{b

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Texto meramento reflectivo

O homem inventou as armas e fomentou as guerras.
Descobriu o fogo e devastou florestas, avançou,
abriu caminhos, dizimou os nativos, desviou
cursos de rios, poluiu, explorou o solo com sondas
gigantescas, sugou a Mãe Natureza até a última gota!
Ela agora, do alto de sua magnitude reclama o que
lhes é de direito. E o faz com ferocidade; a mesma
com a qual foi devassada a ferro e fogo!
O resultado é o que estamos vendo.
Eu lamento pelas vidas ceifadas nas enchentes,nos
maremotos, nos terremotos, mas a Natureza está
tentando manter o equíbrio ecológico na base da
porrada. Porrada que joga pela ribanceira familias
inteiras, sonhos, esperanças de todas as idades!
Cada casa que desaba é um sôco na nossa
consciência. Ou deveria ser...

(Menina do Rio)

Fotos: http://blogamos.com/imagens/11.jpg













30 Comments:

SAM said...

Vê,

primeiro expresso o meu contentamento pelo seu retorno ao blog e o meu agradecimento por mais uma postagem sua. Pela quase necessidade que sinto de ler não só os seus belos poemas, mas das suas lúcidas avaliações escritas e para uma reflexão a bem de todos neste texto duro, mas verdadeiro. Com pesar, sinto o peso deste sôco e consternada por tudo, todos e tantos, lamento profundamente.Obrigada.


•Já ia te telefonar ....

Beijos, querida amiga.

Kotta1947 said...

Com tristeza vejo as verdadeiras desgraças que vão por esse Mundo fora famílias inteiras são devastadas crianças que ficam sem família numa orfandade que faz doer.Porquê meu Deus. Será que o homem não tem inteligência para ver que está a cavar a sua propria cova?Não podemos ser felizes se fecharmos os olhos às desgraças dos outros.Bjo amiga.

José said...

É com muita tristeza que vejo essa desgraça que se abateu sobre o Rio.
Muita dessas pessoas que morreram por causa da chuva e da lama,se calhar,não têm nada a ver com os atentados que o homem inflige há natureza.
São sempre os mais pobres que ficam nessas zonas de maior risco, e os mais pobres, nem lixo eles fazem, porque nunca sobra nada!

Um beijo.
José.

manuel marques said...

O meu abraço solidário.


Beijo querida amiga.

Lilá(s) said...

A NATUREZA ESTÁ ZANGADA...
um beijo

Agulheta said...

Querida amiga! Este lado é mais palavras,e gosto da forma com que escreves,texto a reflectir e pensar.Se das armas fizessem o pão e o trabalho,mas muitas vezes convém que assim seja,para fumentar os bolsos dos poderosos.
Beijinho e tudo de bom,tinha saudades de aqui vir.Lisa
BFS

Alvaro Oliveira said...

Olá Menina do Rio

Quantas saudades!

Mas minha ausência ainda irá fazer-se sentir por mais algum tempinho, que espero seja muito curto.
Pois minha cirurgia aos olhos está mesmo para muito breve.

Um lindo texto, na verdade muito reflectivo. O homem tudo fez em prejuízo da Natureza, em beneficio de monopolistas.
Agora a Natureza se encarrega de
causar tantos danos,e quem sofre é
sempre quem não teve intervenção directa na destruição da própria Natureza.

Um bom Domingo para si.

Beijos

Alvaro

LIV said...

olá menina do rio...muito bom seus textos.gosto dessa reflexão,é necessari nos tempos de tanta bobagem e superficialidade.Viramos bobos na mao da mídia...entao,abrimos blogs na esperança de encontrar algo que valha apena ler e vistar...eis que te encontro.grata surpresa.Abraço.

*Carol Porne* said...

Quantos tapas na cara a Terra ainda precisará dar na humanidade para que acordemos?

Texto lindo, Menina!

Bom domingo!

RicBrSp said...

Esta não é só sua opinião, mas é oque os orgãos de comunicação tentam explicar os motivos de tantas tragédias.
Já não penso do mesma forma, até por obsrvar atentamente especialistas em clima tentando explicar as causas de tanta devastação.
O planeta sempre passou por coisas assim, o clima nunca foi estável, o regime de chuvas muda de ano p/ ano. No passado já ouve chuvas intensas, que alagou tudo, mas haviam poucas pessoas p/ testemunhar, os estragos mínimos comparando com hoje em dia.
Infelizmente o homem não tem este poder todo de mudar assim o clima do planeta como tentam atribuir a culpa no desenvolvimento humano, que pode sim contribuir p/ q as forças da natureza provoque mais estragos.
Quando alaga aki em sampa a imprensa cai de pau no prefeito, como se ele fosse o culpado, como vemos na TV o Datena meter o pau, como se o prefeito fosse o autor da chuva. Não é bem por ai, no meu ponto de vista.
A natureza não está se vingando de nada, nem de ninguém, ela só está seguindo seu rumo normal. Da mesma sorte o aquecimento globa, que chegaram ao cúmulo de atribuir ao pum da vaca, q produz gás metano. Já houveram vários períodos glaciais, bem como de super aquecimento do planeta, é o ciclo norma da natureza, ela sempre foi assim, antes de haver a raça humana sobre ele.

