{b

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Amiúde


De par em par, abro as janelas
dos sonhos de minh'alma menina
contemplo no jardim, a flor mais bela
e guardo suas cores na retina

De passo em passo, abro meus braços
e vou colhendo amigos e sorrisos
em gestos de ternura crio laços
Viver é isso. E é disso que preciso

De letra em letra, verso em verso
mesmo que me perca em alguns reversos
faço poesia, conto a minha história

De gota em gota, meu olhar deságua
por muitas lembranças e algumas mágoas
de amores guardados na memória

Menina do Rio®

80 Comments:

Carla said...

os verdadeiros amores têm lugar cativo na nossa memória

dizer-te também do meu livro...In-finitos sentires que vão ser desenhados em papel. O lançamento é no próximo dia 27 de Junho, às 16 horas na Biblioteca de Valongo (Porto)
beijo

FERNANDA & POEMAS said...

QUERIDA VERÓNICA, SUBLIME SONETO MINHA AMIGA... ADOREIIIIIIIIIIII.
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Dri Viaro said...

Muito lindo
bjs

Amordemadrugada said...

lindo poema e linda a musica no teu blogue amiga
Espero ke estejas bem
Besito em tu

Doncel said...
Este comentário foi removido pelo autor.
Doncel said...

de par en par está abierta esta colina, para recibir amigas como tu.

paso a paso, llego a tu blog en esta tarde de Junio.

letra a letra esribo este comentario para ti.

y gota a gota de agua, voy saciando mi sed de poesía, con tus versos.

MENINA.
Besos

manuel marques said...

Lindo *****


Um beijo querida amiga.

Vieira Calado said...

Bem escrito, este seu soneto!

Beijinhosss

Nilson Barcelli said...

Não tenhas a menor dúvida, com a poesia também se ganham amigos e sorrisos.
Muitos deles bem sinceros, por sinal.
O teu soneto é belíssimo querida amiga. Gostei imenso.
Beijo.

Ana Martins said...

Depois desta ausência, um soneto de encantar!

P A R A B É N S!!!!

Beijinhos,
Ana Martins

Agulheta said...

O amor tem sempre um lugar no profundo da alma,mesmo ele sendo ausente.
Beijinho e tudo de bom.

MARTHA THORMAN VON MADERS said...

Amores são assim...para sempre.
Lindo poema.
Bom final de semana para você amiga.
beijossssssssssss

Multiolhares said...

Entraste no teu melhor, está muito lindo

Namastê

Fernando Santos (Chana) said...

Olá, belo soneto...Espectacular....
Beijos

Duarte said...

Necessitava dos teus sonetos... que bom...!!!

Essa memória traiçoeira...

Gosto

Abraço-te na satisfação

Izinha said...

Oi amiga,

de palavra em palavra vc planta o carinho pelos amigos.

bjos!

Pico minha ilha said...

De volta de pois de 4 semanas nas vésperas para o espírito santo.Ja tinha passado aqui hoje mas fiquei bloqueada ao publicar o comentário.
Gostei deste soneto.Beijinhos e sucesso para o livro, não importa se foi adiado, importa sim acontecer.

Pena said...

Oh, Linda Amiga:
De gota em gota VOCÊ maravilha. Encanta.
Uma introspecção profunda do seu carácter fabuloso e admirável.
Ainda estou incrédulo e boquiaberto pela fabulosa magia que os seus versos expressam. Lindos!
VOCÊ possui uma sensibilidade e um sentir muito seu, de uma pessoa com um carácter de pessoa de bem.
MUITO OBRIGADO pela amizade!
Beijinhos agradecidos de muito respeito e estima pela sua gigante significação de ouro puro para todos nós.

Pena

Bem-Haja, amiguinha doce.
Se puder votar vote, ficaria feliz!
Desde já o meu sincero agradecimento comovido e sensibilizado pela sua grandeza do seu ser e sentir.
Perfeito!


Linda...!

Vicktor said...

Querida Verônica

Excelente soneto de profunda sensibilidade. Sempre nos encantas com o teu poetar.

Não sei novidades sobre o teu livro...

Beijinhso.

JC said...

Como é bom abrirmos a janela e deixarmos sair os nossos sonhos. Alguns que idealizáms ainda meninos, outrs já bem adultos. Deixá-los sair para que se possam realizar. Senão todos pelo menos alguns. Seremos de certeza mais felizes com essa realização.
Beiinhos

Serenidade said...

