{b

sábado, 8 de novembro de 2008

Meu amor era só meu


Fostes meu amor somente um sonho meu
O sonho mais belo que sonhei um dia
Quimera, devaneio ou fantasia
Sonho louco que aos poucos morreu

Morreu aos poucos esse amor que mal nasceu
Quis o destino que uma ilusão apenas fosse
Tão doce era - uma ilusão. Tão doce!
Mas não era o nosso amor - era só meu

Não sei mais quem sou, nem o que tu és
Nem se era pra ser um sonho perfeito
Pois que tivestes-me bem aos teus pés

E já não importa, a vida é assim
levo-te na alma, meu sonho desfeito
Levo-te no olhar bem dentro de mim...

Menina do Rio®

65 Comments:

elvira carvalho said...

Espero e desejo, que este seja um belo fruto da sua imaginação privilegiada, e não o reflexo de uma desilusão que lhe vai na alma.
Com um poeta, nunca se sabe, ele é sempre um fingidor.
Um abraço e um bom fim de semana.

Antonio saramago said...

Mas minha linda...Tu não precisas de sonhar pois neste momento vives mesmo uma Paixão na realidade e espero que seja futura!

cõllybry said...

Que todos os desejos se realizem, com amor envolvente...

Beijitos

Oliver Pickwick said...

O insuperável poder do amor. Como Sauron, n'O Senhor dos Anéis, não se vê, mas é sempre onipresente.
Um beijo!

Maria said...

Que soneto triste...
... e que belo soneto!!!
Os sentimentos que o amor faz explodir em nós...

Beijos, V.

Pico minha ilha said...

Um pouco triste este soneto e ao mesmo tempo muito belo.Beijinhos amiga.S.A

Pelos caminhos da vida. said...

Obrigada pela visita amiga.

Qdo amamos floresce em nós vários sentimentos.

Fim de semana de luz.

beijooo.

JOTA ENE ® said...

ola, seja bem aparecida e bom f-d-s!

O Árabe said...

Belo e verdadeiro, amiga. Eis que os sonhos desfeitos sempre se abrigam em nós. Boa semana!

Tony Madureira said...

Olá,

Este soneteo é triste e belo...



Bjs

FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Verónica, espero como disse a Elvira, que a tristeza aqui seja fruto da tua imaginação de poetisa e não na vida real!!!
Boa semana Amiga... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

"Sofi@" said...

SEmpre ouvi dizer que faz bem sonhar, porque é ele que faz com que nós demos largas aos nossos sonhos, mas porque é que sempre nos momentos lindos ele acaba.
Mas a vida é mesmo assim.
Paciência
Muitos beijos doces



"Sofi@"

São said...

Bonito o poema...
Bonita seja a tua semana.

Sol da meia noite said...

Minha amiga, tua poesia fala de algo que causa muita dor.
Percebermos que estamos sozinhas num sonho que julgavamos ser sonhado a dois.
É bem triste a morte desse sonho... :-(

Deixo-te um beijinho *

LuzdeLua said...

"Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses."
Rubem Alves

Passando para te ler, deixo aqui um abraço amigo e bons desejos pra semana.

Utopia das Palavras said...

Andando por aí, lendo poesia cheguei aqui e...foi bom saborear a sua escrita. Aqui fico... aqui estarei!

Do amor
me perdi
errante...fiquei
e os sulcos
que procuro
és tu a luz
que faz seguir...!

Um beijo

ausenda

Betty Branco Martins said...

.querida Veronica




.triste_____mas belo




é o amor___________o amor quantas




quantas vezes________vive apenas ____num só olhar______...









beijO_____C____carinhO

Cadinho RoCo said...

O importante é não perder a essência do amor em nós.
Cadinho RoCo

Sonhadora... said...

O amor qdo não dá certo deixa uma saudade, uma vontade de ter o q passou e prá sempre fica a lembrança dos momentos vividos ou imaginados.

bjos e ótima semana prá vc!

Beatriz said...

Gosto muito desta forma de versejar, o soneto! E o teu, amiga, apesar da tristeza e nostalgia que traz, é lindo!

Realidade ou criação literária, não importa, a alma do poeta é quem dita as regras.

Fica um raio de luar enfeitando o teu sonhar e um beijo no coração.

João Gouveia said...

Mais um lindo poema da nossa querida menina do rio!
O amor nas mãos que asseguram a canção das nossas vidas.
Tenho um novo blog, no blogger. Espero que goste.
Adoro esta música do seu blog.
Beijo de portugal, do João!

rouxinol de Bernardim said...

A magia e a classe omnipresentes em tudo o que escreves.

Rendo-me à tonalidade agridoce desta sensualidade poética sem par...

mundo azul said...

...sonhos são como ondas do mar, vão e vem, continuadamente...
Quando um se vai, logo outro vem!


