{b

sábado, 22 de março de 2008

O Homem que eu amei

Não eras tu
Era a fantasia do meu coração carente
que encantou-se pela doçura
de tuas palavras
e deixou-se prender pelo visgo
do teu olhar cor de mel

Era a expectativa dos meus anseios

E tu alimentavas meu ego
e eu me nutria
de falsas promessas

O homem que eu amei
era ilusão
criada em meus devaneios
quando meu coração
explodia em desejos
de alcançar-te e tocar-te

O homem que eu amei
e que nunca toquei
só existiu dentro do meu querer
porque eu o via através da vitrine
mas era apenas vidro
e se quebrou

Quebrou-se o encanto, a magia.

Partiu-se em mil pedacinhos;
o homem que eu amei...

57 Comments:

JOSÉ FARIA said...

É sempre bom amar, mesmo sem se tocar.
Páscoa Feliz
Aleluia!

Vera said...

Muitas vezes o homem que amamos só existe dentro do nosso imaginário e do nosso coração...
Belo poema :)

Beijos e Páscoa feliz

Maria said...

Que poema mais verdadeiro.....
Quantas vezes o homem que a gente ama não existe mesmo, só na nossa imaginação, e a gente o faz como a gente quer.....

Beijinhos, Verônica

Mário Margaride said...

Querida amiga,

Um belo poema!

Por vezes...imaginamos amores inmpossíveis. Que só existem dentro de nós, nos sonhos...

Uma boa Páscoa, minha amiga.

Beijinhos

Mário

elprincipito said...

The Truth is Out There.

Oliver Pickwick said...

A química do amor e o seu incrível efeito de materializar as mais belas quimeras, como se doce realidade fosse. Belo e realístico poema.
Um ótimo Domingo de Páscoa, querida amiga!
Beijos!

Anônimo said...

Uma P�scoa Feliz.
Um beijo.
Carol.

Vieira Calado said...

The Truth is out there, como disse o outro comentarista.
Beijinhos

Sol da meia noite said...

Querida amiga, tantos são os enganos nesta vida... tanto idealizamos, para nada... tanto sofrimento inventamos...

Xi-coração

Lusófona said...

Oi Menina!!

Que belo e triste poema!!!

Beijinhos e boa semana querida

velaaovento said...

Quando a magia se quebra... :-(

Que fique sempre em nós o acreditar.

Mil beijinhos

maresia_mar said...

Muitas vezes amamos uma ilusão, e quando ela cai por terra, aí o nosso mundo desmorona..
As minhas mini-férias estão a chegar ao fim, mas revigorei e isso é que é importante. Bjhs

Suely said...

E vidro quando quebra não se recupera. Vai-se um e vem outros!

beijinho

Secreta said...

Quem de nós nunca passou por uma situação dessas ?
Gostei do poema, senti-o.
Beijito.

Lyra said...

"Não desejo mais ser feliz e sim apenas estar consciente"
- Albert Camus –

Adorei e voltarei!

;O)

conhecimento said...

Eu, diria antes...O HOMEM que continuas a AMAR! é dificil esqueceres e vais valendo-te da prosda para deitares para fora do teu coraçãso os apertos que ainda vais sentindo.

JOSÉ NEVES said...

Esse amor ficará eternamente gravado na tua memória e em teu coração, um poema lindíssimo ao som de tão bela melodia.

Beijos

Rui Caetano said...

O amor enche a nossa vida de intensidade e encantos.

Sonhos e Devaneios said...

Acredito que tanto homens quanto mulheres criem modelos perfeitos de seres adorados que so existem em nossas mentes, dificil aceitar que somos imperfeitos, que erramos diariamente.
beijos joao

O Sentir dos sentidos said...

Olha só que bonito isto: "O homem que amei"...não importa se não mais está junto de nós este homem - amor...importa sim o tudo que foi vivenciado...e para sempre lembrado.
Um belo poema feito de saudade.

Adoro tudo que escreve menina doce.

Beijo........

Charlie said...

Descobrimos no fim de cada naufrágio que o navio de que tanto gostávamos era afinal um destroço, e que a beleza do gostar dele era a beleza de gostarmos da viagem em nós mesmos....

Nilson Barcelli said...

As fantasias, mais tarde ou mais cedo acabam por se estilhaçar...
Belo poema cara amiga. Gostei muito.

Bom resto de semana, beijinhos.

rosa dourada/ondina azul said...

Era ilusão e se partiu "em bocadinhos".

Nesta época festiva,
Desejo-te o melhor !


Beijinho,

conhecimento said...

Minha querida amiga, tives-te a perder o teu precioso tempo para nada, mas a culpa foi minha pois deixei a postagem sem autorizações de coment. e só mais tarde reparei, desculpa.

C Valente said...

Amar é viver, amar é sonhar
Saudações amigas

elvira carvalho said...

Muito bonito o poema.
Um abraço e obrigada pelo carinho para comigo e meu pai.

impulsos said...

O poema é lindíssimo!!

Um ser que se constrói na imaginação, amando-se de uma forma doentia até ao dia em que se quebram as ilusões e se estilhaçam as emoções, espalhando-se pelo chão frio e duro da realidade.

Gostei imenso!

Beijo

Agulheta said...

Menina do Rio.
Quem nunca amou e se disiludíu! muitas de nós,mas como o amor é a coisa melhor,tentamos sempre.
Beijinho doce amiga Lisa

Isabel said...

É tão boa a capacidade que nós temos de nos deixarmos arrastar num sonho...

Beijinho para ti "Amiga do coração"

ANTONIO DELGADO said...

Belo Poema. Sabe menina? Por vezes amamos ideais mas não amamos as pessoas e na maior parte das vezes o desencanto surge dai. Um beijo António

Dolores Quintão Jardim said...

