{b

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Guardo-te em mim

Quantas idas e vindas entre nós dois
tanta angústia e tanta dor
tantos momentos deixados pra depois
quanta saudade... E tanto amor!

Não sei se me tens, como dizes
a passear errante em tua vida
Mas ainda guardo as cicatrizes
desde aquela ultima despedida

E hoje tremi ao ver-te novamente
Meus Deus, ainda tremo se te vejo
a lembrar-me dos sonhos de outrora

Alma de min'alma és minha aurora
guardo-te em mim como um beijo
e hei de amar-te eternamente


78 Comments:

Dauri Batisti said...

Os sonetos parecem que ficam mais lindos qundo falam de amor. Sonetos têm que ser de amor. Lindo, terno, cheio.

Beijo

Gilbamar said...

O amor sempre se renova e permanece em evidência, é um sentimento que acompanha o ser humano desde seus primeiros instantes até o último suspiro. De diversas formas mas lá, presente. É isso que sustenta o viver de cada um de nós.

Deixo meu fraterno abraço amigo.

Pelos caminhos da vida. said...

Essas idas e vindas em nossas vidas sempre nos trazem alguma coisa de boa,o amor.
Obrigada pela visita.

beijooo.

Maria Valadas said...

Que belíssimo soneto de amor!
Quanta a realidade sentida.
Como me identifiquei com ele...

Bom fim de semana.

Beijinhos.

Cadinho RoCo said...

Amor bom é amor correspondido porque quando a correspondência some há de se averiguar com mais cuidado se é mesmo amor o que diz ser amor, posto que amor ruim é o que se fantasia de amor sem ser o que diz ser.
Cadinho RoCo

Olhos de mel said...

Minha doce amiga! Que belo soneto! A esperança jamais deve se apagar. Guarde esse amor, mas não deixe de viver. Eu também esperei por 28 anos e Deus me deu a felicidade de reencontrar a cinco anos.
Um fim de semana de paz e luz!
Beijos

Pico minha ilha said...

A vida é uma idas e vindas tal como o amor que sempre acontce.Beijinhos amiga

Mário Margaride said...

A vida é assim, querida amiga.
Nem sempre conseguimos realizar todos os nossos sonhos.

Belo poema!

Bom fim de semana!

Beijinhos

Mário

O Profeta said...

Que maravilha cara amiga...


Doce beijo

NOVO MUNDO said...

MENINA DO RIO, eu li vários textos e poemas teus. Sinceramente você escreve muito bem tem no rol de jornalista, se não for?
Se você não é fornalista mostre seu blog as empresas jornalista, globo, jornal do brasil, folha de são paulo extra, etc....você tem talento.
Escrevendo desta forma poderá sofrer agressões pessoas compiando a sua escrita e compiando para jornais ou seja GANHANDO DINHEIRO a sua custas.
Acredite você tem um pontêncial incrivel...eu sei admirar uma boa leitura a sua é perfeita.
Uma boa semana e lute com seu trabalho você tem garra.

Anônimo said...

Oi m,inha linda,

Passando para conferir as 9dades, matar as saudades e desejar um lindo final de semana e muita paz.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

Betty Branco Martins said...

.querida_____Menina do Rio





.o amor que deixa_____marcas


mas


o

amor é assim mesmo


______encanto que ficaré sempre no "sonho"





lindo!






beijO____C____CarinhO
bFsemana

Rafeiro Perfumado said...

No coração ou num bolso? ;)

Beijo!

O Sibarita said...

Eita mulher apaixonada meu Deus! kkkk

Fia, o amor é assim mesmo como bem diz no seu poema porreta!

Pior é que treme mesmo! Valha-me Senhor do Bonfim! kkkkkkkkkkk

Desculpe a demora em vir o devre do trablaho me tmou o tempo, mas, já está melhorando.

bjs
O Sibarita

Moura ao Luar said...

Querida há sentimentos inesquecíveis

Agulheta said...

Amor é assim,fica a marca inquietante,
que atormenta a almae os sentidos a cada instante

Beijinho e bfs

lua prateada said...

A SAUDADE essa dor por vezes cheia de amor que sentimos cá dentro do fundo dagente......sei o que ela é...dói mas também é boa é sinal de que vivemos algo de bom...
Beijinho prateado com carinho

SOL

Jofre Alves said...

