{b

sábado, 10 de março de 2007

Não há mais verdades...

Minto a mim mesma
ao dizer
que não reconheço tua voz
nem a cor de teus olhos
Que as palavras antes ditas
se foram, espalhadas ao vento
Que teu sorriso perdeu-se
por ai
Esses anos de intenso amor
eram quimeras
Sonhos
que as manhãs dissipavam...

Minto a ti
ao dizer que nem sei mais o teu nome
Outros nomes ocuparam-me a mente
Mergulhei em outros olhos claros
e naufraguei em outras bocas
E que rasguei teus retratos,
apaguei teus escritos
para não pensar mais...
E pouco me importa
que te role uma lágrima
pois não chorarei
mais por ti

Minto a ti
Que a paixão era
uma fantasia
Só queria provar a mim mesma
que podia ter-te
como um brinquedo novo
até que viesse
o próximo Natal...
Depois
te colocaria numa caixa
junto a tantos outros
para doá-los

a quem nunca teve
um brinquedo

Minto-me
que sou feliz
E rio de mim mesma
como uma hiena
faminta...
Não há mais verdades...



46 Comments:

lu@r said...

Perdi-me no meio das tuas palavras...sentimento contagiante que me deixou triste mas ao mesmo emocionado.

Adorei te ler
Beijo doce em ti

lu@r said...

*Tempo

:)

david santos said...

Olá!
Belissimo!
Bom fim-de-semana

MARTA said...

Ás vezes, temos medo do que sentimos e é por isso que mentimos a nós próprios...Não o devemos fazer - essa é a verdade!!!
Gostei muito do teu poema.
Até já
Marta

Maresi@ said...

Adorei tua passagem pelo meu recanto e teu amavel comentario..

teu blog esta lindo, com um belo template e uma musica invejavel.

Teus textos são lindos...sinceros...naturais..

Ainda bem ke me descobriste..pude seguir teu rasto...

Beijo suave___maresi@

Beezzblogger said...

Olha que lindo poema, gostei do teu blog, voltarei aqui, fica bem e bom fim de semana...

Abraços do beezz

Luisa said...

Tantas e tantas vezes mentimos a nós próprios para fingirmos que não sofremos...mas a verdade dos sentimentos vem sempre ao de cima.

Moon Girl said...

Olá! Lindo o teu poema e escrito com muito sentimento, como lindo o teu blog desde o template, imagens, poemas, etc. Parabéns pela tua criatividade. Obrigada pela visita ao meu cantinho. És e serás sempre muito bem-vinda.
Beijinhos

Leandro Nascimento said...

Cada dia que passa está bem melhor seus pensamentos... Bjos

Alisson da Hora said...

belos versos...

abraços

a.h.

Maria João said...

Vc não pára de me surpreender...
Que poema lindo, com tanto sentimento...
Acabo ficando viciada em visitar teu blog, pois sempre que aqui venho encontro algo lindo para ler.
Fiquei sem palavras...e nem preciso dizer mais nada.
Um abraço.

Afonso said...

Olá.

Obrigado pela visita.
Muito bom mesmo. Gostei!

Até breve . . .

Reynaldo Aguiar said...

Tem momentos que precisamos mentir a nós mesmos pra enganar o coração quendo ele insiste em vadiar por sitios improdutivos.

Tua poesia é linda e cheia de sentimentos, assim como este cantinho neste belo por de sol!

Jinhos e voltarei

Um louco said...

pouco me importa que te role uma lágrima pois já me rolaram rios delas por ti...

Lindo! Escreves com alma, sentimentalismo. Pois que teu pranto seque a a felicidade abrace o teu olhar

Zé Carlos said...

Xiiii Menina do Rio, se for só aquilo que colocou no meu Blog, vc faz um mau uso do seu Homem....
Vou lhe mandar um Manual de Instruções.... com poucas lições vc aprende. rsrsrsr
Bjs do ZC

Julio said...

Que delicia andar por aqui neste cantinho, contemplar um belo por de sol nesta praia e uma mulher tão cheia de encantos e sentimentos

Adorei, adorei!!!!!

Boa noite linda menina

Henrique said...

Dou-te uma rosa
por teu sorriso
espero-te na porta
caminhemos pois
o amor
está a nossa frente
na magia do próximo encontro...

Um beijo pra vc

PoesiaMGD said...

Quanta mentira só para não olhar a verdade de frente! Porque ela dói!
Um beijo

mixtu said...

verdades, mentiras, palavras, sentimentos...

poesia...

beijinhos

DE-PROPOSITO said...