Menina Do Rio!
Que adorável passeio, me proporcionaste!
Sinceramente,maravilhoso teu blog.
Este poema triste,mas verdadeiro.
Escolhi aqui,para deixar meu apreço e minha admiração.
Parabéns!
Obrigada,por tua presença em meu blog também.

Beijinhos!

Dolores Quintão Jardim

Mario Rodrigues said...

E como eu te compreendo, amiguinha.
Se nao tivesse passado ja por isso.
Té tentei colar os vidros e recompor o vidro. Mas é de todo impossivel.

Um lindo fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

benechaves said...

Bonitos versos, minha amiga, onde vc explora, sobretudo, o sentimental. E o lirismo como uma fonte do amor.
Já as mulheres que eu amei!...(rs)

Um beijo com sentimento...

© efeneto said...

Roubei do corvo a cor
esvoaço sem sentido na noite.
De norte a sul só a escuridão
e um pássaro de asas quebradas
perdido na imensidão.
Aliso as penas de novo
e sonho-me a levitar
por entre nuvens e mares
à procura da ilha prometida.
Enquanto a procuro venho aqui
Desejar um óptimo fim-de-semana
Na companhia de quem mais ama.

Mário Margaride said...

Querida amiga,

Passo por aqui, para te desejar um excelente fim de semana, e dar-te um beijinho grande.

Mário

comecardenovo said...

outro amor virá, mais compensador, tu mereces!!!
Um bj e bom fim de semana

Fátima said...

Amiga,

Acredito que momentos melhores virão...

:-) beijo com amizade

O Sentir dos sentidos said...

Olá minha linda...passando para te deixar o meu beijo de boa noite e que tenhas um domingo MARAVILHOSO!

Flores para voce...

:)

Bia said...

É realmente um momento muito triste quando se toma consciência de que o 'outro' não era nada daquilo que nosso coração registrava. Uma situação que soubeste bem criar num poema, meu anjo. Ficou muito boa a tua criação. A imagem também muito bem escolhida.

Deixo-te sorrisos, pétalas e beijos para enfeitar teu final de semana.

**** said...

Muitas vezes imaginamos a pessoa que amamos da maneira que queriamos que fosse... e um dia quebra-se o encanto!!
Beijinho e boa semana

Anônimo said...

www.fonteamor.com ....Lindo demais seu site ,poemas emocionantes é assim que digo escrever com a alma ,ofereço meu award e premio poesia ,também o destaque Fonte de Amor ,parabens amei tudo por aqui ,feliz Domingo beijos na alma ,Evanir

amordemadrugada said...

Olá Menina..
Se calhar nao valia mesmo a pena! Partiu-se...e partiu...pra fora de ti!
Outro vidro mais cristalino, entrará...
Keres morangos!? Vai no meu hi5...lol
bjitos grandes Princesa...

Brancamar said...

Muito lindo seu poema.
Quase todos nós sabemos o que é essa vivência, mas amar é sempre bom.
Beijinhos.
Branca

tibeu said...

Olá
Vim agradecer e desejar tb para ti uma semana espectacular. Fica bem bj

Papoila said...

Um poema lindíssimo dedicado ao homem que ainda amas de quem já não queres colar os pedaços... De que serve um fino cristal colado?
Lindo!
Beijos

Liz / Falando de tudo! said...

Pelo visto apesar de você ter varios blogs, este é o que você atualiza mais frequentemente, não é verdade?
Meu anjo passo somente pra te desejar uma boa semana, te agradecer a visita no meu cantinho e dizer que é uma honra te ter por la,
Liz

*Carol Porne* said...

Olá!

Passeando pelo mundo dos blogs encontrei o seu, que achei maravilhoso! Você escreve muito bem, gostei demais!

Eu tbm escrevo poesias...se tiver um tempinho passa no meu blog ok? Quanto a mim sempre que puder estarei por aqui

Bjos mil

Vera Carvalho said...

Também acho que a ilusão é sempre de vidro minha querida e ainda bem que assim o é.Há sempre a possibilidade de quebrá-la.
Lindo poema!
Um abraço e uma boa semana.

Pascoalita said...

Com mais ou menso intensidade, todos nós já amámos dessa forma. E de certa forma é bom enqto dura a ilusão :)
Um beijo

OFICINA PONTO E VIRGULA said...

Sou menino do lago, nao sou do rio. Mas sou das aguas.
Faz sentido?!!!!

Gostei de estar aqui, neste blog. Veja, o homem que amou, mas tambem precisa de amr aos seus visitantes do blog. Nao somente este que amou... (brincadeirinhas)

Abracos, e bom fim d semana

carla said...

O homem que ainda amas. Isso é mais que claro neste poema. Procuras olhar mais em tua volta
quem sabe um novo amor


beijo

Luis Elias said...

Minha dor é velha
Como um frasco de essência cheia de pó.
Minha dor é inútil
Como uma gaiola, numa terra onde não há aves,
E minha dor é silenciosa e triste
como a parte da praia onde o mar não chega.
.
Álvaro de Campos

paula barros said...

Idealizamos, fantasiamos, nos iludimos, por carência, mesmo que não se saiba o tipo de carência. Um dia se quebra, ou tocando, ou sem tocar.

Todo aquele que é idealizado um dia se quebra, ou trinca.

beijos mil.

António Inglês said...

Retratos da vida amiga. Retratos da vida.
Continuação de boa semana
António

Anônimo said...

Hummmmmm. Pena que se partiu...

Anônimo said...

E quando tudo se quebra, não tem amis como colar. Fica apenas o lugar vazio

Sentido e belo post

Adriana

Xinha said...

Ama a doce ilusão... é bom amar !Apesar de tudo se quebrar... é bom enquanto dura !!

Xi-coração