Uma delícia passar por este excelente blogue, uma maravilha de qualidade e de expressividade. Saudações para quem tem capacidades de cinco estrelas e tem esta habilidade para entusiasmar o visitante. Boa semana com tudo de bom.

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Verónica, belíssimo Soneto Amiga... Sublime... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

caurosa said...

Olá Menina do Rio, o terno e eterno amor guardado no fundo do coração. Belo poema. Muita luz, paz e inspiração para você.

Forte abraço

caurosa.wordpress.com

mundo azul said...

Algumas coisas, não passam nunca, por mais que escoem os anos...

Seu poema é LINDO e muito bem construído!!!


Beijos nesse coração tão especial...

Tony Madureira said...

Olá,

Que lindo...

Bom fim de semana e beijinhos

tibeu said...

http://historiasepensamento.com.sapo.pt/34j26v5.gif

utopia das palavras said...

Lindo soneto de saudade...!

Beijos com todo o meu carinho, amiga!

Sol da meia noite said...

O bom que fica, as doces lembranças... o mais belo e duradouro da vida.
O tempo não apaga nunca o bom que guardamos. Pelo contrário, fortalece.
O passar do tempo confere certezas, consolida o sentir.

Querida, um bom domingo.


Um beijinho *

Verónica said...

Belo soneto de alguém que canta um amor inesquecível!
Esses amores são perigosos porque quanto mais se foge mais eles permanecem em nós para nos atormentar.
Beijos
Gostei da foto

ANTONIO DELGADO said...

Olá Menina do Rio,

como vai?

Obrigado pelas suas amaveis palavras neste dia ensolarado que tem a designação de domingo, mas que, não é diferente de todos os outros com outras designações. Ando um pouco com o "astral" em baixo porque uma constipação me retém de disfrutar das coisas como gosto. Vir aqui ao seu cantinho fui um excelente tonificante assim como o seu comentário no meu blog.

deixo beijo tão ensolarado como vejo no o que passa diante dos meus olhos aqui deste lado do atlantico...tudo bom para si.

António

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Verónica, desejo-te um belo Domingo... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

FERNANDA & POEMAS said...

Querida Verónica, é verdade, conheço a Ana Paula Roque, é como tu dizes o mundo é pequeno... Fico contente e feliz por saber que temos mais este facto em comum... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Eärwen Tulcakelumë said...

Um grande amor sempre fica guardado em nós. Maravilhoso, minha amiga.
Agradeço o carinho deixado em meu mundo.

Pérolas incandescentes de doces lembranças.

Eärwen

NOVO MUNDO said...

Passando por aqui para desejar um boa semana de prosperidades em tudo.
Um abraço menina do rio.

GarçaReal said...

Muito belo este teu soneto.

Um amor que não morreu...Será eterno.

Bom final de domingo

bjgrande do lago

Pelos caminhos da vida. said...

Estive ausente,mas estou voltando agora,obrigada pela visita.

Tem post especial lá para vc.

beijooo

Um olhar said...

oi amiga,

espero q vc me reconheça...rs
pq não consegui mais postar
no outro blog e assim está nascendo "um olhar".

bjos e ótima semana prá vc!

PreDatado said...

Mesmo um amor ausente pode ser amor. E você expressa isso muito bem Gostei muito deste soneto.

Jaqueline Sales said...

O Menina Momentos caiu bem com esse poema: coisa de ir e não voltar; de querer ficar, mas ter que ir...

Não tão Uivannte como gostaria, mas estou de volta.

BeijUivoooooooooosssssssss da Loba

elvira carvalho said...

Gostei. A vida é feita de encontros e desencontros. E antes a saudade de um amor que acabou,que a ignorância dum amor que nunca se sentiu. Um dia, um novo amor substitui o primeiro e a saudade acaba.
Um abraço e uma boa semana

Renata Maria Parreira Cordeiro said...

Que lindo poema, mas tão triste!
Querida:
Publiquei no Blog Galeria sobre 3 versões cinematográficas de Romeu e Julieta: 36, 68, 96. Depois dê uma passadinha no meu outro Blog onde publico sonetos de Shakespeare e outras obras do bardo:
http://poemasscancoes.blogspot.com
Um abraço,
Renata

Lena said...

Passei para deixar um beijo de boa semana!
***

O Árabe said...

Dizer o que, Menina? Lindo... como sempre! :) Boa semana.

rosa dourada/ondina azul said...

