o pc que estava em cima da cama...E não li a pergunta.Aparece no msn. Beijos.

Liz / Falando de tudo! said...

SOU EU A SEREIA§
CABELOS LONGOS e ENCANTADORA!
passando pra te desejar uma boa semana!

mixtu said...

a sereia...
o rio...
a outra margem...

um canal imaginário...

cabeleira preta

abrazo europeo de um blog onde não existe "obrigado pela visita"
yayayay

Duarte said...

Estás exausta?
Eu faminto.

Beijo-te

Faria said...

Quem me dera querida, a paz e a tranquilidade da alma e do pensamento...
Mas está difícil!
Por isso a minha ausência, mas estou sempre que possível a “espreitar” pela janela do vosso Blog.
Nem tempo disponível, nem disposição me tem permitido ler a grandeza das mensagens que me oferecem.
Tem estado difícil para os meus lados, com doença complicada de um elemento da família, a complicar e a dar voltas inesperadas à vida.
Tem sido difícil com correrias de visitas, de oferta de calor humano e familiar; de procura de remédios para o que já parece não haver remédio.

Peço-vos desculpa, mas com tempo virei aqui desabrochar outras Primaveras, quando as tempestades se fizerem ao largo e serem esquecidas, ou pelo menos, arrumadas.

Voltarei a seu tempo.
Beijos e abraços com amizade.

José Faria

Nilson Barcelli said...

Querida amiga, já li este seu belíssmo texto umas 3 ou 4 vezes...
Não publica novo post?
Boa semana, beijo.