E é tão bom sonhar e... melhor ainda colocar os sonhos em prática, só assim há evolução :)

Serenos sorrisos

Naty e Carlos said...

Olá é sempre com gosto que te visito pois adoro ler o que escreves.bom fim de semana
bjs naty e carlos

utopia das palavras said...

A poesia tem a magia, de nos amarmos nas palavras.

Um soneto do espelho que és tu!

Beijo, Verô

adenilson said...

ééé.
achei meio digamos..
triste..
cheio d ressentimentos esse texto
mas sem deixar d ser sublime ...
e maravilhosos como sempre.....

abraço menina
ótimo feriado e
tá convidada a ver as insanidades novas do blog meu.

lilás said...

Gosto de janelas abertas...e gosto também de as abrir...
Lindo, bjs

Eduardo Aleixo said...

Gostei do seu poema.
Mas há que lavar(mos) as mágoas.
Gostei da sua visita. Que retribuo, com prazer.

Carminda Pinho said...

Um soneto muito bonito.

Beijo, Verónica.

Léo said...

Guardo em minha memória apenas o meu primeiro amor já esquecido e varrido de meus desejos de consumação. Apenas me lembro.

Direto do Rio.
Beijos moça.

Everson Russo said...

Um otimo dia dos namorados pra ti querida, muitos beijos na alma e um lindo final de semana...

Nuno de Sousa said...

Um memória cheia de amores.. isso é bom.
Mais um belo momento em poesia.
Já reparei que seu livro só para o final do mês... estou desejoso de saber do sucesso que vai ser :-)
Bjs enormes em ti e força miuda.
Nuno

elvira carvalho said...

Lindo o soneto.
Amiga, já está à venda o seu livro?
Não era para sair em Maio?
Dê notícias.
Um abraço e bom fim de semana

Mário Margaride said...

Querida amiga

Está a ser um "parto" difícil este teu livro, mas vais ver, que nascerá um belo e saudável "filho".

Mais um lindo poema, Verónica.

Um beijinho grande. E uma excelente fim de semana!

Mário

rosa dourada/ondina azul said...

Que bom, é ler-te!!!


Bom fim-de-semana,
Beijinho,

A.S. said...

OLá!!!

Quando abres as janelas de par em par, vislumbras todos os horizontes, vences todos os oceanos, vais além do infinito!...


Ternos beijos... SAUDADES!!!
AL

sofialisboa said...

são tantos os comentarios que nem sei se me verás, são sempre boas de ler as tuas palavras, bjs meus sofia

Mustafa Şenalp said...

Çok güzel site. :)

Duarte said...

Tenho que ler algo escrito por ti AMIÚDE, por isso volto, pelo menos até que tenha o teu livro.

Um grande abraço

Luma said...

Que bom acessar o blogue e encontrar boas notícias!! Me avise quando o livro sair! Abril foi negro para muitas pessoas e depois que li o poema passei a associar. Não foi auto sugestão não, constatação mesmo! (rs*) Beijus

Sonia Schmorantz said...

Amigos são poemas…
Os verdadeiros amigos são a poesia da vida.
Eles enchem nossos dias de cores, rimas e risos,
nos seguram a mão quando caminhar parece difícil.
Mostram que mesmo em dias nublados o sol está no mesmo lugar,
e nos ensinam que a chuva pode ser uma canção de ninar
nas noites solitárias e vazias.

Um abraço em mais este final de semana, que tudo lhe
Seja bom...

zezinho said...

Lindo!!!De palavra a palavra.Sua ternura,sua beleza de alma,adorei!Mas todos nos temos amores passados e com o tempo apagados pois o passado e passado.Nao consigo conciliar amores passados ao presente somente o familiar pois somente esse e verdadeiro.Um beijo,um abraço...

João said...

Verónica, então como ficou resolvido aquele assunto? - aparece no msn. Beijos.
Mais um poema de auto-satisfação , o que é sempre gratificante para a a alma futura.
João.

Rafeiro Perfumado said...

E aquelas janelas que têm só uma porta como é que as consegues abrir de par em par?

Beijoca!

Menina do Rio said...

Ora Rafeiro, pior se fossem aqueles tipos de janelas basculante (como as de banheiro) ou com grades de ferro em volta.
pois, pois...

Ana said...