Poema que fala de um intenso amor :)

Beijo p ti,
com muito carinho,

Mário Margaride said...

Querida amiga,

Passo por aqui, por este teu cantinho, para re desejar uma excelente semana!

Beijinhos de amizade

Mário

HerRose said...

Nossa! Que lindo e triste ao mesmo tempo. Admiro, sempre admirei calada a facilidade que tens com as palavras! Espero um dia também ser assim... ao menos 10% disso...
beijo boa semana e obrigada pela visita e incentivo!

Pico minha ilha said...

Beijo e uma
...._.;_“.-._
...{`--..-.“_,}
.{;..\,__...-“/}
.{..“-`.._;..-“;
....`“--.._..-“
........,--\\..,-“-.
........`-..\(..“-...\
...............\.;---,/
..........,-““-;\
......../....-“.)..\
........\,---“`...\\
....._.;_“.-._ COM CARINHO

LuzdeLua said...

"Mesmo que as pessoas mudem e suas vidas se reorganizem, os amigos devem ser amigos para sempre, mesmo que não tenham nada em comum, somente compartilhar as mesmas recordações."
Vinícius de Moraes

Passando, deixo-te um abraço amigo

Oliver Pickwick said...

Jamais entenderei, nem ao menos uma pequena parte, dos desígnios do amor. Como vislumbrar auroras entre dores e cicatrizes.
Um beijo!

C Valente said...

Muito bonito, a imagem tambem
Saudações amigas

RECORDAÇÕES said...

Que belo soneto! Quanta sensibilidade nestas palavras! Eu me vi no contexto de sua obra e, um sentimento de saudade tomou conta do meu ser. Obrigada por estes momentos. Bjs no seu coração.
Ivani.

Jorge Cardoso said...

poesia algo triste mas encantadora de largo amor patenteado nas silabas que compôem as frases...

muito belo!
beijinhos...

Secreta said...

Porque o amor verdadeiro é eterno.
Beijito.

Véu de Maya said...

Menina do Rio...sempre guardo algo dos seus poemas que aprecio muito...me convencem...
abraços pra vc/

Meg said...

Quanta paixão nestas palavras!
Quanto amor, quanta dádiva!

...Alma de min'alma és minha aurora
guardo-te em mim como um beijo
e hei-de amar-te eternamente...


Um beijo para ti, Verónica

Beatriz said...

A dor de um verdadeiro amor que se desmancha em saudades e lembranças em versos de tão rara beleza. A imagem também é sensivelmente bela!

Meu anjo, amanhã faço a minha última postagem lá no Cartas. Estou encerrando um ciclo e não sei dizer se volto algum dia.

Quero agradecer o carinho e atenção que sempre tiveste para comigo, e dizer que te desejo todas as benesses que nosso Pai puder colocar nos teus caminhos. Tu és uma pessoa de muita Luz e tenho certeza de que muita coisa bonita está te aguardando ao longo dos teus caminhos.

Te deixo o sorriso de um lindo anjo envolvendo um ramalhete de violetas azuis, que guarda um beijo meu para esse teu coração tão lindo!

Everson Russo said...

O amor é isso mesmo, as vezes ele nos foge, se mantem distante, e a gente acha que tudo se foi, passou, mas ao ve lo novamente dá uma tremedeira, uma ansiedade...linda poesia...beijos carinhosos e uma linda noite...

Nilson Barcelli said...

Os bons momentos ficam sempre na nossa memória. E tremer é sinal de que ainda há coisas vivas dentro de nós...
Belo soneto cara amiga, gostei imenso, num género sempre difícil...
Beijinhos.

poematar said...

Obrigado pela visita e pelas simpáticas e belas palavras. Tudo de bom.

Anônimo said...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
gotadevidro said...

É maravilhoso este teu poema de amor.

A música a condizer esrá belissima

um beijo

O Profeta said...

Sou palavra perdida no silêncio
Gerada no ventre do Mar
Grinalda de perdidos sonhos
O passado do verbo amar

Amei!
Voar na chegada de cada Primavera
Pintar de luz as cores do verão
Pisei o tapete das folhas de Outono
Acendi em cada inverno uma fogueira de paixão


Convido-te ao encontro com o meu “Eu”


Mágico beijo

Mário Margaride said...

Queida amiga,

Passo por aqui, para te agredecer a visita carinhosa, e o teu comentário.

