{b

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Entre o silêncio e a escuridão

E o silêncio era tanto
que arranhava a alma
E era tão frio que doía
e tão assustador
que medrava
arrepiando a pele
que nem o morno da noite
aquecia
e o escuro arrastava-se
infindável, atrevido;
movendo-se
calado na sombras
que teimavam em brincar
de aguçar-me os sentidos.
Dedos trêmulos e longos
tateando o nada
entre os contornos imaginários
da tua silhueta.
Encolhi-me nua
em posição fetal
até que o silêncio
frio e letal
rompeu na alvorada,
a luz tênua
de uma manhã a mais
e adormeci...


(Menina do Rio)®

67 Comments:

Maria said...

Quando o silêncio e a escuridão nos invadem e tomam formas... a insónia é quase certa.
Belo poema de um adormecer calmo, com a alvorada...

Beijos

FOTOS-SUSY said...

OLA AMIGA, FASCINANTE POEMA, ADOREI AMIGA...
BOA SEMANA ... BEIJO E ABRACO DE AMIZADE!!!


SUSY

Antonio saramago said...

Gostava de um dia adormecer contigo a ler-me um poema lindo como este..

CátiaSofia said...

Numa noite escura, em que a tristeza perciste em, nos invadir, o silêncio é mesmo a melhor companhia até adormecer.



Que texto lindo.

Beijo grande e doce.

Ana Martins said...

Olá Verónica,
muito lindo o estado de alma aqui descrito!

Beijinhos,
Ana Martins

SAM said...

Estava saudosa das suas poesias, amiga! Adoro a sua sensibilidade.



Carinhoso beijo.

Maria Clarinda said...

Excelente o teu poema , Menina linda como sempre! Adorei e os outros todos que só hoje pude ler. Jinhos mil

Ana said...

Uma poesia repleta de sensibilidade.
Parabéns por mais este mravilhoso poema!
Fica bem Princesa.
Um grande beijinho,
Ana Paula

José said...

Passei por aqui e gostei do poema
entre o silêncio e a escuridão.
é bom para dormir e quem sabe para fazer um poema.
também gostei do que está escrito aqui da parte de cima de onde estou a escrever.

tenha um resto de um bom dia
José

Té la mà Maria - Reus said...

very good blog congratulations
regard from Reus Catalonia
thank you

M@ said...

Olá amiga, voltei das férias, como tem passado?
Espero que tudo esteja bem.
Deixo um abraço amigo.
Manuela

elvira carvalho said...

Menina , um silêncio assim é ensurdecedor.
Um abraço

Léo Metallica said...

Interessante como a posição fetal tem suas influências em terapias sobre libertação de medos interiores.

Bem lembrado em suas palavras.

Lembro-me uma vez de ter escrito palavras tão medonhas quanto as suas. Mais tais palavras se perderam com o vento. Talvez eu as reescreva novamente e ponha no meu blog. Vou pensar.

Direto do Rio.
Beijos.

Everson Russo said...

Belissimo poema, retrata bem as madrugadas frias, o silencio ensurdecedor e a solidão das cidades...beijos na alma e um lindo final de semana

Edimar Suely said...

Acredite em você!

Não importa do que é o mundo O importante, são os seus sonhos...
Não importa o que você é O importante é o que você quer ser...
Não importa onde você está O importante é para onde você quer ir...
Não importa o porquê O importante é o querer ...
Não importa suas mágoas O importante mesmo, são suas alegrias...
Não importa o que você já passou O passado guarde na sua lembrança ...
Não veja; apenas olhe...
Não escute; apenas ouça...
Não toque; sinta...
O mundo é um espelho;
não seja apenas um reflexo
Só acreditando no futuro você conseguirá a paz
para alcançar seu sonhos...
Afinal, o que importa ?
Você importa ...

(Linda poesia, como sempre...)

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha2.;zip.net

Paulo Tamburro said...

