{b

quinta-feira, 1 de março de 2007

Cena final...

Já não sou mais um peão
neste teu jogo de sedução
saio do tabuleiro
e me vou...

Não tenho falas
pra encenar mais um acto
neste circo onde sou
apenas mais um palhaço
desço do picadeiro
e me vou...

Já não tenho pés
pra desfilar nesta avenida
Recolho os farrapos
do que foi minha fantasia,
guardo a purpurina
e me vou...


Quisera num breve instante acreditar que não foi em vão...

28 Comments:

Gwendolyn said...

Oi, Verônica.

Estou encantada com este seu novo cantinho, as imagens, os poemas, a música.. enfim tudo reflete o bom gosto e beleza que vem do seu ser.
Obrigada também por me visitar e virei aqui mais vezes.

Beijos

Gwen

Secreta said...

Não desistas de lutar e segue de cabeça erquida.
Beijito.

gaybriel said...

Segue caminho, faz como eu...Tb a 16 de janeiro despi a fatiota de palhaço que amigos obrigaram a vestir! Hoje sou uma pessoa melhor!Segue em frente linda!Mais uma vez deixo-me prender nestes teus sentidos! Bj

MARTA said...

Olá, lindo poema - às vezes, temos que partir e recomeçar de novo.
Gostei da apresentação do blog e da música escolhida.
Obrigada pela visita ao meu blog - apareça sempre que quiser.
Amanhã terei um desafio e gostaria muito que participasse.
Beijos e abraços
Marta

Entre linhas... said...

Minha linha amiga,todos nós fazemos de peões nas "favelas" da vida,daí ser por vezes muito íngreme e dolorosa,mas faz parte do nosso cerscimento...

Beijinhos amiga

Zita

Anônimo said...

Ainda bem que existem pessoas como a Menina do Rio.
Entra-se aqui e lemos coisas bonitas, que nos fazem pensar.
Fazem sonhar...
E com imagens lindas, tudo com muito bom gosto.
Assim vale a pena navegar na net.
Tua Amiga do outro lado do Atlântico
já tens o barquinho para atraversarmos o oceano e nos mudarmos?
Abraço.

Menina do Rio said...

Mas será que tu endoideceu de vez, ó Maria? Num sei se rio ou se choro, mas fiquei "puta" da vida com um recadinho podre aqui no meu blog dessas anonimas... detonei!!!!
afff...

Anônimo said...

O que eu quiz e quero é dar-te a maior força para a construção deste blog.
Quem dera a mim ter o mesmo bom gosto, saber construir um blog, nem iso sei quanto mais um tão bem elaborado.
Pode deletar o comentário que coloquei, se o achou mau.Não foi essa a intenção, pelo contrário.
Quanto ao barquinho, eu vou preparar o meu e ir rumo ao mineirinho.
Vc prepare o seu barquinho para conhecer este país maravilhoso que é Portugal.Vai gostar e a nossa história é rica e grandiosa.

Anônimo said...

ti cuida menina!
tu não sabes em que formigueiro
colocas as mãos!

Luisa said...

Tudo o que fazemos na vida tem valor - seja para o bem ou para o mal.
Obrigada pela visita ao meu blog. Também virei aqui mais vezes.

Freyja said...

hermoso poema lleno de nostalgia y ausencia
recuerdos que quedaran en ti, el amor tambien es ausencia
escribes bello
te dejo muchos cariños y un buen fin de semana
gracias por tus saludos en Lagrimas
besitos




besos y sueños

Poemas e Cotidiano said...

Menina do Rio...
Que lindo seu poema! Que lindo seu Blog.
Adorei. O chazinho estava delicioso, viu?
Obrigada por me visitar.
Um beijo
MARY

MARTA said...

Olá, obrigada por participar no meu desafio.
Suspirar é sempre bom, mesmo que, por vezes haja lágrimas...
Até breve.
Beijos e abraços
Marta

carlota said...

Ai amiga, uma pessoa perde se de encanto com os teus poemas, eu simplesmentwe adoro.
Mil jinhos do meu coração e um optimo fim de semana cheio de luz

Sandra said...

E não é fácil sair a meio do jogo...é preciso muita coragem para abandonar o conforto hipócrita e partir... pela verdade!

A maioria acomoda-se e vê a vida passar-lhe à frente como se de um filme se tratasse, esquecendo que eles é que são os realizadores.

Beijinho

rui said...

Olá Menina do Rio,

Adorei ler estes rabiscos e devaneios :)))

O texto poetico está lindo!
Nota-se profundidade, porque é muito sentido, estás cheia de sensibilidade.

Que tenhas um lindo fim-de-semana

O Sibarita said...

Olá Dona Menina! Hum saiu do tabuleiro e partiu... demais!

Oi já desci do trio sim, a poesia Rumor não fala do carnaval não, viu? kkk

Ô Menina retada meu Deus!

bjs.
O Sibarita

Jose said...

Não vás não fujas, o jogo precisa de ti como tu sempres vais precisar do jogo.
Sedução, desejos. essência da vida.

Um beijo de menino do Porto Portugal.


José

Gaybriel said...

Passo por aqui para te deixar o meu beijinho e os votos de um excelente final de semana! Gaybriel

Anônimo said...

Oi Menina,
Passei por aqui e fico muito contente por aquilo que vejo...leio :-)
O seu blog é dos mais bonitos e suaves que visito e traz paz para quem o visita.
Abraço deste lado do Atlântico.

Beto said...

Não vais postar aquilo, ou vais...
Hoje meu beijo foi suave como o pensamento
para não acordar-te de teus sonhos.
Deixo o café na mesa...

Carlos said...

Por vezes se faz necessário deixar a mesa e descansar, pois o jogo continua. Quanto á fantasia sempre haverão outros carnavais.
Cá voltarei

beijinhos

Luiz said...

Estava a ver suas peças, são lindissimas e de muito bom gosto, incluindo a modelo, rs...sou brasileiro morando em portugal e tenho uma lojinha onde vendo um pouco de tudo. Meu contato é luiz_sobrinho@netcabo.pt, caso queiras me mande um folder

bjokas mil

_estrelinha_ said...

ola desde ja kero te agradecer a visita no meu huminde cantinho e espero k voltes. kero te parabenizar pelo teu a imagem é bela. e as palavras o preenchem. beijinhos voltarei...

Jofre Alves said...

Poema feito por quem tem grande sensibilidade poética intensa e imensa, que se lê com agrado. Bom fim-de-semana.

Narcisus said...

Olá!

Desculpa a sinceridade mas identifiquei-me com o que li. Hoje estou assim...

ALF O Extasiado said...

é de fato um lindo poema, tem sensibilidade admirável nas palavras. Me encantei.

Andei lendo uns textos anteriores e percebi que tens talento nato para tocar noss corações.
:)

adorei aqui.

beijos

C Valente said...

Lutar é preciso, sempre (contra todas as adversidades)
Saudações amigas