Lindo o seu poema, aliás, como tudo que você escreve!


Beijos de luz e uma semana muito feliz, amiga!!!

vida de vidro said...

Por vezes, os sonhos são o mais real da vida! **

Agulheta said...

Verónica. Nem sempre os poemas falam de nós, mas da imaginação e das lembranças que ficaram um dia.
Beijinho pela visita e amizade

Maria Clarinda said...

Maravilha de poema, Amiga!
Os sonhos...é só quereres viram realidade...mesmo quando o já foram...
Jinhos mil

Dual said...

Olá gironzolavo entre os blogs e aqui estou a saudá-lo em suas férias uma!

António Inglês said...

Olá querida amiga

Cá estou ao fim de tanto tempo. Acredite que não é por mal, é mesmo por "burrice" da minha parte.
Uma amizade nunca se esquece e por isso a Menina do Rio está e estará sempre entre os que admiro, respeito e por quem tenho amizade.
Uma boa semana e um abraço forte
António

Olhos de mel said...

Minha amiga linda! Esse se foi é porque não lhe merecia... mas fica em você a beleza de sua doce poesia e imagem dos momentos felizes.
A vida tem esses desencontros. Mas não deixe que isso lhe deixe infeliz.
Bela semana! Que ela traga a realização de seus sonhos.
Beijos

Secreta said...

Quando sonhamos sózinhas , a realidade tem um sabor demasiado amargo.
Beijito.

Pico minha ilha said...

Uma boa noite de S.Martinho.Beijinhos amiga.S.A

C Valente said...

tanto amor, e um sonho
saudações amigas

Beatriz said...

Passando pra deixar uma estrela no teu sonhar e um beijo nesse coração tão lindo!

Sonhadora... said...

Vim te desejar uma ótima noite!

bjos!

JOSÉ FARIA said...

Olá querida amiga Menina do Rio.
Peço desculpa por andar tão ausente... muito ocupado com teatro. Ensaio todos os dias depois do trabalho.
Deitar tarde e cedo erguer, tem sido contrário ao ditado e ao que manda a saúde.
São paixões como estas que aqui nos trazes neste teu soneto.
E entre o sonho e a realidade a vida vai acontecendo.
Obrigado pela tua amizade e saber.

gaivota said...

aqui venho ler um poema bonito...
parece que ontem foi de dia de festa! parabéns!!!
beijinhos

gaivota said...

oh minha amiga... lololololol
adiantei-me um mês! nem sei a quantas ando....
beijinhos, na mesma!

Sonhadora... said...

Grande beijo amiga e ótima tarde prá vc!

sofialisboa said...

olá miuda do rio, cá vim hoje para voltar a encontrar palavras lidas. bjs de lisboa

Duarte said...

Os teus sonetos calam no mais profundo de mim. Essa rima cadenciada que lhes imprimes marca a força do verso.
Este, deixou-me profundamente sensibilizado, que bonito, que belo, impressionante, quanto expressa cada palavra! dita assim, com a melancolia que deixas cair em cada vocábulo.

:)))

Um grande abraço

Deusa Odoyá said...

Olá minha doce amiga Menina do Rio!
Não deixes que a desilusão apague os seus sonhos.
As vezes na vida, ficamos vulnerável ao amor, principalmente quando não somos correspondidas.
Uma semana abençoada por deus.
Viva na paz desse seu lindo sonho.
Regina Coeli.

Obrigado por sua visita ao meu cantinho.

Cadinho RoCo said...

Sempre passo por aqui para saber como está.
Cadinho RoCo

Eärwen Tulcakelumë said...

As palavras aqui se entrelaçam de forma tão bela e harmoniosa que meu coração festejou.

Pérolas incandescentes de bons sentimentos entrego em tuas mãos.

Eärwen

Véu de Maya said...

o que me encantou neste teu poema é a beleza profunda....bravura para renascer de novo minha linda amiga...

abraços em vc/

paula barros said...

Por esse dias estava a pensar justo no que seu poema descreve. Sonhos, ilusões, sonhos sonhados e não realizados. As vezes pensamos que vai dar certo e dá, outras vezes não. E me questionava se o não dá certo, não foi o certo. Não sei se entendeu.
Abraços.

Hoje fiquei a olhar os slides dessa cidade linda, dos meus sonhos.

E escutando a música.

beijos

caurosa said...

Olá menina do rio, o amor que sempre será nosso, bem guardado lá no fundo de alma. Belo poema. Paz e harmonia para você.

Forte abraço

CAUROSA - caurosa.worpress.com

Olhos de mel said...

Oie linda! Sonhos desfeitos que marcam... Mas o tempo passa e e novos amores virão, para trazer felicidade!
Bom fim de semana! Beijos

mundo azul said...

Passei para deixar um beijo e o meu carinho!!!

