{b

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Amigos


Em 23/10/2007, o meu querido amigo roedor
Suruka de: A toca do castor me homenageou
com um poema meu:
Não preciso dizer o que senti vendo-me ali...
Hoje voltei lá e estive a ler os comentários que
tão carinhosamente fizeram a mim mas que na
verdade não são meus; são do meu querido amigo
a quem deixo aqui a minha emoção.
A vocês que me cobriram de tanta ternura eu
só tenho a dizer: Obrigada!
Obrigada amigo Suruka, meu querido roedor!
Obrigada a todos!

Ps: Hoje não postarei poema. Deixo apenas uma
homenagem a todos os meus amigos e também
àqueles que por aqui passam em silêncio

28 Comments:

poetaeusou . . . said...

*
mensagem standard
*
neste dia, recusa
o manto da solidão,
“ cobre-te de ti “
e sairás renovada(o)
,
in-poetaeusou
,
conchinhas
,
*

Secreta said...

Beijito :)

rosa dourada/ondina azul said...

Para ti, fica um beijinho de amizade,

Sol da meia noite said...

Deixo-te um grande, muito grande xi-coração :)

elvira carvalho said...

E com amizade, aqui fica o meu abraço

Pepe Luigi said...

Menina do Rio,
Tenho estado com imensa dificuldade em entrar no teu Blogue Recanto da Alma e hoje queria comentar o teu ilustre trabalho "Ainda somos crianças"
Não sei se é problema do meu servidor ou não.
Estou a fazer uma experiencia. Se este apontamento passar de seguida envio o meu comentário.
Até já.
Pepe

Pepe Luigi said...

Menina do Rio,
Acerca do dissertação sobre "Ainda somos crianças":
Compreendo perfeitamente a tua revolta que através da tua boca salta de plenos pulmões perante falaciosos preconceitos e tremendos erros de pensamento dos dirigentes, populaças e gentalhas de alguns países que se autodenominam de "civilizados".
Como te disse tive a grata ocasião de já ter estado por duas vezes no Brasil. Tanto no Nordeste como na cosmopolita Rio considero o povo brasileiro como gente muito hospitaleira e de trato agradabilíssimo.
Presenciei a população de mais fracos rendimentos, mas o facto de estarem em situação desprovida e mais desfavorecida não enveredam por falsas choradeiras nem por gratuítas carpideirices. Antes porém puxam de cabeça ao alto e enfrentam com espírito de alegria e sempre renovado as adversidades e contrariedades da vida.
Mesmos os brasileiros que ultimamente têm aportdo a Portugal por via da emigração é gente de muita garra no trabalho e cheia de determinação. É sim sobretudo um povo magoado que tem sentido na pele as querelas e injustiças sociais, pois a grande maioria não nasceu em berços de ouro.

Hoje é dia de S.Valentim dedicado aos namorados, mas eu também vou estendê-lo às Amizades, e porque assim é te envio um grande beijinho de amizade desejando-te muitas felicidades.

Pepe

Cátia Amorim said...

vom deixar um bjnh ... e desejar um bom dia

Olhos de Mel said...

Oie lindinha! Obrigada a você que nos brinda com poemas lindos!
Bom fim de semana!
Beijos

mixtu said...

sinto-me honrado por ser teu amigo...

abrazo, hoje meu e do lobo, yayaya

Pena said...

Doce e Linda Amiga Verônica:
A amabilidade do gesto e atitude do seu amigo, merece-a por completo.
É linda. É talentosa. Doce.
Que mais resta fazer?
Venerar? Adorar? Respeitar?
Não! Eternizar a beleza e talento da sua escrita bela, sensível e encantadora para sempre. Seria um gesto sensato. Sóbrio. Lindo. Brilhante. Tal como você é.
OBRIGADO pela amabilidae e carinho expressos lá no meu canto da escrita.
Adorei. OBRIGADO!
Sempre a visitá-la com delícia, ternura e encanto
Bj amigos que estimam e consideram. Imenso!

pena

Vieira Calado said...