Um maravilhoso soneto que me fez passar aqui um extraordinário momento.
Adorei!!!

Um grande e terno beijinho de amizade,
Ana Paula

M. Nilza said...

Oi menina!

A forma como vc escolhei para ser conhecida e chamada tem muito a ver com vc, sua personalidade e doçura.

Seu poema é algo claro e tão lindo e sincero. Obrigada pela visita e senti sim sua falta!!

beijos e boa semana

mixtu said...

de par em par
de passo em passo
de letra em letra
de gota em gota

se deve viver a vida
deixar correr este rio
até ao mar...

abrazo europeo

poetaeusou . . . said...

*
amiude
de par em par,
aqui mergulho,
nadando,
com os teus belos poemas.
.
conchinhas, deixo,
,
*

Colibri said...

Olá Menina,

A vida é isso... repleta de experiências e emoções.

Restam a memória, a saúde do nosso espírito e os contributos deixados ao longo do percurso para que os outros que tocámos fiquem melhor...

Beijinhos

Colibri
--
Se você suporta emoções fortes, ouça o testemunho de vida deste homem que, no passado, cometeu todo o tipo de crimes e barbaridades e, hoje, é um ungido de Deus, devido à sua extraordinária transformação por Jesus Cristo. Segure-se bem e ouça... Depois não diga que não avisei… :-)

Testemunho fortísssimo do Ex-Bruxo Tio Chico...

~PakKaramu~ said...

Pak karamu reading your blog

jotabloguer said...

OLá Verónica: Eu também abro de par em par as minhas janelas para que possa ver as minhas cumplicidades...porque faría o contrário? Nem a luz consegue passar portas e janelas fechadas! Há mais risco nas portas e janelas abertas mas compensam largamente...
Bju!
Jorge madureira

Fragmentos Betty Martins said...

._________querida Verónica




.cada "amor" terá em nós "aquele" lugar especial________sempre!





minha amiga_____um carinho muito "especial" para ti:=)





______________///






beij0_____tern0
bSemana

Mário Margaride said...

Querida amiga

Não tarda a tens o teu "filho", tem um pouco de paciência...

Beijinhos e uma boa semana!

Mário

Secreta said...

Excelente este teu poema. Tocante.
Beijito.

CátiaSofia said...

Todos nós temos que de vez em quando abrir as janelas dos sonhos, para não fazer desta vida mazuda, e ao mesmo tempo que andamos para a frente damos de caras com amigos novos, amores, amigos e alegrias, em cada letra e verso transpomos o que nos vai na alma e por vezes soltamos lágrimas mas de alegria.
Amei o texto.



E, todas as palvras, os versos de apoio, os altos e baixos que por si foram apoiados, um muito obrigado, também gosto muito de si, beijo grande_

Sol da meia noite said...

Janelas que se abrem para o tempo das lembranças...

Um beijinho, minha amiga *

rouxinol de Bernardim said...

olá menina do rio:

A classe e a sensibilidade de sempre! adorei voltar!

Que o sol brilhe na sua alma para sempre!

Mário Rodrigues said...

Lindo. Adorei.
Embora tenha algo a dizer contra as memórias , nao vou dizê-lo agora.

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

tibeu said...

Adori este teu soneto, fiquei maravilhada. Obrigada por nos dares esta oportunidade de ler. bj gr

Nilson Barcelli said...

Passei de novo para ver as novidades. Mas não há...
Querida amiga, tenha um excelente resto de semana.
Beijo.

Adenilson Maciel said...

é como dizem..
de pokinho em pokinho se chega lá.
adorei mais um texto impecável..

aliás mudei de endereço.
sai do spaceblog e migrei pro blogspot..
to tentando pegar alguns posts do bagageiro pra por no blogger mas vamos v q q dá..
o novo endereço ?

www.bocadekabide.blogspot.com

espero você lá
abraço e vivaaaaaa
[antes tarde q nunk]
kkkkkkkk

Zeze said...

Olá Amiga

A Capa está Lindaaaa!

Agora é preciso é vender bastante!!
Lindo Poema como é habitual!
Beijoka

poematar said...

De facto, de pouco mais precisamos do que aquilo que dizes nesta tua quadra "De passo em passo, abro meus braços
e vou colhendo amigos e sorrisos
em gestos de ternura crio laços
Viver é isso. E é disso que preciso". Um beijo

elvira carvalho said...