O Árabe said...

Aguardando o novo post, deixo-te os meus votos de um belo fim de semana.

Maria Valadas said...

Que sublime soneto de amor!

Não importa quem o sente ( o amor), mas que faz um vazio na nossa vida...lá isso faz!

Bom fim de semana minha querida.

Beijos.

Pico minha ilha said...

Beijinho e bom fds.

Jorge P.G said...

Mais um bom poema sobre o amor!

Um abraço para ti, Verónica.

Beatriz said...

Passando, relendo e partindo, mas deixando estrelas no teu sonhar com um beijo no coração.

Que teu domingo seja de muitas alegrias.

elvira carvalho said...

Passei. Deixo um abraço e bom fim de semana.

Rafeiro Perfumado said...

O amor tende a ser egoísta, mesmo que isso muitas vezes signifique o seu fim. Beijo!

LuzdeLua said...

Passando por aqui, deixo-te um abraço amigo. E bons desejos para a semana que se inicia.

Tens tua vida em tuas mãos...
És o arquiteta/o de teu próprio destino,
Faça de teu caminho algo realmente divino!
(Karla Bardanza)
Bjs

João JR said...

----há quanto tempo q n tenho tempo de visitar-vos..
só trabalho!!!
Mas é mt bom nunca esquecer os bons amigos que por aqui fiz. Mt obrigada minha querida por todas as vezes q mal tive tempo de abrir o meu cantinho e te vi, te li. E te abracei, como agora:)
Beijo grande menina...:)))

Nilson Barcelli said...

Muito belo este seu soneto.
Vc continua a fazer poesia de primeira água.
Beijinhos.

Antonio saramago said...

Minha querida e Doce Verónica; hoje é só mesmo para te dar um beijinho de toda a ternura que deposito em ti.
Desejo-te um bom inicio de semana, beijinho

Multiolhares said...

Por vezes os sonhos não passam de folhas caida de outono que o vento leva
beijos

Hugh said...

Eu não te abandonei amiguinha, só ando sem tempo

beijos mil!

Verónica said...

Se esse amor era só teu ,então pertencia a alguém... Ficam as recordações.As boas e más!
Beijo

Anônimo said...

Quando...

A vontade de chorar
For mais forte que o teu sorriso...
Tudo te parecer cinzento...
Os dias te parecerem intermináveis...
O silêncio da noite for ensurdecedor...
A realidade te parecer pesada...
Os teus pensamentos
Se transformarem em tormentos...
Tudo à tua volta deixar de fazer sentido...
Lembra-te...

Eu existo...

Vou estar sempre contigo...
És a minha vida, a razão do meu viver...
Tu não estás sozinha

Se mesmo assim a força teimar em não chegar...

Agarra a minha mão...
Sente o meu abraço
O meu beijo e o meu amor...
E divide comigo o medo
As lágrimas, o desespero...
Fecha os olhos

E deixa que eu te embale e acalme a tempestade

Eu vou estar ao teu lado
Mesmo que o mundo
Teime em andar ao contrário

E mesmo no silêncio de um olhar
Eu vou estar em qualquer momento
Só para te abraçar e dizer

Amor eu estou aqui…

Que lindinho Tó!! Copiado de quem?:

Margarida http://sonhosv.blogs.sapo.pt/
09 de abril de 2005.

NÃO SE ORGULHE DISSO AMIGO

E JÁ ENVIEI PRA SUAS AMIGUINHAS VER MAIS UM DOS SEUS "{ POEMAS}" QUE NUNCA SÃO SEUS

VC TA ACABADO AMIGO PQ TODAS AS MENTIRAS VÃO SER DESCOBERTAS E MOSTRADAS PRA TODAS PUBLICAMENTE.

TÓ, O GRANDE MENTIROSO. DA UM FILME
FACIL CONQUSITAR TANTA MULHER BURRA

Sei que existes said...

Por aqui continua a pervalecer a boa poesia!
Beijo grande

Lua-Bianca said...

Querida amiga,
Conforme autorização abaixo expressa vou homenagear 10 blogues, um deles o teu:
Estou deixando em teu depoimentos o código do singelo prêmio a baixo, que o Portal Antônio Poeta optou por te oferecer, para que o poste em seu (s) Blog (s)-Site (s), se assim julgar conveniente. Essa iniciativa de reconhecimento ao teu trabalho, está fundamentada nos princípios; critérios da eficiência no tocante a harmonia do designer e do lirismo do conteúdo do seu Blog/Site.
Outrossim, fica tu autorizado a repassá-lo a outros dez Espaços Web’s de sua escolha, óbvio, que baseado nos mesmos critérios, que tal prêmio te foi conferido.
Antônio Poeta
http://img516.imageshack.us/img516/927/anigifae4.gif

Abraços!