Eu não ficarei em silêncio.
Sempre digo qualquer coisa.
Bom fim de semana, amiga!

suruka said...

Minha querida VERONICA MENINA DO RIO.
Fiquei emocionado e contente por esta refenrencia a mim.
BJ e obrigado

O Sentir dos sentidos said...

Veronica Querida...Eterna Menina

Homenagem justa...pois voce com seu imenso carinho, atenção e sabedoria na arte da escrita mereçe todos os mimos e flores e amores que possa existir.
Um ótimo domingo para voce minha linda.

Beijo,

O Profeta said...

A melodia do teu canto reverbera no tempo
A lonjura é o momento do abraço
O teu sorriso chegou ao meu silêncio
Solta palavra doce no espaço



Uma torrente de emoções espera-te


Bom domingo



Doce beijo

Olhos de mel said...

Oie minha doce amiga! Passei para lhe desejar uma semana de realizações!
Beijos

Liz / Falando de tudo! said...

Eu mesma nao consigo passar e ficar em silêncio, sempre falo!!

JOSÉ FARIA said...

Ora aqui vai o meu abraço gostoso!
- Espero que seja, de amizade é de certeza absoluta!

poetaeusou . . . said...

*
e mereces, amiga
,
conchinhas
,
*

Mario Rodrigues said...

Pela parte k me toca obrigado, amiguinha.

Uma linda semana

Bjinho amgio

Mario Rodrigues

O Sibarita said...

Hummmmmmmmmm... kkk ô menina retada esse meu Deus! Tá com a corda toda nas poesias.

bjs
O Sibarita

lua prateada said...

Obrigada por existires querida amiga...
Beijinho prateado cheio de luz e amor
SOL

Jose Gonçalves said...

VERÓNICA

Venho fazer-lhe uma confissão. Tantos dias sem lhe deixar aqui um comentário ficou a dever-se ao facto de só agora me ter dado conta de como sou burro.
Então não é que não descobria a maneira de os deixar...
Isto deve ser da idade, pois cá pela minha terra costuma dizer-se que burro velho não aprende línguas...
Peço-lhe desculpa por isso, até porque tenho-a visto de vez em quando por minha casa.
De qualquer maneira espero que esteja bem e desejo-lhe tudo de bom para si e para os seus.
Um abraço
José Gonçalves

Bia said...

Amiga querida, vim matar as saudades desse seu cantinho tão lindo, após um período ausente onde fiz algumas reciclagens.

Os seus dois últimos poemas tocaram-me profundamente... são belíssimos e dizem tanto de sentimentos e emoções tão conhecidos!

Fica um sorriso e um beijo do meu para o seu coração, meu anjo, com saudades e carinho.

Olhos de mel said...

Oie doce amiga! Vim ver você e deixei beijinhos...

maresia_mar said...

e tu merece minha kida amiga, és linda, escreves super bem e eu gosto muito de te ler, pena estar tão ausente... beijos

Dilean de Bragança said...

Querida menina.

Cá estou depois de um longo e tenebroso inverno, isso em pleno verão.
Catando meus cacos, na esperança de reconstruír um lindo mosaico, vou encarando a vida da forma que DEUS assim designou.
"Ele" sabe de todas as coisas e isso me conforto, aceitando a vontade desse SER SUPREMO!!!.

Obrigada pela sua presença em palavras, durante essa minha forçosa hibernagem. Saiba que muito me valeu.
Te desejo toda felicidade que houver nessa vida.

Fique com meu carinho e sincero afeto.
Bjus na alma da sempre amiga(tb do RIO)

Anônimo said...

ola querida amiga veronica depois de ler uma grande parte dos teus escritos so posso concluir que es uma pessoa maravlihosa apesar de ja o saber tens tanto amor no teu coraçao e tambem para dares , es tao linda que mais te posso dizer , um beijinho doçinho deste teu amigo de lisboa gostava de um dia te conheçer podes crer, luis cristo.