'Minto a mim mesma'.
.........
Quantas vezes não mentimos a nós próprios? é uma necessidade que sentimos de ser enganados, e acreditar que somos felizes.
Fica bem.
Um beijinho para ti.
Manuel

ALF O Extasiado said...

eu minto em te dizer que não gostei do texto, porque adorei.
:)

ótimas mentiras hehe

beijos

Jofre Alves said...

Vim timidamente espreitar, e fiquei, como imagina, logo satisfeito pelo que vejo e revejo, está tudo conforme os mandamentos do mais fino gosto e qualidade, como manda “a lei”. Quem sabe fazer blogues assim está de parabéns. Óptimo fim-de-semana.

Charlie said...

Que força tremenda....
Sinto no rosto a força do mar a despedaçar-se e desfazendo rochedos.
Que importância tem uma gota a mais ou a menos quando o teu rio já se diluiu na longura e imensidão?

Farinho said...

Minto amim mesma, dizer que não gostei deste poema lindissimo.

Adorei


Beijocas

O Sibarita said...

Oi Menina! É isso... ao poeta toda sensibilidade aflorada nos meandros do coração!

Obrigado pelas palavras no nosso blogue, volte sempre... o sol da Bahia lhe espera!

bjs.
O Sibarita

Maria Clarinda said...

Maravilha, menina do Rio.
Obrigada pelo comentário no dia Internacional da Mulher,só hoje consegui responder. Jocas gordas.

Sandra said...

Adoro vir cá...e não estou a mentir!!

Beijinho

Sonhos e Devaneios said...

Muito bonito este poema, vou começar muito bem a semana assim. muito inspirado
beijos joao

Joshua said...

Minto ao dizer
que não reconheço tua voz
nem a cor de teus olhos
Que as palavras antes ditas
se foram, espalhadas ao vento
Que teu sorriso perdeu-se
por ai

minto...
se disser que não gostei, pois adorei...

Renato said...

Tantas vezes mentimos a nós mesmos na esperança de enganar o coração.
Mas a dor é pungente e não tem como mentir a ela...

Lindo poema, expressa uma desilusão.

beijinhos de cá

João said...

Olá, vim deixar um beijinho neste sorriso de menina

Anônimo said...

então vc tem um poema feito pelo Tó? mas quem te disse que foi feito pra vc, ele escreve pra tantas....morar no rio não te dá direito de se apossar do poema como se fosse seu, acho que ele vai gostar de saber disso kkkkkkkkk........ve se se enxerga que de menina vc não tem nada...kkkkkkkkk.........

Anônimo said...

morar no rio? kkkkkkkkk..........deves morar sim mas la´nas quebradas longe da praia e fica ai se exibindo como se fosse uma menina metida a carioca. Vê se não aparece mais por lá "menina velha do rio" .......

Maresia said...

Menina do Rio
Adorei a mensagem pelo Dia Internacional da Mulher, é muito linda. Não estava ascedendo ao teu blogs por estes dias e não pode comentar.

Há verdades que tentamos esconder me mentiras que nos dão alento

jokinhas

Freyja said...

muchas veces nos mentimos a nosotros mismos
hermoso poema
un abrazo y una linda semana
besitos


besos y sueños

Zé Carlos said...

Olá garota,vim lhe convidar novamente para um passeio lá em casa.
Agoras são assuntos sérios....

Beijão do Zé Carlos

carlota said...

Olá minha querida amiga V., mais um poema, mais um pensamento, e eu simplesmente adorei

amiga, desejo te um optima semana cheia de luz

mil jinhos

Moura ao Luar said...

Beijo com muita vida

Afonso said...

Boa semana

Leandro Nascimento said...

Passei para deixar um forte abrço.......

António Melenas said...

Há um proverbio que diz "com a verdade me enganas". Este poema significa o inverso que poderá significar: a mentir, te revelas
è um belo poema.è uma outra forma de dizer amor
Um beijo

lua said...

Gostei muito o blog esta super giro e divertido ;)

da uma vista de olhos no meu

http://espirito-da-lua.blogspot.com

Bj Lua

Veronica said...

Algumas pessoas estão tendo dificuldade pra postar comentários aqui. Não sei o que há pq o blog é público, por isso entrei pra fazer o teste...

Narcisus said...

E porque mentes a ti mesma?
O amor não merece dessas coisas.

Gostei imenso do teu poema.

Navi Leinad said...

A beleza desse poema é quase inacreditável! Parabéns!

Meninuh Kikuh said...

Poema lindissimo...
Beijinho