Ana Paula said...

É verdade querida amiga a Natureza anda muito "zangada" nestes ultimos tempos. Tem havido catástrofes que vitimaram milhares de pessoas em todo o Mundo.
Adorei esta tua pertinente reflexão, onde realças os factores que originam estas calamidades.

Beijinhos repletos de carinho,
Ana Paula

Lucas said...

Gostei do seu texto, mas creio que deva ser feita uma ratificação no mesmo. A natureza não está mantendo o equilíbrio ecológico na base da porrada. Está apenas corrigindo o erro de ter deixado que os macaquinhos pelados se desenvolvessem demais. Agora ela está escancarando seus esforços no sentido de nos apagar do mapa. Afinal, ela já suportou nossos abusos por tempo demais, não acham? Aproveitem suas vidas, porque nossa espécie está indo pro saco, e a natureza vai sobreviver a nós, não sei como ou em qual forma, porque "nosso" planeta sempre se adapta à condições adversas.

Helena Paixão said...

Pois é amiga, está coberta de razão. A cada semana ocorre mais uma catástrofe natural em algum ponto do mundo. A Mãe Gaia está a reclamar das feridas incutidas pelo Homem. Pena é que a maioria da humanidade seja cega, surda e muda relativamente a esta questão.

Beijos

Fernando Santos (Chana) said...

Olá, o meu abraço solidário....

Hermínia Nadais said...

Tanta realidade!...
Abraço!

Maria Clarinda said...

Pois...
Assim é o bicho homem desrespeitando a Mãe natureza. Estou contigo amiga

Meg said...

Quem bom te saber de volta, Verónica!
E quão dramática e triste esta reflexão.
Oportuna, gritante, clamando pelo retorno a um viver menos agressivo para o nosso planeta.

Agora só espero que continues a fazer-nos companhia. Sempre.

Um beijo

~*Rebeca e Jota Cê*~ said...

Curto demais propaganda, principalmente se existir criatividade na hora de encantar com amor. Essa além de maravilhosa é envolvente...

Assista com amor, espero que goste:

http://www.youtube.com/watch?v=ensckApupW0&feature=player_embedded

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Eu, sem clone said...

Como vai, querida? nunca mais eu tinha vindo aqui no seu cantinho. Sobre a destruição causada pelo homem, veja so: essa insistência sobre a construção da usina no Xingu. vão destruir mais ainda. estou torcendo que não, afinal ja existe tanta destuição da floresta, vc não acha? bj, amiga.

Secreta said...

O Homem inventou o bem e o mal. Mas, a maior parte das vezes faz mais uso do mal...
Beijito.

MEU DOCE AMOR said...

Pois é menina.Esquecemo-nos que a natureza vê,sente e ouve...silenciosamente.depois é tanta a troça que Ela farta-se,satura e lá acontecem as desgraças.Horrível!

Beijinho doce esperando a tua visita no Sonhar

Bom fim de semana:)

SMM said...

Muito bom o teu texto"! Se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com

Duarte said...

São os signos da evolução... criada para facilitar-nos a vida e para destruir-nos...

Uma excelente exposição duma situação candente. Adorei.

Abraços de vida

Poemas e Cotidiano said...

Muito verdadeiro minha amiga. Infelizmente. Belo texto.
Beijos carinhosos
Mary

Mustafa Şenalp said...

Çok güzel site. :)

Lilá(s) said...

Olá Menina, passei para deixar um beijinho

Ana said...

Princesa do Rio já tenho saudades dos teus poemas.

Vim também deixar-te um grande beijinho,

Ana Paula

Zeze said...

Olá Amiga

Onde andará Você? espero que esteva tu Bem com Voçê!!

Beijoka

vanderlei said...

Olá parabens pelo blogo excelente, postagens lindas e fundamentais como essa reflexiva linda demais, amei de coração seu blog e voltarei sempre com certeza, bjs no coração e afagos na alma, desse novo amigo.
Vanderlei

RN said...

Nada mais verdade...
Gostei***