Espero que continue tudo a correr pelo melhor.

Beijinhos

Mário.

PS: como deves ter reparado, apaguei temporáriamente o hi5. Mais tarde quando tiver mais tempo e disponibilidade, reabro.

Duarte said...

Versos de perfeita execução, que ademais expressam sentimentos profundos.

Ainda que seja uma reiteração tenho que insistir em que os teus sonetos são de grande qualidade.

Usas a rima cruzada com grande maestria assim como a paralela. Já pensaste em fazer um livro de sonetos teus? Pensa nisso e diz-me algo.

Aqui deixaste um belo canto a um amor que existiu e que perdura...

Um grande abraço

Olhos de Mel said...

Oie linda! Passando para lhe ver e desejar um belo final de semana!
Beijos

Dias said...

O tema, maldito tema, malditas as cicatrizes jamais fechadas... porque não se fecham se no coração não se ouvem?

"guardo-te em mim como um beijo"
Muito bom miuda!!

Um beijo guardado te lanço... GRANDE

Antonio saramago said...

Faltava cá eu, para te dizer quantas coisas bonitas escreves e como estes poemas estão directamente relacionados com a tua vida presente.
Tem um feliz FDS.

Carla said...

Há pessoas que são eternas em nós...e que bem que dizes isso nas tuas palavras!
beijos e bom fds

Maria Valadas said...

Releio mais uma vez, as belas sílabas que nos ofereces...

Um bom fim de semana minha querida Menina do Rio.

Beijinhos.

SAM said...

Amiga querida,

romantismo à flor da pele! Lindo!


Mas pessoalmente, penso diferente. É claro, quando estamos apaixonados sentimos esta delíciosa e outras sensações como coração disparado, faces em fogo e este tremor.... Contudo, o que se pensa convictamente nesta fase de ser eterno um dia, com outro amor, esquecemos até por completo este sentimento que nesta época, julgamos ser eterno aquela pessoa.

Outra pessoa terá de nós esta dádiva deliciosamente gostosa. Este estado ou estágio, é tão maravilhoso que por vezes, muitos se tornam inconstantes amorosamente, para que sintam incessantemente estes " sintomas". Outros alimentam lembranças para continuar este transe, mesmo que sós.
Para os que verdadeiramente amam ( grande descoberta, ótima sacada) e se fazem companheiros, transforma-se tudo num outro estágio, mais completo, e nem menos excitante.


Grande beijo, amiga-irmã.

C Valente said...

Saudações amigas

Freyja said...

querida amiga
siempre versos tan hermosos, eres una gran poeta
mil disculpas si no he venido antes a verte, pero el tratamiento me deja sin fuerzas
gracias por estar cerca y sentir tu amistad
muchos cariños y que estés muy bien
mil besitos y un buen fin de semana

besos y sueños

amordemadrugada said...

Olá Verónica!
Vim deixar-te um beijito e um obrigada por todo o teu carinho
Beijo doce em tua alma, amiga
bgda
Gosto da tua voz...calma, serena...meiga...
jito

adrianeites said...

quanta intensidade manifestada neste soneto!

bom fim de semana!

Verónica said...

Olá menina do rio. Voltei para retribuir a tua amável visita ! desejar um bom fim de semana!
Quem recita ? És tu?
Beijinho amigo

Verónica said...

Meinina do rio, na minha modesta opinião penso que a música que acompanha a tua voz está demasaiado alta.Talvez pudesses experimentar apenas instrumental mas que a tua voz ganhe relevo.Não esqueças que a música é apenas o pano de fundo! Eu também tenho feito coisas semelhantes mas não sei colocar no blog. A tua voz é bonita. Parabéns.
Beijinhos

Pena said...

OBRIGADO, maravilhosa e linda Menina...

Um beijinho...em silêncio...

Agradecido...

pena(Memórias Vivas e Reais)

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Verónica, desejo-te um belíssimo fim de semana... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Sei que existes said...

Lindas palavras sentidas!
Beijocas grandes

NOVO MUNDO said...

MENINA DO RIO...adorei a música e sua poesia também, sabe que lendo a sua poesia me deu vontade de dizer para meu esposo EU TE AMO, vou fazer isto hoje.
Um bom final de semana com muita saúde, e dinheiro no banco.

poetaeusou . . . said...

*
soneto,
com sabor
a . . . amor
,
amorosas brisas, te envio,
,
*