Realmente, duas distintas situações que marcam uma profunda sensação de vazio interminável, nos seres humanos.

O silêncio eventual, até que nos deixa em paz para pensar em tudo, com melhores chances, de estando afastado pelo infernal barulho do mundo, por ele não ser contaminado.

Mas, deve ser absolutamente passageiro.

Vou contar-lhe uma experiencia pessoal: andei há tempos atrás precisando de ir para o mato.Marquei hotel e uma semana de descanso.

Porém, à noite o silêncio era tão cruel, que nunca sentí tanta falta de carro passando, música alta, pessoas falando...

No dia seguinte, voltei para casa e vajei, dois dias depois para Rio das Ostras era verão, uma balburdia infernal.

Aí me senti em casa e constatei como sou irrecuperavelmente um homem da cidade.

E escuridão, por favor, não é comigo mesmo.

Ela me traga e me joga num buraco horroroso e irrespirável.

Só durmo com uma pequena , mais fiel(rsrs)e fraquinha luz acesa e se possível com um som baixinho.Lógico, jamais um funk.(rsrs).

No entanto, reconheço que silêncio e escuridão passageiras já povoaram muito minha vida.


Um abração carioca, minha generosa amiga.

Mário Margaride said...

Continuo sem pc, querida amiga.

Desejo que tenhas um excelente fim de semana!

Beijinhos

Mário

Fernando Santos (Chana) said...

Olá estimada amiga, belo poema...Excelente....
Beijos

Princesa said...

Vim lhe desejar um bom domingo
e agradecer a sua visita sempre carinhosa

Na vida tudo passa,
mas a fé, a esperança
e a amizade das
pessoas queridas,
nunca serão esquecidas.

Um beijo

zezinho said...

Lindo!Querida adorei a imagem,vc e sempre fantastica,bjs e um otimo fim de semana.

lua prateada said...

Lindo amiga como sempre...
Também te quero deixar os parabéns( tão atrasados) pelo teu livro tenho pena de aqui não haver gostaria de ter um...
Força amiga és uma grande mulher...
Beijinho prateado

SOL

José said...

Olá Menina do Rio,
Não tem que pedir desculpa.
Eu que agradece por me seguir, a sua foto "enche um blog".
E Menina do Rio Já me é uma palavra familiar,

um bom final de Domingo

um beijinho

Sol da meia noite said...

Há um silêncio, debruado a negro, onde distorcidas sombras se agigantam...
Um silêncio, feito de gelo, que arrepia a alma, mantendo-a desperta e amedrontada... esperando a luz e o calor do dia.
Perante esse silêncio nos curvamos, esperando o repouso que a alvorada nos irá trazer.

Amiga, um bom domingo e um beijinho *

♥ ♥ Eu said...

Lindo poetar amiga, como sempre a perfeição.

Bjos prá vc e domingo lindoooo!

Kotta said...

Menina do Rio por favor adiciona-te novamente,perdi tudo mas estou a reconstruir.Bjo.

Daniel Costa said...

Menina do Rio

O Silêncio, um certo frio da alma, que nem o morno da noite aquece e acalma.
A alvorada ainda lusco-fusco que acaba por serenar.
Um poema a pedir "encore".
Beijos,
Daniel

Helena Paixão said...

"Entre o silêncio e a escuridão" nascem palavras melancólicas, tristes e ao mesmo tempo doces. Lindo poema amiga :-)

Bjinhos e votos de uma óptima semana

~*Rebeca e Jota Cê *~ said...

Adormeceu e suas palavras acordaram com tanta beleza.

Noite de luz, menina linda.

Rebeca

-

Desnuda said...

Minha querida amiga irmã, vim te deixar um beijo carinhoso e desejar-lhe uma excelente semana!

Sonia Schmorantz said...

Boa semana !!
Repartir suas alegrias
é como espalhar perfumes sobre os outros:
sempre algumas gotas
acabam caindo sobre você mesmo!
abraço

Sonia Schmorantz said...