Passei. Já li a informação. Deixo um abraço

Dilean de Bragança said...

"De gota em gota, meu olhar deságua
por muitas lembranças e algumas mágoas
de amores guardados na memória"

Amiúde...LINDO!!!

Querida amiga...
Cá estou depois de uma longa hibernagem.
Cheia de saudades e feliz em poder desfrutar de suas maviosas palavras.
Estou tentando me adequar as novidades, aprendendo, DESCOBRINDO!!
Vou te seguir sempre e agora mais que nunca.
Meu carinho e afeto sempre.
Bjus apertados.

O Sibarita said...

É, de passo em passo a gente deságua nessa poesia porreta, né não?

A criatura tá que tá, demais! kkkkk

Bjs
ZéCorró
(Substituindo O Sibarita, ainda tomo esse blog dele, quer ver repare! kkk)

Dilean de Bragança said...

Obgda menina pelo retorno, isso é muito bom!
Como fiquei afastada, estou aprendendo as novidades. Não sei ainda como ser seguida...rs...Pode deixar que descobrirei. Uma coisa boa já sei...seguir!!! rs
Uma noite de paz querida.
Bjus na alma.

Dilean de Bragança said...

Boa noite amiga.
Obgda pelo carinho!
Agora já posso ser seguida! rs

Bjus de novo.

Dilean de Bragança said...

A primeira seguidora a gente nunca esqueçe....rsrs

Agradeço a consideração e o carinho de sua cia.

Conte sempre comigo amiga-menina!

~*Rebeca e Jota Cê *~ said...

Menina do Rio,

Essa sensibilidade é tão cheia de vida, que sua retina transmite a luz dessa poesia.

Um beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

Philip Rangel said...

Esses sao eternos em nossa memoria..nao podendo esquecimento...


saudades de vc....
minha correria aqui..e vc AI ESCRITORA FAMOSA....
gostei da capa do livro..

bjao

neo-orkuteiro said...

Já estava com saudades de vir aos seus Momentos de Vida, Menina.
Muito bons versos, estes. As coisas se fazem mesmo aos poucos, passo a passo. Assim é. As pedras de qualquer grande muralha são assentadaas sempre uma por uma. O resultadol se vê, por vezes até da lua, ao que dizem.
Continue então este merecido sucesso na blogosfera. Dá gosto de se ver.
Beijos

mundo azul said...

________________________________

...muito lindo o seu soneto, Veronica!

Gosto muito da sua escrita...

Beijos de luz e o meu carinho!!!

___________________________________

Papoila said...

Querida Verónica:
Muito bonita a capa do livro!
O poema lindíssimo.
Beijos

Goldfinger said...

Olá Verónica


A capa do seu livro é muito bem conseguida.

Estou longe de Vila Nova de Gaia mas o que importa é que algo de si se apresente por este cantinho à beira mar plantado.

Desejo-lhe um óptimo fim de semana.

Saudades

António

O Sibarita said...

Amiúde vos digo que virei jornalista! kkkkkkkkkkkkkkkk

bjs
ZéCorro

mixtu said...

de palavra em palavra
de clique em clique
de imagem em imagem...

amigos e sorrisos...

repetindo apenas as palavras e os gestos que valem a pena...

abrazo serrano

Antonio saramago said...

TU precisas é ter sorte ao amor...
Eu vou estar atento ao livro

adenilson said...

ficou linda a capa do seu livro
xD~
sucessaço..
o/
[existe essa palvra!?!?]

me dá desconto ??
XD~

é isso...
ótima sexta [de luto por michael jackson]
aah como sempre tá convidad a vortá nu atualizado e famigerado:

www.bocadekabide.blogspot.com


aaah é q eu tenho problema de atualidade crônica...

ai dou nisso...[dar no bom sentido..ops no sentido virtual xD~]

abraço.


ps.: eu tirei as datas mesmo neh ?
vou quebrar seu galho viow menininha?
kkkkkk

Anônimo said...

Amada venho nessa dia pedir para que leia a postagem do blog ,talvez me afaste por uns dias .Um abençoado final de semana .Fica com Deus
www.fonte-amor.zip.net

mundo azul said...

__________________________________


...sim! Formamos uma imensa teia, por isso, devemos sempre dar apoio e segurança a todos que nos cercam...O menos tremor, abala a todos!


Muito lindo o seu poema!


Beijos no coração...

_______________________________