{b

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Eternidade

Havia um tempo em que tu eras o todo em fragmentos
espalhados desordenadamente pelo sôpro do vento que
me habita. Nada era mais sublime e doce que a tua
imagem na parede espelhada para minh'alma e de onde
eu te olhava onde quer que eu estivesse.
E nos recantos da minha memória entre o ontem e o
agora, eu ainda te vejo, mesmo sabendo que já lá não
estás e que o sôpro que havia outrora dispersou-se
como nevoa de um outono sobre folhas secas caídas na
calçada.
Trago em mim, ainda, o gosto do vinho em tua boca e
o cheiro adocicado das baforadas do teu cigarro e
ainda vejo a fumaça em círculo desmanchando-se no ar,
mas sei que tu já não és e eu também não sou, porque
o que fomos perdeu-se de nós naquela tarde em que
partistes.
Há uma dor que ainda dói, um poema inacabado, um
cinzeiro na mesa de canto onde te sentavas a divagar
e de onde me olhavas à meio riso enquanto eu te
contava segredos.
Não sei se foi o tempo que passou ou se fomos nós que
passamos, enquanto o tempo permaneceu, como a pedra da
lápide fria onde agora jazes, em cujas bordas plantei
flôres e onde leio-te os meus poemas de fim de tarde
e, mesmo não vendo o teu olhar de ternura eu sinto que
tu me ouves, porque foram feitos pra ti...
Meus dias são feitos de espera e a mesma nevoa encobriu
os meus cabelos tingindo-os de branco como a cor da
tua ausência e do vazio dos anos. Sinto que breve nos
reencontraremos na eternidade, então,
até lá e um beijo de saudade...


Imagem da net

32 Comments:

Ivete said...

Tristemente lindo!

Anônimo said...

Olá reflectivo blog , gostei bastante, acho que poderiamos fcar amigos de blog :) lol!
Aparte de brincadeiras chamo-me Peter, e como tu escrevo webpages embora o tema principal do meu space é bastante distinto de este....
Eu faço sites de poker que falam de bónus grátis sem arriscares o teu cash......
Adorei imenso aquilo li aqui nesta 2a visita
Virei aqui mais vezes
Ps:Peço desculpa pelo meu portugues ruim

Vieira Calado said...

A eternidade é já ali!...

Bjjss

elvira carvalho said...

Demasiado triste para o meu gosto. Embora não deixe de ser poeticamente belo.
Um abraço

Anônimo said...

Hello é a 2ª vez que vi a tua página e gostei tanto!Espectacular Projecto!
Adeus

Anônimo said...

Oi trata-se a 2ª vez que vi o teu blogue e adorei muito!Bom Trabalho!
Até à próxima

Fernando Santos (Chana) said...

Belo texto...Espectacular....
Cumprimentod

Sylviamara Barreiro said...

Que lindo, me senti vivendo aquelas emoções

elvira carvalho said...

Passei. Deixo um abraço e votos de boa semana

sofialisboa said...

olá miuda, estás boa? eu voltei aos blogs e aqui virei mais vezes. bjs sofialisboa

Pastelaria Editora said...

Olá antes de mais, parabéns pelo blogue !

Gostaríamos muito que desse uma vista de olhos no projecto DVB, de saber a sua opinião e.... qual o interesse em desenvolver o seu trabalho neste novo formato .

"Transformamos" o seu trabalhos (já editados em livro, ou não), num DVB- Digital Video Book, uma ideia original da Pastelaria Studios Productions

http://pastelariaestudios.blogspot.com/

É exactamente isso, os seus poemas seriam " trabalhados " em DVB . Um livro que se vê como um filme ...

O projecto é recente , é uma inovação , tal como explicamos no blogue.

Não se trata do mesmo funcionamento duma editora "normal", pois não somos uma editora e prestamos essencialmente um serviço criativo .

A minha sugestão seria, enviar-nos os seus "registos", e nós faremos um orçamento.
Posso adiantar que , por ser um projecto novo e , embora o trabalho criativo ( audio, voz, imagen, construção do DVB, etc ) seja bastante, queremos chegar ao maior número de autores de obras escritas , mesmo que essas estejam na gaveta .

um abraço
espero a resposta
qualquer dúvida estamos por aqui


pastelariaestudios@gmail.com

Teresa Maria Queiroz e Pastelaria Studios

Lyra said...

"Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos. Enquanto o amor passa, a amizade volta, mesmo depois de ter adormecido um certo tempo."

Já tinha saudades.
Beijinhos e até breve!