Boa semana !!
Repartir suas alegrias
é como espalhar perfumes sobre os outros:
sempre algumas gotas
acabam caindo sobre você mesmo!
abraço

O Árabe said...

Uma manhã a mais... sempre a vencer o silêncio e a escuridão, amiga! Boa semana, com muitas manhãs de luz. :)

Everson Russo said...

Um beijo muito carinhoso pra ti querida, e uma linda semana....

Sandra said...

Ola minha fofinha.
Vim lhe visitar e dizer que tem selos nas postagens para vc. És um jardim de flores.
Seus poemas, são muito belos.
Um grande carinho.
Sandra

Sandra said...

Entre o silencio e escuridão, nosso coração, fala mais alto e escreve lindos poemas.
Muitas vezes acordamos e deixamos o coração falar as belas poesias.
Um abraço amiga.
Sandra

O Profeta said...

Uma jura de amor nasce do peito
O querer vestiu-de de exaltação
Um olhar prende um sorriso sincero
Duas mão procuram a união

Seguem juntos rumo ao infinito
Habitam o Templo da imaculada ternura
Nesta peça ninguém morre, acaba bem
As deixas são engalanadas pela formosura


Queres viajar no para sempre...?

Doce beijo

Desnuda said...

Minha querida,

a sua presença no meu cantinho é festejado como a primavera pelo perfume das suas palavras.


Carinhoso beijo

Olavo said...

Forte, belo, verdadeiro em toda sua extenção.
beijos, um carinho

Maria Valadas said...

Um poema belíssimo... em que a insónia transforma momentos de glória... como os que acabei de ler.

Beijinhos, querida...

adenilson said...

silencio tdo bm mas escuridão é mal...
fica perdido.
há desespero...
e etc...
silencio com luz por favor.
abraços
linda quinta.
até q enfim chegou o dia do enterro do michael . ..
o renato gaucho caiu, falta o time.Cucair e
o senado tá a mesma...palhaçada
enfim...

Zeze said...

Olá Amiga

Como sempre lindos poemas, mas de ti já não é de estranhar :)

Beijoka

Nilson Barcelli said...

Continuo a gostar de ler a sua poesia como no primeiro dia em que o fiz (ainda me lembro... e já lá vão 2 ou 3 anos...).
Este poema é excelente querida amiga. Parabéns pela sua criatividade poética.
Beijo.

Everson Russo said...

Um beijo muito carinhoso pro seu coração e o desejo que voce tenha um lindo final de semana.

EDIMAR SUELY said...

POR MAIS...
Por mais que lhe falem da tristeza
. . . prossiga sorrindo!

Por mais que lhe demonstrem rancor
. . . prossiga perdoando!

Por mais que lhe tragam decepções
. . . prossiga confiando!

Por mais que lhe ameacem de fracasso
. . . prossiga apostando na vitória!

Por mais que lhe apontem erros
. . . prossiga com os seus acertos!

Por mais que discursem sobre a ingratidão
. . . prossiga ajudando!

Por mais que noticiem a miséria
. . . prossiga crendo na prosperidade!

Por mais que lhe mostrem destruições
. . . prossiga na construção!

Por mais que acenem doenças
. . . prossiga vibrando saúde!

Por mais que exibam ignorância
. . . prossiga exercitando sua inteligência!

Por mais que o assustem com a velhice
. . . prossiga sentindo-se jovem!

Por mais que plantem o mal
. . . prossiga semeando o bem!


sMACK!

eDIMAR sUELY
JESUSMINHAROCHA2.ZIP.NET

poematar said...

Que o livro marche bem. Já agora, qual foi a editora que o lançou? Tudo de bom.

Sandra said...

BOM DIA!
VENHA E PARTICIPE!
ESTE MOMENTO É MUITO ESPECIAL PARA MIM.
FOI COM MUITA DEDICAÇÃO QUE CHEGUEI ATÉ AQUI.
COM ESTE LINDO BLOG.
PORTANTO CONVIDO A VC. PARA A BLOGAGEM COLETIVA.
VENHA PARTICIPAR.
COM MUITO CARINHO
SANDRA

Luma said...

