{b

domingo, 12 de novembro de 2006

Estás aqui...

Há braços que me envolvem
em carícias doces
Mas não são os teus...

Há mãos que me apertam
E marcam-me a pele
Mas não são as tuas...

Há lábios vorazes
que procuram os meus em ânsia ardente
Mas não são os teus...

Há um corpo sedento de amor
Que me envolve e domina
Mas não és tu...

Há um mergulhar de amor em suspiros profundos
que os olhos me fecham
Mas não estás aqui...

Há angústia no tormento
De beijos e afagos que não querem ser
Por não estar contigo...

Há um calor ardente dentro do meu peito
Que te busca e aceita
Mesmo não estando aqui

Pois neste louco amor
Faço-te meu...em mim...
E tu...
Estás aqui !

Este poema não é de minha autoria, mas tem

uma importancia fundamental em minha vida...

9 Comments:

Anônimo said...

Lindo poema que marca o encontro de paixões.

Em relação ao blog, funciona bem. Deve ter sido um problema do próprio blog. Não tenho nada que deva ser instalado, por ser a versão do IE. Tente mais uma vez.

Abraço,
Marco António

{{coral}} said...

Olá menina,
Excelente poema.

"Há um corpo sedento de amor
Que me envolve e domina
Mas não és tu...
.
Há um mergulhar de amor em suspiros profundos
que os olhos me fecham
Mas não estás aqui..."

Existe sempre tudo no amor, e fica sempre tudo muito dentro de nós!
Adorei
Beijo, boa semana de trabalho.
{{coral}}

Betty Branco Martins said...

Olá menina do rio

Peguei na minha pequena jangada e vim conhecer o teu "rio" Adorei, vou voltar se não te importares:))

Beijinhos com carinho
BoaSemana

Anônimo said...

....oooO
....(....)... Oooo
.....)../. ...(....)
....(_/.......)../
..............(_/
....oooO
....(....)... Oooo
.....)../. ...(....)
....(_/.......)../
..............(_/
...... Passei por aqui
......... E desejo
......... Uma boa Semana
BEIJOS

João Carlos said...

Há um mergulhar de amor em suspiros profundos
que os olhos me fecham
Mas não estás aqui...

Dolorosa essa paixão!

beijo,
João

João JR said...

Olá Menina do Rio:) Foi um prazer ler-te no meu cantinho, obrigada pelas tuas palavras!
Deixo-te tb com um grande beijinho e felicito-te pelo teu espaço bonito e sentido..Quanto a este post, é doloroso de ler..quanto mais de sentir. A vida sem amor não faz sentido, mas o amor que não está ao nosso lado, jamais pode ser vivido em pleno..!
Volta sempre, voltarei aqui mais vezes também. Gostei de ti!
E amo o Brasil, onde também tenho casa curiosamente:)
Fica com os anjos

Jofre Alves said...

Antes de mais obrigado pela sua gentil visita, pois para mim o Rio de Janeiro terá sempre um lugar especial no meu coração, onde vivi de 1970 a 1974 na Rua José Galvani, freguesia da Pena, quando desertei do Exército Português. No Rio de Janeiro tenho ainda imensa família, tal como o meu irmão mais velho, cinco sobrinhos, uma tia, quatro primos, e várias dezenas de parentes em diversos graus de afinidade. Motivos para não esquecer a cidade maravilhosa. Voltarei para apreciar as belas líricas que aqui tem, eu que em tempos tive a veleidade de ser poeta. A vida sem poesia seria uma treva. Óptimo fim-de-semana.

EROS said...

Um cantinho onde vale a pena chegar... acomodar e deixar-se ficar por uns momentos... ler,sentir e ser aqui...
Um beijinho e até breve!

O Sibarita said...

Sua menina, tais dito! O poema é fera!

O Sibarita