Lyra ;)

João Esteves said...

Menina, li o presente post ao som de Memory, canção sobre um poema de T S Eliot, popularizada na voz de Barbra Streisand. Casamento perfeito entre a canção e o seu texto, também carregado de lembranças. Gostei.

Luadosul said...

Olà querida vizinha. Um prazer voltar por aquì e ler o que escreves!
Eu tive um gran amor que morreu e sempre fico com essa saudade.(descolpa meu portuguès)
Beijinhos desde Uruguaí.

C Valente said...

Saudações amigas e bom fim de semana

Sofia said...

está LINDO, FABULOSO! Ao tempo que não li-a uma coisa assim, parabéns e continua!
passa pelo meu querida, beijinhos.
Sofia Rodrigues

Betinha Correia said...

Olá Vero.
Como sempre,impecável.
B:F:S
bj

mixtu said...

abrazo serrano

Gabriela Morais said...

Muito lindo seu texto, parabens, impecavel! gostaria que desse uma passada no meu e divulga-se, se possivel!

josé marinho said...

Belíssimo texto! Deixo aqui o convite para a ligação do meu primeiro livro de poesia, editado como previsão da futura edição impressa. Um Natal pleno de Saúde e Alegria! http://pt.scribd.com/doc/75264095/FALEMOS

elvira carvalho said...

Passei para desejar um Santo Natal e um ano 2012, tão feliz quanto o deseje. Sobretudo com muita Saúde Paz e Amor. Tudo de bom para si.
Um abraço e FESTAS FELIZES

Everson Russo said...

Que o seu Natal seja de muito amor, paz, serenidade, reflexões, união e harmonia em família, e que a verdadeira essência desse dia, que é o amor e a mensagem de paz do Menino Jesus esteja na alma e no coração de todos,,,UM FELIZ NATAL..beijos e beijos.

poetaeusou . . . said...

*
Amig
visito-te com amizade,
carinho e respeito !
,
Gostei do Post, parabéns ! !
,
retornei e o meu regresso
tem as asas da boa vaga
esquecendo a onda amarga
tão triste no seu quebrar,
porém, é belo o seu trovar,
ecos fortes e salgados,
de Paz , “standarizada” !
Paz nos meus votos sagrados,
que aqui deixo, bem expresso !
,
conchinhas, muitas, para ti !
*

carla said...

Amiga! faz anos que nao andava de blog em blog se quiseres visita me - triste o que li,mas ao mesmo tempo belo. bjo

Carla GRanja

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt/

Lucélia Muniz França said...

Parabéns pelo Blog!!! As postagens são muito interessantes!!! Bjs
http://www.luceliamuniz.blogspot.com/

Ana said...

Ola Menina do Rio!
Bonitos textos.

Venho agradecer a sua visita no meu blog e esclarecer as suas duvidas :)
Nao sei exactamente qual é o termo do portugues-brasileiro para curgete mas é um legume verde e comprido, pode pesquisar no google e conferir.
o termo q.b quer dizer quanto baste ou seja, fica ao gosto de quem esta a fazer a receita de colocar mais ou menos daquele ingrediente.

Espero ter ajudado.
Bj

Kelinha said...

Gostei mt do teu blog. E que tal se nos seguíssemos uma à outra?*

lua prateada said...

Passando apenas para desejar uma Páscoa muito Feliz e, que jamais esqueçamos Aquele que morreu na cruz por nós...Felicidades, beijo meu...

SOL

BRANCAMAR said...

Olá Verónica,

Muito lindo e saudoso este poema. Gostei demais.

Faz tempo que não vinha por aqui, mas tenho um grupo de primeiros amigos da blogosfera que nunca esqueço, mesmo que não nos vejamos, mesmo que as visitas sejam espaçadas, mas sempre ficaram em meu coração e isso é o mais importante.

Tua escrita está linda e cada vez mais apurada.

Deixo um beijo grande, com carinho.

Luma Rosa said...

Ah!! Graças ao facebook te achei de novo!! Tinha perdido o seu link... agora não me escapa!! Beijus,

Anônimo said...

Meu Deus... alguém traduziu o que acontece dentro de mim e eu não sabia que cabia nas palavras.
Obrigada!

Mariana Sancar said...

Adorei seu blog Verônica! Já estou seguindo... Por favor, me passe seu contato, gostaria de travar um diálogo contigo... Mariana Sancar
ahh, fique a vontade para visitar meu blog: saofatosdavida.blogspot.com.br
Beijinhos