Ora, ora menininha! Pois esteve a ouvir o silêncio! E o silêncio, ouve-se? (rs*) Bom fim de semana! Beijus

elvira carvalho said...

Passei. Deixo um abraço e bom fim de semana

Jaqueline Sales said...

Lindo! E digno de uma escritora inteligente e extremamente criativa! Parabéns, Ve.

Tem selinho pra voce lá nos Uivos da Loba. Topas pegar e postar? Estão à sua inteira disposição, querida.

BeijUivoooooooooossssss da Loba

Multiolhares said...

Por vezes é no silencio e na escuridão da noite, que os fantasmas se formam
beijinhos

Sandra said...

VALEU A SUA PRESENÇA LÁ NA CURIOSA.
PENSANDO BEM. VOU DEIXAR O TEU BLOG COM O LINK, POR QUE SE DER JÁ FAZ ESTÁ PRONTO.
FICO COM DEUS. SANDRA.

PASSEI PELOS OUTROS BLOGS SEUS.
SANDRA

Desnuda said...

Bom feriado, minha querida!


muitos beijos!

Meg said...

Escuridão e Silêncio... tantas vezes a nossa melhor companhia, outras um desespero, uma verdadeira augústia... e tu, sempre brilhante nos versos que escreves...!

Uma boa semana.

Beijo

▒▓█► JOTA ENE ® said...
Este comentário foi removido pelo autor.
▒▓█► JOTA ENE ® said...

Olá minha querida Verónica... em pé à mesma hora. Fomos ambos à Ava (minhas vidas) à mesma hora, rs

Tudo de bom minha querida, beijo em vc.

Ava said...

Menina, teu anúncio ficou tão bom!

Que gostoso experimentar essa sensação de que pode haver um homem assim...rs

A gente pelo menos procura..anucia...rs

Obriga pelo seu carinhos!


Beijos mil!

Anônimo said...

Great!

Anônimo said...

Congratulations!
Very interesting blog!

Aqui - Ali - Acolá said...

Bonito poema:

Silêncio e escuridão, duas formas de vida que quase se conjugam.

No silêncio da escuridão
Pensamentos são reais
Vindos da forma de vida
Infinitos imortais.

Bjos, dias felizes..

Everson Russo said...

Um lindo dia pra voce querida, e um beijo carinhoso no coração....

O Árabe said...

Boa semana, Menina. Aguardo o novo post! :)

Cleo said...

Silêncio! quando ouvimos sua voz tudo pode se transformar e reformar.
Garota, amei teu vídeo e o poema .
Amor não é apenas um fato romântico. é um processo cósmico de distribuição de vida e graça a toda criação. somos todos loucos e santos. Viva!!!!
Beijos com carinho.
Cleo

Rafeiro Perfumado said...

Adormecer depois da madrugada? E trabalhar, fica para quem?!?

Beijoca!

Mário Margaride said...

Querida amiga

Passei por aqui, para reler este lindo poema, e desejar-te um ezxcelente fim de semana!

Beijinhos grandes

Mário

helia said...

Espreitei pela 1ª vez este blog e adorei este Poema e os anteriores.Muito bonitos

Pena said...

Estimada e Brilhante Amiga:
"...E o silêncio era tanto
que arranhava a alma
E era tão frio que doía
e tão assustador
que medrava
arrepiando a pele
que nem o morno da noite
aquecia
e o escuro arrastava-se
infindável, atrevido;..."

Não! Não é uma qualquer poetiza que expressa tanto encanto e beleza.
Um Excelente início de semana.
Sempre a tê-la no maior respeito e admiração.
Beijinhos amigos

pena

O Árabe said...

Aguardando o novo post, desejo-te uma boa semana!